Os processos recrutamento e seleção estão cada vez mais concorridos. Nesse cenário profissional desafiador, pequenos detalhes fazem toda a diferença. Um deles é compreender o que é carta de apresentação e saber utilizá-la.

A carta de apresentação serve como um complemento ao currículo – a primeira impressão que você vai deixar para a empresa sobre você. É um documento onde você precisa ser o mais sucinto possível na construção. Destacando as maiores qualidades, profissionais e pessoais, para chamar a atenção do recrutador.

É possível montar uma carta de apresentação diante de dois cenários:

  1. por exigência da empresa no preenchimento da vaga;
  2. de forma espontânea ao enviar um currículo.

Mas como fazer uma carta de apresentação perfeita para se destacar em um processo seletivo?

Confira nossas dicas e saiba mais sobre:

  • o que é carta de apresentação;
  • como aumentar suas chances para conseguir uma vaga de emprego.

Leia também: Modelo de currículo pronto para preencher: escolha o ideal para você!

O que é carta de apresentação?

A carta de apresentação é um documento, complementar ao currículo, onde você deve apresentar suas principais características e qualidades.

A carta de apresentação é uma estratégia para deixar uma boa primeira impressão ao recrutador – serve como uma porta de entrada para despertar o interesse do recrutador para a leitura do seu currículo completo.

Ou seja, diante de uma pilha de currículos, sejam impressos ou online, a carta de apresentação pode ser um diferencial. Já que pela sua forma concisa e curta a empresa pode visualizar suas qualidades de forma rápida e selecioná-lo para o processo seletivo.

A principal característica do que é carta de apresentação é a de ser um documento extremamente objetivo.

Sendo assim, uma dica para carta de apresentação é ser:

  • clara;
  • objetiva;
  • breve.

A principal ideia do que é carta de apresentação é destacar seus pontos fortes e omitir os fracos nesse momento.

Qual a estrutura da carta de apresentação?

A carta de apresentação serve como o marketing pessoal do candidato. Apesar da necessidade de ser um documento breve e sucinto, existem alguns pontos que podem ser de grande valia para deixar uma boa impressão logo de cara para o recrutador.

Por isso, separamos algumas dicas de como fazer a carta de apresentação perfeita.

#1 Grau de formalidade

O principal ponto da carta de apresentação, no grau de formalidade, é conhecer o perfil da empresa na qual você está se candidatando. O bom senso nesse caso é um fator decisivo.

Se preferir não se arriscar no grau de formalidade use a linguagem formal, mais utilizada em questões profissionais.

Nesse caso, o conteúdo é baseado na norma culta e respeita as regras gramaticais, com uma escrita correta das palavras, sem abreviações ou gírias.

#2 Conheça a empresa

Ter conhecimento da descrição do cargo pretendido pode ser um grande diferencial no momento de fazer a carta de apresentação. Isso porque assim fica mais fácil destacar as suas qualidades e de que forma elas podem agregar valor e contribuir com a empresa.

Indique o porquê você se interessa pela organização e o que o motiva a conseguir uma vaga nela. Já que essa pode ser uma forma de convencimento para que o recrutador selecione você.

#3 Resolva tudo em 1 página

Ser sucinto, objetivo e direto são sinônimos de como fazer carta de apresentação. Por isso, ela não pode ser grande e deve respeitar o limite de 1 página.

Sendo uma prévia do seu currículo não tem porque estendê-la demais, já que essa pode ser uma forma de desestimular o recrutador a leitura da mesma.

O principal objetivo é ser direto com seus pontos fortes e o que realmente importa para você se vender.

#4 Evite erros de português

Um deslize no português nesse caso pode comprometer as suas chances. Isso porque se a primeira impressão é a que fica, ela não será nada boa para o recrutador se você cometer erros de português.

Saber escrever corretamente não é só uma exigência para quem trabalha especificamente com isso, mas para todo o profissional.

Já que ao longo dos dias você precisará lidar diretamente com superiores e até mesmo com clientes, e não é legal cometer erros de português diante deles, certo?

Portanto, para tentar evitar que isso aconteça na sua carta de apresentação, revise-a mais de uma vez e se possível envie para alguém dar um “aval” sobre o que você escreveu.

#5 Opte por um formato mais tradicional

Se a carta de apresentação deve ter um caráter mais formal, o formato dela também deve seguir uma linha no âmbito profissional. A aparência, além do conteúdo, também faz a diferença.

O ideal é não inventar com fontes coloridas, grandes ou abusar de recursos como negrito ou itálico. Siga uma linha tradicional utilizando fontes mais simples e que são normalmente utilizadas nesses casos como:

  • Calibri;
  • Times New Roman;
  • Arial;
  • Garamond;
  • Georgia.

Já no quesito tamanho não exagere e procure manter entre 11 e 12. Se for entregá-la impressa, utilize uma folha branca na impressão. Já que o exagero pode pesar contra você.

#6 Não faça cópias

É claro que ter uma base para a carta de apresentação pode ser de grande valia, mas nesse caso o famoso “CTRL C” “CTRL V” pode ser seu inimigo.

As chances de vários candidatos terem pego um modelo na internet e terem trocado apenas seus nomes é muito grande e os recrutadores estão acostumados com isso.

Então, a sua função é fazer diferente disso. Imagine um recrutador pegando centenas de cartas de apresentação iguais, só com a mudança de nome, é claro que você não vai querer estar numa delas, não?

Sendo assim, seja original no que você escreve.

Seja você mesmo e fale das suas experiências como candidato, sejam elas pessoais e profissionais.

Não invente coisas e foque nos diferenciais importantes para aquela vaga específica.

Priorize também em escrever uma carta personalizada para cada vaga, sem escrever a mesma, padrão para todas as vagas, já que cada uma tem objetivos e requisitos diferentes.

Como fazer a carta de apresentação?

Como vimos, o conceito sobre o que é carta de apresentação está relacionado a ser um complemento do currículo, com informações breves que o destaquem perante aos seus concorrentes.

Por isso, vamos dividir as dicas para a carta de apresentação entre: início, meio e fim.

Início da carta de apresentação

Na introdução da sua carta de apresentação você pode colocar o nome do recrutador, se você souber, e destacar:

  • algumas das suas experiências na área;
  • o tempo de atuação de cada uma.

Nessa parte é possível citar também a sua formação ou especialização.

Por exemplo:

“Formado em jornalismo com MBA em mídias sociais”.

 

Meio da carta de apresentação

Para contextualizar a sua abertura tente mostrar um pouco sobre suas conquistas ao longo dos anos na profissão.

Exemplo:

“Trabalhei na empresa (citar o nome) e fui promovido do cargo (colocar o nome) para o (colocar o nome)”. Seja enfático em características e experiências que tenham a ver com a vaga.

Você pode até montar esse trecho com base nas exigências para vaga. Organizando sua explicação e tentando fazer uma relação sobre sua experiência profissional com os pontos da descrição da vaga.

Por exemplo:

“Atuei na coordenação de equipes por X anos, onde juntos conquistamos (falar um pouco dos resultados) e estou apto para assumir a vaga oferecida para gerente de contas”.

 

Fim da carta de apresentação

A conclusão da carta de apresentação deve ser explicitamente para expor o porquê você tem interesse em assumir aquele posto na empresa.

Relatando em que pontos você pode agregar a rotina da organização e principalmente demonstrando que tem conhecimento sobre a atuação dela no mercado.

É o momento de dizer verdadeiramente porque você merece ser chamado para uma entrevista e suas motivações para trabalhar naquela empresa.

Exemplo:

“Acredito que posso contribuir com a empresa (colocar o nome), que tem atuado desde X (colocar data ou período) no segmento de (colocar o ramo), pois já tive experiências profissionais semelhantes nas empresas (colocar nomes) onde conquistamos excelentes resultados. Por isso, essa oportunidade me deixa entusiasmado pela chance de poder inovar com novas ideias, vivências e diferentes abordagens de mercado para o setor”.

Modelos de carta de apresentação

Para lhe ajudar em como fazer a carta de apresentação, abaixo selecionamos três exemplos para você ter como base.

(1) Modelo de carta de apresentação

Caro Paulo Roberto,

Possuo mais de 10 anos de experiência profissional nas áreas de XXXX, XXXX e XXXX. Com formação em XXXX e MBA em XXXX. Onde pude contribuir com resultados satisfatórios para organizações como XXXX, XXXX e XXXX.

Tenho espírito de liderança, facilidade de adaptação e um bom relacionamento interpessoal. Gosto de encarar novos desafios e acredito que posso contribuir com o departamento de XXXX para atuar em projetos estratégicos e contribuir com os resultados.

Fico à disposição para uma entrevista pessoal onde poderei falar mais sobre as minhas principais realizações profissionais.

Desde já agradeço pela atenção

Thiago Vasconcelos

(XX) XXXXX-XXXX

XXXXXX@XXXXX.com.br

(2) Modelo de carta de apresentação

Prezada Maria,

Gostaria de me candidatar para a vaga de XXXX da sua empresa.

Tenho experiência de 6 anos na área, onde atendo o seguintes pré-requisitos para assumir a função:

  • Conhecimentos avançados nas ferramentas de Photoshop, Adobe Illustrator, Adobe Premier Pro e etc.;
  • Disponibilidade para viagens;
  • Fluência em espanhol e inglês, fala e escrita.

Acredito que, com a minha experiência profissional, posso contribuir com o aumento dos resultados da organização. Gostaria de ressaltar minha participação ativa na criação do setor XXXX na empresa XXXX onde tivemos a oportunidade de aumentar o faturamento em 10%.

Convido-a para ler meu currículo e caso tenha interesse me coloco à disposição para uma futura entrevista pessoal.

Felipe Camargo

(XX) XXXXX-XXXX

XXXXXX@XXXXX.com.br

(3) Modelo de carta de apresentação 3

Prezado Luiz,

Estou em busca de uma nova oportunidade de trabalho na área de XXXX, onde possuo experiência de 10 anos no segmento. Atuei nas empresas XXXX e XXXX onde pude contribuir com projetos nas áreas de XXXX, XXXX e XXXX.

Entre as minhas principais características profissionais gostaria de destacar a minha capacidade para resolver problemas, persistência, perseverança e boa capacidade de negociação.

Tenho admiração por vossa empresa XXXX onde me coloco à disposição para estar na linha de frente da equipe de XXXX, contribuindo para que a empresa cresça ainda mais e conquiste resultados satisfatórios.

Agradeço pela atenção e fico à disposição para uma entrevista pessoal nos próximos dias.

João Carlos

(XX) XXXXX-XXXX

XXXXXX@XXXXX.com.br

A importância da carta de apresentação

A carta de apresentação pode ser um grande diferencial para quem busca se destacar diante de processos seletivos que se mostram cada vez mais concorridos.

Esse complemento ao currículo tem a chance de causar uma boa impressão num primeiro momento e ser o fator decisivo para chamar a atenção do recrutador. Para isso é necessário seguir algumas dicas para que esse documento seja conciso e objetivo.

Esse papel de convite à leitura do seu currículo, que é o que é carta de apresentação, tem boas chances de ser o diferencial para você conseguir uma boa vaga de emprego.

Elabore agora mesmo sua carta de apresentação e boa sorte!

Quer receber mais dicas e conteúdos sobre o setor de RH e gestão? É só assinar nossa newsletter para não perder mais nada.