Inscreva-se

O que é ambiente organizacional e como ele influencia os negócios?
Cultura da Empresa

O que é ambiente organizacional e como ele influencia os negócios?

O ambiente organizacional é o conjunto de forças, tendências e instituições – externas e internas – de uma organização. Ele é capaz de influenciar o desempenho da empresa como um todo.

Uma organização consiste em um conjunto de pessoas reunidas que trabalham em prol de um objetivo comum. Ela é composta por diferentes elementos, os quais juntos compõem o contexto da organização.

Para constituir o ambiente de uma organização, é necessário integrar elementos como estrutura física, tecnologias, capacidades produtivas, colaboradores, hábitos e conhecimento. Todos esses conceitos são influenciados por aspectos como a cultura e o clima organizacional, o que é determinante para diferenciar uma organização da outra.

A cultura organizacional é um dos principais fatores do ambiente organizacional e, por isso, muitas pessoas acabam confundindo os dois conceitos. No entanto, a cultura consiste nos costumes, políticas e hábitos adotados pela empresa, os quais devem ser conhecidos e seguidos por todos para aprimorar o ambiente de trabalho.

Portanto, é possível considerar a cultura organizacional como um dos elementos presentes no ambiente organizacional.

Entenda melhor esse conceito para aprimorar o ambiente de sua empresa. Confira!

 

O que é ambiente organizacional?

O ambiente organizacional é o conjunto de todas as questões envolvidas na estruturação de uma empresa e de seu desempenho. Ele pode ser afetado por diferentes causas que, ao mesmo tempo, impactam negativamente ou geram oportunidades às organizações.

Por isso, é fundamental que as empresas estejam atentas ao ambiente organizacional.

O ambiente organizacional pode ser dividido em:

  • externo: representa o contexto no qual a organização existe e opera. É composto pelos elementos fora dos limites da empresa;
  • interno: consiste nos elementos internos da organização, como trabalhadores, administradores, cultura organizacional, tecnologia, estrutura organizacional e suas instalações.

Recomendamos que, após a leitura, você baixe esse eBook gratuito. Nele você saberá como planejar o seu RH de maneira eficiente e eficaz! Responda o formulário e receba agora mesmo:


Quais são as forças que compõem o ambiente organizacional?

Há diferentes forças que regem o ambiente organizacional. As principais são: liderança e poder, cultura, conflitos, mudanças e ambiente externo.

A seguir detalhamos cada uma delas e como elas podem impactar nos negócios de sua empresa:

 

1. Liderança e poder

A liderança é uma força importantíssima no ambiente organizacional. Os gestores de uma empresa precisam entender claramente esse conceito para conduzirem suas equipes.

Ela exerce grande influência – está presente em todas as relações do ambiente organizacional: entre líderes e equipe (liderados).

Enquanto isso, o poder é fundamental para que o líder seja capaz de liderar. Isso implica que ele seja eficaz em realizar suas tarefas e atingir metas e objetivos da empresa.

O poder dos líderes vem de algumas fontes diferentes e são fundamentais para ajudá-lo em sua função. Elas são: autoridade, recompensas e punições.

Por meio delas, ele irá agir diante de sua equipe, construindo iniciativas organizacionais que irão tornar as pessoas mais ou menos produtivas.

 

2. Cultura

A cultura organizacional representa os costumes e normas que todos os colaboradores de uma empresa devem seguir. Ela é ditada conforme os valores, missão, problemas e objetivos de uma organização.

Ter uma cultura organizacional é fundamental para as empresas. Ela irá direcionar os colaboradores no cumprimento dos objetivos, assim como seus comportamentos, desempenho e coesão da equipe. É por meio dela que o ambiente organizacional se manterá harmônico.

 

3. Conflitos

Essa força está presente em qualquer ambiente organizacional, não há como eliminá-la. Portanto, a questão é justamente como a organização irá lidar com ela – isso é possível através da gestão de conflitos.

Normalmente, um conflito acontece a partir de divergências de ideias e opiniões entre os membros da equipe. Ele é considerado um disfunção do ambiente organizacional. Mas, quando é gerenciado de forma eficaz pode até ser positivo para a empresa.

Para que isso aconteça, o líder deve conhecer os níveis de gravidade dos possíveis conflitos para saber como agir e solucionar as situações.

A liderança poderá ajudá-lo nessa missão, pois ele saberá como conduzir o processo, transformando-o em melhorias na qualidade do trabalho e dos processos. Portanto, se bem gerenciado poderá trazer mais benefícios do que prejuízos para o ambiente organizacional.

 

4. Mudanças

Elas podem implicar em transformações estruturais, pessoais e tecnológicas do ambiente. Há diversas forças externas e internas que podem promover as mudanças organizacionais.

As empresas costumam ter uma certa resistência a mudanças organizacionais, pois elas podem alterar as rotinas, recursos, desempenho e cultura do ambiente. Além disso, podem envolver riscos e perdas econômicas.

No entanto, aquelas organizações que não aceitam as mudanças tornam-se obsoletas. Por isso, é fundamental implementá-las e realizar um planejamento eficiente de como devem acontecer.

 

5. Ambiente externo

As forças externas não podem ser ignoradas. Nenhuma empresa está livre de fatores vindos do meio que estão. Portanto, clientes, fornecedores, concorrência, legislações, situações econômicas e políticas podem interferir diretamente no sucesso dos negócios.

Dessa forma, o ambiente externo de uma empresa também pode representar uma ameaça ou oportunidade.

A análise SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats) é um método de planejamento estratégico e gestão que ajudam as empresas a lidarem com as situações externas que afetam seus negócios.

 

Quais são as variáveis do ambiente organizacional?

Após compreender do que é composto o ambiente organizacional, é necessário entender que há diferentes influências e interferências nos sistemas das empresas. Por isso, elas precisam conhecer detalhadamente quais são as variáveis do ambiente. Veja a seguir as principais:

 

1. Tecnológica

Uma das principais variáveis, graças à Transformação Digital vivida pelas organizações. Ela corresponde às tecnologias e técnicas para se utilizar as novas soluções na empresa, o que gera forte impacto em todo o ambiente.

 

2. Política

Corresponde às políticas e ideologias que compõem o mercado do país e podem impactar diretamente as organizações, gerando instabilidades ou momentos favoráveis nos negócios.

 

3. Econômica

Assim como a variável política, essa variável interfere no sucesso dos negócios. A variável econômica ditará os volumes de produção, preços, recursos e outros elementos do ambiente organizacional.

 

4. Legal

Consiste no conjunto de leis e normas que regem o ambiente organizacional. Ela influencia o comportamento das organizações diante das leis tributárias, trabalhistas, comerciais, entre outras.

 

5. Social

A variável social representa as atitudes, costumes, valores, e tradições das pessoas e podem interferir no sucesso das organizações, caso aprovem ou não os serviços e produtos comercializados.   

 

6. Demográfica

O local que a empresa está inserida também é uma variável a ser considerada. Ela é composta pelas características da população do local, como idade, sexo, raça, religião, etc.

 

7. Ecológica

Representa as condições físicas e geográficas do local, como o clima e vegetação. Isso implica também nos recursos utilizados pela empresa e na facilidade, ou não, de consegui-los.

 

Como você pode ver, o ambiente organizacional recebe influências de diversos elementos e forças. Por isso, as organizações precisam preparar suas estratégias para lidar com todas essas situações internas e externas, as quais podem ditar o sucesso ou fracasso de seu negócio.

 

Confira outros conteúdos como esse em primeira mão seguindo a Xerpa no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn 😉

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *