Inscreva-se

Setor de RH: qual é a sua importância dentro de uma empresa?
RH

Setor de RH: qual é a sua importância dentro de uma empresa?

O setor de RH é o responsável pela gestão de relacionamento dos colaboradores com a empresa. É de fato uma das áreas mais importantes da organização já que está à frente não só de questões burocráticas, mas estratégicas.

A boa atuação do RH nas rotinas é essencial para manter o funcionamento da empresa em ordem.

Com a grande responsabilidade de preservar a qualidade do ambiente, é ele quem, ao lado dos gestores, monta estratégias para manter as equipes engajadas continuamente.

Visando maximizar os resultados da empresa diariamente, o setor de RH está sempre prezando para que os colaboradores sigam a visão, missão e valores da empresa. Pois assim, a empresa caminha alinhada em todos os setores.

Portanto, o setor de RH é a área responsável por gerenciar todos os assuntos referentes ao relacionamento empresa/empregador.

Que tal conhecer as principais funções e rotinas do setor de RH nas empresas? Confira os detalhes no nosso conteúdo abaixo!

 

Responsabilidades do setor de RH

Se por um lado estar atento aos processos burocráticos é essencial para estar dentro da lei, por outro é indispensável o papel estratégico do setor de RH nos dias de hoje. É por meio dele que é possível manter a equipe motivada e engajada constantemente.

Mas quais são essas responsabilidades do setor de RH? Confira algumas delas abaixo.

  • Realizar pesquisas de mercado;
  • Montar estratégias de retenção de talento;
  • Organizar planos de cargos e funções;
  • Gerir as atribuições do colaborador;
  • Contribuir com decisões estratégicas;
  • Manter a satisfação do empregado;
  • Reduzir a taxa turnover;  
  • A busca pelo ambiente ideal;
  • Realizar bons processos de recrutamento.

Entenda, detalhadamente, cada uma delas logo abaixo:

 

Realizar pesquisas de mercado

Diante dessas responsabilidades, o papel do setor de RH é principalmente o de fortalecer a relação dos profissionais com a empresa e encontrar caminhos para engajá-los.

O setor de RH possui profissionais que entendem do mercado. Que a todo o momento estão buscando informações e pesquisando a concorrência para saber os valores de remuneração e atribuições que vem sendo aplicadas para cada uma das vagas da empresa.

Pois assim, a empresa consegue permanecer dentro da competitividade de mercado. Oferecendo salários justos para a área determinada e se mantendo atrativa para concorrer por bons profissionais e para reter seus principais talentos.

 

Montar estratégias de retenção de talento

Pela sua responsabilidade de gestão dos colaboradores, é o setor de RH que está diariamente buscando alternativas para reter os talentos da empresa.

Um caminho árduo de estratégias que tem como principal objetivo manter os profissionais sempre motivados.

Contratar certo é ótimo para a empresa! Mas, conseguir manter um profissional diante da concorrência é um desafio que impacta diretamente nos resultados.

Empresas que conseguem engajar seus colaboradores, diminuem sua taxa de turnover e economizam em gastos com processos de demissão e admissão.

E inúmeras questões impactam diretamente nesse cenário, desde bons salários, ambiente satisfatório, até benefícios que agreguem a vida profissional e pessoal do colaborador.

Quer saber dicas valiosas para reter os melhores talentos? Baixe esse eBook gratuito! Responda o formulário e receba agora mesmo:


Organizar planos de cargos e funções

Ter um plano organizado de cargos e funções é essencial para alocar seus colaboradores na cultura da empresa. E o setor de RH tem um papel fundamental nessa tarefa, já que fica responsável por descrever as rotinas e tarefas condizentes com cada vaga.

Ser assertivo nessa questão pode aumentar a produtividade e o desempenho dos seus profissionais, já que eles estarão alocados para exercer a função na qual foram contratados.

Além disso, a alocação de colaboradores também está ligada a estratégias de recepção dos novos profissionais para que eles se adequem o mais rápido possível a rotina da empresa.

Dar atenção a eles e apresentar quais suas atribuições, a cultura da organização é o primeiro passo para que ele desempenhe bem sua função no dia a dia.

 

Gerir as atribuições do colaborador

Além de organizar seus cargos e funções, o setor de RH tem como missão ter sempre em mãos a formação acadêmica e profissional dos seus colaboradores.

Isso pode contribuir para planejar treinamentos e formações, além de adequá-los para as funções corretamente.

Traçar o perfil dos seus profissionais e conhecer suas competências pode contribuir também em realocações de cargo, promoções internas e impactar diretamente nos resultados.

 

Contribuir com decisões estratégicas

O setor de RH conquistou ao longo dos anos um espaço na equipe estratégica da empresa. Antes visto como uma área estritamente burocrática, passou a ter um papel importante em decisões cruciais.

Com isso, os profissionais do setor de RH possuem hoje uma visão macro do funcionamento da organização e conhece os impactos do capital humano no dia a dia.

Desta forma, ele auxilia em avaliações e projeções de trabalho, seja em contratações e demissões, para que a empresa não tenha gastos desnecessários e nem perca dinheiro.

Assim, o setor de RH consegue fazer apontamentos de perdas e ganhos da organização em relação a entradas e saídas de funcionários. Emitindo opiniões sobre quais cortes podem ser benéficos e o que pode ser feito para suprir qualquer demanda de negócios.

 

Manter a satisfação do empregado

A participação do setor de RH tem uma influência completa no processo de satisfação dos colaboradores. Profissionais motivados aumentam o seu rendimento e produtividade.

Por isso, o setor de RH precisa sempre estar atento para desempenhar seu trabalho desenvolvendo estratégias e possibilidades para manter os colaboradores felizes.

Isso porque quando a equipe está satisfeita há uma redução do turnover, maior qualidade do ambiente organizacional e resultados mais satisfatórios.

 

Reduzir a taxa turnover

Empresas que conseguem investir na satisfação dos colaboradores conseguem reduzir suas taxas de turnover. Um alto índice de turnover pode fazer com que haja queda de rendimento dos profissionais e um alto custo em admissões e demissões.

E o setor de RH é fundamental nesse caminho. Desenvolvendo soluções estratégicas como bons planos de carreira, investimento em capacitações para os funcionários, feedbacks construtivos e benefícios que vão além do salário.

 

A busca pelo ambiente ideal

A desmotivação é capaz de afetar todos que estão ao lado. Além disso, um ambiente hostil, recheado de atritos impacta diretamente nos maus resultados da empresa.

Sendo assim, o setor de RH precisa ficar de olho no clima organizacional da empresa.

Um ambiente onde todos estão engajados e se respeitam, tende a fluir mais em harmonia e produtividade.

A valorização dos colaboradores, a empatia dos gestores, abertura para ouvir os profissionais são alguns dos passos para melhorar o ambiente da empresa.

 

Realizar bons processos de recrutamento

O processo de recrutamento e seleção sem dúvida é uma das principais funções do RH.

O setor de RH que não sabe contratar direito deixa a empresa fadada a fracassos constantes. Com isso, a empresa fica impedida de crescer e de se desenvolver rapidamente.

E o segredo para um bom processo de recrutamento por parte do setor de RH passa por uma análise correta do perfil de candidato, a construção correta da vaga e a entrevista pessoal.

 

Employer Branding

Um dos papéis do setor de RH é atuar com um planejamento de employer branding.

O Employer branding nada mais é do que uma estratégia que tem como objetivo aumentar a satisfação dos profissionais.

Alternativas que possam melhorar a imagem da empresa perante o colaborador. A principal intenção é que a organização seja desejada no mercado, que cada vez mais profissionais sejam atraídos para trabalhar nela.

Planejamento, foco e experiência são os três pilares do employer branding.

Planejamento no sentido de mensurar o prazo para implantação das estratégias. Foco pela questão de definir o que é prioridade e dando atenção na formação das lideranças. E experiência para avaliar e validar suas iniciativas com a equipe.

 

Rotinas burocráticas do setor de RH

A principal rotina do setor de RH atualmente está em seu papel estratégico. Contudo, em muitas empresas ele ainda é responsável por alguns processos burocráticos, como processo de admissão, demissional, folha de pagamento e controle de tempo de trabalho.

Seguir essas rotinas burocráticas corretamente também é importante e evita problemas com a lei da CLT, que podem impactar diretamente no bom funcionamento na empresa.

 

A importância do setor de RH

O setor de RH é uma das áreas mais importantes da empresa. Um setor que possui profissionais responsáveis tanto pelo trabalho burocrático como estratégico impacta diretamente na busca por resultados.

Diante de tantas rotinas, o setor de RH é complexo, principalmente pelas responsabilidades que assumiu ao longo dos anos.

Bons setores de RH no atual mercado são aqueles que criam estratégias para atrair bons profissionais e reter talentos.

O setor de RH perfeito é aquele que consegue gerir estrategicamente as pessoas e que mantém um bom relacionamento entre empresa e colaborador. Promovendo constantemente a alta performance e o engajamento profissional.

 

Quer ler os melhores conteúdos de RH e Gestão? Siga a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e confira mais artigos do setor.

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *