Liderança em RH: entenda como engajar e desenvolver sua equipe

Gerir pessoas nunca foi uma tarefa fácil e, na atual fase da economia moderna, menos ainda. Cada vez mais os recursos humanos vêm ganhando proeminência dentro das organizações, e formar equipes de alta performance nunca foi uma meta tão visada por elas. Para conseguir isso, é preciso que a empresa possua alguns atributos. Um deles é uma boa liderança em RH.

Foi-se o tempo em que as máquinas eram as grandes protagonistas do processo produtivo. Hoje, contar com tecnologia de ponta é requisito básico para que as empresas possam se manter numa economia cada vez mais competitiva.

O verdadeiro diferencial das organizações é a qualidade da sua mão de obra, pois a produtividade de uma empresa é diretamente proporcional ao empenho da sua equipe de colaboradores.

O RH, então, deixou de ser uma área meramente operacional dentro das organizações e passou a ser mais um segmento estratégico.

Ele deve buscar mecanismos para atrair, reter e motivar os trabalhadores a dar o seu melhor em prol do sucesso de todos e isso só é possível se esse departamento for gerenciado por um bom líder.

Uma boa liderança em RH é indispensável para engajar e desenvolver os empregados de uma organização.

Como fazer isso? Como conseguir desenvolver equipes de alta performance e motivar os profissionais a serem cada vez mais eficientes, produtivos e comprometidos no trabalho?

Bem, é sobre isso que vamos falar no post de hoje. Quer conhecer as nossas dicas? Então prossiga no texto e boa leitura!

 

Conheça a sua equipe

Conhecer a equipe é fundamental para poder gerenciá-la bem. O profissional de RH lida diariamente com a multiplicidade de perfis que compõem o ambiente corporativo.

Cada profissional possui características e talentos próprios que precisam ser lapidados e estimulados de maneira adequada e direcionada a obter os melhores resultados.

Além do mais, as pessoas também possuem defeitos que precisam ser trabalhados para que não prejudiquem o ambiente profissional.

Saber os principais traços do perfil de cada funcionário e conseguir canalizá-los para as atividades adequadas vai otimizar o trabalho, tornando as atividades cada vez mais assertivas e eficientes.

 

Dê o exemplo

Para ser eficiente e conseguir engajar verdadeiramente uma equipe, é preciso que o líder não apenas fale o que fazer, mas, sobretudo, mostre como se faz.

Liderar pelo exemplo, além de ser uma excelente estratégia para motivar a equipe, também vai despertar a admiração dos subordinados, gerando mais empatia, cordialidade e colaboração no ambiente de trabalho.

 

Seja humilde

Embora o líder tenha as funções de coordenar, orientar, corrigir, ensinar e indicar o melhor caminho para a correta execução das atividades, é preciso reconhecer que ninguém faz nada sozinho. O êxito é sempre consequência do trabalho em equipe, onde cada colaborador tem importância ímpar na consecução do todo.

 

Reconheça os méritos

Outra dica importante para desenvolver uma boa liderança em RH é saber reconhecer o esforço dos seus colaboradores.

Evidenciar as condutas positivas e elogiar a sua equipe vai fazer com que essas posturas sejam fomentadas, estimuladas. Como consequência, além do respeito e gratidão da equipe, você ainda vai poder contar com profissionais cada vez mais eficientes e comprometidos com o trabalho.

 

Crie uma política de benefícios

Uma boa política de benefícios empresariais também é uma ótima forma de manter a equipe engajada e comprometida com a eficiência e a qualidade do trabalho.

Os benefícios empresariais são capazes de aumentar a motivação da sua equipe e, para isso, eles não precisam custar caro à empresa. As vantagens não precisam se revestir do caráter econômico. Podem ir desde um dia de folga à flexibilidade de horários.

Tudo vai depender do porte e do tipo de atividade que a empresa desenvolve. O certo é que os benefícios criam um círculo virtuoso de gratidão e eficiência entre os trabalhadores, e os motiva a querer contribuir decisivamente para o sucesso do negócio.

 

Dê feedback

O feedback é uma espécie de termômetro da assertividade das atividades no ambiente corporativo. Ele vai indicar que ações devem ser mantidas e quais deverão ser melhoradas.

Sem essa avaliação e acompanhamento, a eficiência dos trabalhos pode ficar comprometida, e erros evitáveis podem acabar prejudicando a qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela empresa.

Por isso, acompanhar o desenvolvimento das tarefas pelos colaboradores, corrigir equívocos e fomentar acertos é mais uma dica de ouro para engajar e desenvolver sua equipe.

Só fique atento a alguns detalhes na hora de dar feedback. O ideal é seguir a conhecida máxima “elogiar em público e corrigir em particular” para não correr o risco de constranger o trabalhador e prejudicar o clima da organização.

 

Desenvolva os colaboradores

No atual cenário empresarial, não basta que o RH se ocupe tão somente em treinar equipes. É preciso mais que isso, é necessário desenvolvê-las.

Desenvolver os colaboradores é mais que oferecer simples treinamentos. É muni-los dos elementos indispensáveis a executar bem suas funções, não somente no âmbito técnico.

É preciso capacitar os profissionais para lidar com as adversidades e contingências do dia a dia e a oferecer respostas rápidas e eficazes às mais diversas questões que podem surgir no ambiente empresarial.

Apostar no desenvolvimento de pessoas é outra dica valiosa para implementar um modelo exitoso de liderança em RH.

 

Conte com a ajuda da tecnologia

A tecnologia veio revolucionar e facilitar a rotina das empresas nos seus mais diversos segmentos e com o RH não é diferente.

Contar com a ajuda de instrumentos capazes de otimizar e simplificar processos – principalmente os mais burocráticos – vai trazer mais agilidade, dinamismo e qualidade para as funções do departamento de pessoal.

 

Busque o constante aperfeiçoamento

Por fim, vale ainda mencionar que, para ter uma equipe de alta performance, engajada e comprometida com a qualidade de suas atividades, é preciso ir além do convencional.

Não basta que o líder ofereça mais do mesmo ou mantenha as mesmas ações ao longo dos anos. O mercado está em constante movimento e, constantemente, surgem novas oportunidades e desafios.

É preciso estar atento a essas mudanças e saber usá-las sempre a favor da empresa e dos seus liderados. A flexibilidade e capacidade de adaptação são habilidades essenciais de um bom gestor.

Para conseguir ter êxito nessa tarefa, é preciso estar em constante estudo e aperfeiçoamento. É necessário conhecer tanto o mercado quanto a própria empresa e alinhar o potencial da equipe às demandas próprias de cada fase do cenário econômico.

A busca pelo constante aprimoramento é uma característica essencial de um líder de sucesso, pois, como diz a conhecida máxima, “o caminho para a excelência não tem linha de chegada”.

Gostou do nosso artigo sobre liderança em RH? As dicas de como engajar e desenvolver uma equipe foram úteis a você? Então compartilhe este post nas suas redes sociais. Mais pessoas podem se beneficiar com esse conteúdo!

(Visited 1 times, 1 visits today)
Postado em RH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *