Quais os desafios para implementar uma cultura de alta performance?

Ter uma cultura de alta performance significa estimular dentro da empresa a busca constante por resultados cada vez melhores, com foco em estratégia, liderança e compromisso. Quando se consegue que os colaboradores contribuam com o máximo de suas capacidades, o negócio é beneficiado de muitas formas.

Esse tipo ambiente aumenta a produtividade, facilita a retenção de talentos e torna possível atingir a excelência na qualidade dos produtos e serviços prestados. Com isso, os resultados financeiros e a satisfação dos clientes melhoram consideravelmente.

A implementação de uma cultura de alta performance apresenta desafios e isso não é novidade para ninguém. Quer entender melhor esses desafios e saber como superá-los? É o que vamos mostrar neste post. Confira!

Entenda os desafios da cultura de alta performance

Implementar esse tipo de cultura traz muitos benefícios, mas trata-se de uma tarefa árdua, que requer paciência e planejamento.

Para mudar uma cultura organizacional, é preciso substituir hábitos e pensamentos que estão enraizados há muito tempo no dia a dia da empresa. Isso pode gerar resistência e tornar o processo difícil e demorado. Por isso, a transformação requer um RH estratégico, com processos e políticas que evidenciem os benefícios da mudança.

É preciso enxergar o capital humano como fundamental, visto as pessoas que compõem a equipe serão as principais responsáveis pelo sucesso das novas práticas.

Outro desafio é eliminar mensagens contraditórias por parte das lideranças. Sinais e comportamentos que entrem em conflito com o ideal de alta performance devem ser abandonados o quanto antes.

Apesar de os desafios serem muitos, é perfeitamente possível superá-los. Basta adotar as medidas certas. Para ajudar com essa tarefa, listamos abaixo alguns passos fundamentais para a implementação de uma cultura de alta performance:

Adéque os processos de recrutamento

A contratação de novos funcionários deve estar de acordo com a nova cultura da empresa. Por isso, os processos seletivos devem priorizar profissionais orientados a metas e resultados, que busquem constantemente por alto desempenho.

Esses talentos reforçarão a cultura de alta performance por meio de seus valores, o que ajudará a disseminá-la entre outros funcionários e fixá-la na organização em longo prazo.

Alinhe as ações das lideranças

Um dos maiores problemas enfrentados na implementação de uma cultura de alta performance diz respeito às lideranças. Muitas vezes os gestores mostram comportamentos opostos aos que exigem dos funcionários, por não conseguirem abandonar velhos hábitos. Ou seja, o discurso é um, mas as ações são outras.

Essa contradição tira toda a credibilidade de transformação cultural da empresa, reduzindo drasticamente o engajamento dos colaboradores nas novas práticas propostas.

É fundamental que o líder seja exemplo, influenciando e orientando sua equipe positivamente, para que as metas de desempenho sejam atingidas. É preciso agir com transparência, explicar o contexto das decisões tomadas e, principalmente, ter atitudes positivas em relação às tarefas que precisam ser cumpridas.

Melhore a comunicação interna

Um bom trabalho de comunicação interna é essencial para o fortalecimento da cultura organizacional, tornando-a forte, única e inquebrável.

O principal erro nesse sentido é pensar que um boletim ou jornal interno é suficiente como ação de comunicação. Não é. É necessário criar canais de comunicação entre líderes e funcionários, promover conversas pessoais e dar feedbacks a todos os funcionários.

O estímulo ao diálogo coloca fim a informações truncadas ou desconhecidas, reduzindo riscos à estratégia do negócio e gerando valor à imagem corporativa. Essas características são fundamentais em uma cultura de alta performance.

Para otimizar esse processo, conheça bem o público interno da sua organização, mapeando quais são as lideranças formais e informais, bem como quais são os desejos e necessidades dos colaboradores.

Isso ajuda a direcionar as estratégias e planejar uma comunicação interna eficaz. O planejamento deve ser documentado e revisado periodicamente, para que possam ser feitos ajustes e melhorar ainda mais as ações.

Invista na capacitação da equipe

Não existe cultura de alta performance sem uma equipe qualificada. Portanto, é necessário investir em cursos e treinamentos para melhorar o desempenho dos funcionários.

Para que o projeto dê certo, os programas devem ser envolventes e impactantes. Por isso, esqueça aulas expositivas com pouca participação dos colaboradores. É preciso se diferenciar! Mas como fazer isso?

Uma boa maneira é apostar no método da aprendizagem experiencial. Nele, os participantes desempenham funções específicas de maneira ativa. Os exercícios simulam situações de trabalho real, estimulando o funcionário a aplicar o aprendizado do treinamento em seu dia a dia na empresa.

O desenvolvimento prático de competências traz muito mais resultados reais do que apenas discutir aspectos teóricos em uma sala fechada.

Estabeleça metas

Ter objetivos claros é fundamental para a implementação de uma cultura de alta performance. Sem isso, a equipe fica sem um norte, o que torna muito mais difícil a tarefa de gerar mais resultados, por maior que seja o empenho dos funcionários.

Portanto, podemos dizer que a meta é o combustível que fará com que a produtividade aumente em toda a empresa.

Mas nada de definir objetivos impossíveis! Eles precisam ser alcançáveis, realistas e bem distribuídos. Por exemplo, se uma equipe tiver metas mais difíceis que outra, isso pode gerar problemas de insatisfação e clima organizacional.

É importante também que as metas estejam de acordo com a posição de cada funcionário. Além disso, líderes precisam ter objetivos tão claros quanto o restante da equipe. Perceber que o gestor também tem números a alcançar fortalece o senso de união e fideliza o colaborador em relação à cultura da empresa.

Monitore a performance

Não adianta construir um ambiente que estimule o alto desempenho se os resultados desse trabalho não forem devidamente mensurados.

Por isso, para cada meta estabelecida, é essencial definir um indicador estratégico de performance. Esses números traduzem em termos quantitativos as conquistas individuais e coletivas de cada equipe, mostrando a evolução da empresa rumo à excelência.

Esse monitoramento também permite fazer ajustes caso alguma atividade não esteja trazendo os resultados esperados, bem como definir as estratégias da organização para o ano seguinte.

Tenha planos de incentivo

Investir em planos de incentivo e reconhecimento dos funcionários traz motivação extra para a equipe melhorar seu desempenho, o que ajuda a consolidar a cultura de alta performance na empresa.

Plano de carreira, premiações por desempenho e bonificações anuais são alguns dos métodos mais eficientes para mobilizar os colaboradores. Com isso, eles se sentem valorizados e incentivados a buscar melhores resultados.

Gostou das nossas dicas para implementar uma cultura de alta performance? Aproveite para se aprofundar ainda mais no assunto com este outro post do blog: Como colocar em prática um treinamento corporativo eficiente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *