Muitos sabem o que é o processo de recrutamento e seleção, mas poucos profissionais entendem, de fato, a sua relevância para contratações efetivas para uma empresa. É importante ter uma boa dose de planejamento para a filtragem, a divulgação e a escolha dos candidatos alinhados ao perfil da empresa.

Você deve saber o que é o processo de recrutamento e seleção de uma empresa — e também a sua importância para as organizações.

Afinal de contas, embora seja apenas uma entre tantas etapas conduzidas pelo setor de RH, ela deve ser conduzida com primazia e foco exclusivo nas especificidades de cada área.

Não à toa, profissionais de recursos humanos buscam especializações múltiplas dentro dessa atividade.

Para saber o que é o processo de recrutamento e seleção e os princípios básicos para criar uma área de alta performance na sua empresa, basta seguir com a leitura deste post!

O que é o processo de recrutamento e seleção?

De nome autoexplicativo, é fácil dizer que todos sabem o que é o processo de recrutamento e seleção. No entanto, do conceito à aplicação existe um abismo de informações.

É aí que muitas pessoas patinam e entram em desencontro de informações, culminando em um processo pouco efetivo e com prejuízos de toda espécie para a empresa.

Se você duvida disso, aí vão algumas considerações. Um setor de recrutamento e seleção desorganizado pode:

Deu para perceber o valor que tem essa área do RH, certo? Por isso, antes de explorar devidamente o que é o processo de recrutamento e seleção, vamos diferenciar os dois conceitos.

O que é recrutamento?

O recrutamento é o conjunto de técnicas e procedimentos que são aplicados para atrair um ou mais candidatos a uma oportunidade na empresa.

Aqui, entram as estratégias usadas para a divulgação da oportunidade e filtragem dos melhores perfis para ocupar o cargo.

Vale destacar, ainda, que o recrutamento pode ser segmentado em três modelos distintos:

  1. Interno: aquele realizado pelo setor de RH internamente. Ou seja, buscando no próprio quadro de funcionários os talentos internos capazes de assumir tal oportunidade;
  2. Externo: cuja procura é realizada fora da empresa;
  3. Misto: aquele que busca, aqui e ali, o melhor de cada uma das segmentações anteriores.

O que é seleção?

Assim que esse primeiro trabalho estiver concluído, entra a parte de seleção. Aqui, os especialistas de recursos humanos fazem uma análise mais profunda a respeito dos candidatos filtrados.

Em todo o processo existem as seguintes etapas de seleção:

Vale destacar que essas etapas podem variar, entre as empresas e conforme as necessidades e objetivos de cada processo seletivo, mas isso já permite que ambos os termo (recrutamento e seleção) sejam devidamente classificados.

Como fazer recrutamento e seleção nas empresas

Agora que já vimos o que é o processo de recrutamento e seleção, vamos nos aprofundar no assunto — mas em um aspecto mais prático da questão.

Abaixo, reunimos um passo a passo completo sobre como fazer recrutamento e seleção para inspirar boas ideais a serem inseridas nos seus processos internos. Confira!

1. Crie a oportunidade profissional

Assim que uma oportunidade se abre, na empresa, o RH deve ser notificado. Com um plano de cargos completo, os especialistas do setor já têm de antemão as principais características para facilitar a filtragem posterior dos candidatos.

Além disso, o plano de cargos já permite que se saiba:

  • atribuições;
  • salários;
  • horário de trabalho;
  • benefícios.

Tudo isso agiliza o processo de recrutamento e seleção e permite, por fim, uma valorização do tempo de trabalho do RH, bem como a assertividade na contratação.

2. Verifique o melhor método de recrutamento

Lembra-se que destacamos, anteriormente, os modelos de recrutamento interno, externo e misto? Pois aqui é definida a modalidade da preferência do gestor e/ou do RH para fazer processo de recrutamento e seleção.

3. Divulgue a oportunidade no mercado

Além do anúncio cativante, o RH deve considerar os melhores lugares para divulgar a oportunidade. Se espalhar a vaga em todos os lugares possíveis, o trabalho de filtragem deve ser ainda mais minucioso.

Por sua vez, se você souber onde divulgar para o público que você procura, a assertividade é maior. No geral, o mercado se concentra nas seguintes plataformas:

  • empresas de consultoria;
  • portais de emprego;
  • headhunters;
  • site da empresa;
  • redes sociais — da própria empresa ou em grupos de oportunidades profissionais;
  • LinkedIn (que é também uma rede social, mas abrange o mercado como um todo também);
  • instituições de ensino.

Assim que o trabalho é realizado, já sabemos que o processo de recrutamento e seleção vai se concentrar em analisar os currículos enviados, a fim de filtrar os melhores candidatos.

4. Faça a seleção

Em seguida, o RH vai montar o cronograma para a realização de entrevistas, a aplicação de testes (quando necessário) e o prazo de fechamento para a decisão.

Nessa etapa, além do perfil alinhado ao DNA da empresa, o setor de RH deve considerar as qualidades, competências e comportamentos de cada candidatos. Portanto, uma fase fundamental para garantir a assertividade na escolha dos profissionais.

5. Avalie e dê o feedback aos candidatos

Assim que a seleção tem fim, os recrutadores devem se reunir e discutir as melhores opções para o cargo, apontando os diferenciais de cada um.

Definido o profissional, convém responder aos candidatos que participaram do processo seletivo. Um e-mail ou telefonema cordial, a fim de alertar que o processo chegou ao fim e que alguém foi selecionado.

Pode parecer mero detalhe, mas essa é uma das grandes queixas dos profissionais — a falta de um feedback. Por isso, planeje-se para garantir que todos tenham uma satisfação sobre todo o tempo e disposição investidos no processo de recrutamento e seleção da sua empresa.

Do planejamento à prática

E então, deu para entender o que é o processo de recrutamento e seleção com esse passo a passo?

Agora é com você: use o nosso artigo como guia e planeje o processo seletivo na sua empresa, com base nas suas particularidades.

Mas, caso ainda tenha alguma dúvida ou queira compartilhar suas experiências no assunto, ajude-nos a expandir este artigo com as suas opiniões no campo de comentários!

Uma plataforma de Recursos Humanos vai ajudar sua empresa a controlar de maneira mais eficaz todos os seus processos. Com a Xerpa sua empresa terá acesso a benefícios como:

  • reduzir o tempo nos seus processos de admissão de desligamento de funcionários;
  • ter um processo mais claro e seguro;
  • evitar penalizações, multas ou qualquer risco relacionado à questões legais e gestão de informação da empresa.

Xerpa é a única que entrega uma experiência incrível e ainda resolve o problema real que o cliente tem. Fale com um especialista e descubra como reduzir 30% dos custos do seu RH.

.