7 dicas para viajar nas férias sem comprometer seu orçamento

viajar sem comprometer seu orçamento

Todo mundo gosta de tirar uns dias com a família ou amigos para viajar e conhecer um novo destino. Porém, a falta de dinheiro, planejamento ou de dicas para viajar nas férias, faz com que muita gente acabe deixando essa vontade em segundo plano, adiando sempre. 

Quando você vê um conhecido viajando por aí,  logo imagina que ele está gastando muito e que aquela realidade não é a sua. Mas, mesmo em tempos de crise, é possível conhecer cidades ou até países novos sem precisar desembolsar uma grande quantia. 

Além de conseguir economizar antes de partir, ainda é possível poupar enquanto aprecia os pontos turísticos do destino escolhido. Neste artigo, vamos falar como você pode realizar esse sonho e listar 7 dicas para viajar nas férias sem gastar muito. 

Se interessou pelo tema? É só seguir em frente e boa viagem! 

Dicas para viajar nas férias sem gastar muito

Viajar é sinônimo de gastos excessivos? Não é bem assim! Com planejamento e dicas para viajar nas férias, é possível se organizar financeiramente falando, de forma responsável, sem comprometer o orçamento. Mas como isso é possível? Separamos 7 dicas para viajar nas férias sem gastar muito. 

Conheça as principais:

  1. Pesquise muito
  2. Opte por hospedagens mais simples
  3. Economize nas refeições
  4. Cuidado com as compras
  5. Aposte no transporte público
  6. Faça um roteiro
  7. Visite pontos turísticos gratuitos

Então, antes de programar sua viagem confira atentamente cada uma das dicas que citamos acima.  

1. Pesquise muito

Uma das dicas mais importantes para viajar nas férias é apostar na programação. Comece o seu planejamento o quanto antes e, mesmo que decida em cima da hora, dedique-se à pesquisa. 

Se você já sabe que irá tirar férias futuramente, tente economizar ao máximo nos meses anteriores. Neste artigo do nosso blog, damos dicas de como poupar sem perder a qualidade de vida. Mas, se não for possível, ainda assim é possível viajar.

Primeiro, escolha o destino ideal e evite optar por locais em alta temporada, como por exemplo, viajar para Gramado na época do Natal. Certamente, os valores estarão acima do normal por ser o período que mais atrai turistas.

Não tome uma decisão por impulso, pois pode perder oportunidades de economizar na compra da passagem. Aliás, antes de adquirir o bilhete aéreo, verifique se por acaso você possui milhas suficiente acumuladas em seu cartão de crédito, quem sabe você consegue economizar na passagem por meio das milhas.

Se não for o seu caso, procure promoções de passagens. Várias companhias aéreas promovem descontos para diversos destinos. Se for viajar entre cidades do país escolhido, também pesquise as empresas locais para garantir os melhores preços.

Depois de decidir o local que irá visitar, aprofunde-se sobre as peculiaridades locais. Converse com quem já esteve lá e entenda o que você vai precisar para passar uns dias. Conhecer bem o destino pode evitar que você tenha gastos desnecessários.

A partir desta pesquisa, é possível determinar um valor mínimo para o período que ficará na cidade, sem passar por nenhuma dificuldade e aproveitando ao máximo. Além disso, permitirá que você não tenha surpresas como falta de opção para passeios, ou de acomodação.

2. Opte por hospedagens mais simples

Se ao idealizar sua viagem, a primeira imagem que vem à cabeça, são hotéis cinco estrelas, super chiques, certamente será mais difícil realizar seu sonho. Uma das dicas para viajar nas férias mais importantes é economizar na hospedagem. 

O objetivo é conhecer a nova cidade, certo? Por isso, você utilizará o seu quarto apenas para dormir, tomar um banho e fazer as refeições. Desta forma, não há necessidades de gastar uma fortuna em hotéis. 

Vários destinos contam com uma série de opções de hospedagem mais em conta como os hostels e os albergues. Apesar de serem mais baratos, muitos deles oferecem bastante conforto e até café da manhã incluso no valor da diária. 

Em alguns deles, é possível ainda preparar sua própria refeição. Desta forma, é só comprar os itens no supermercado e preparar aquele jantar ou lanche onde estiver hospedado. 

Se você estiver viajando sozinho, esse tipo de acomodação ainda permite a interação com outros hóspedes que podem se tornar companheiros de viagem. Por isso, antes de reservar aquele hotel com espaços gigantes, pense em quanto pode economizar se optar por uma opção mais simples.

3. Economize nas refeições

Boa parte da quantia reservada para as viagens será destinada para as refeições que você irá realizar. Um dos maiores prazeres ao conhecer um lugar novo é experimentar a culinária local, mas, se quiser seguir as dicas para viajar nas férias, busque economizar nas refeições. 

Isso não significa que o fast food será a única opção, apesar de ser uma boa saída quando o dinheiro estiver acabando. Evite comer nos restaurantes mais famosos e badalados, porque costumam ser bem mais caros que os demais.

Inclusive, tente fugir das opções muito próximas aos pontos turísticos, já que os proprietários sabem que o local é cheio de visitantes e, assim, cobra um preço acima do normal. Claro, aquele restaurante que você viu em um filme e sempre sonhou conhecer pode estar no roteiro. 

A questão é não escolher sempre os locais tradicionais para não acabar gastando mais do que o necessário com as refeições.

Para conhecer boa culinária, uma saída é perguntar para os moradores da cidade em quais restaurantes eles costumam comer. Certamente, irão indicar alguns locais deliciosos, com a culinária local e sem preços abusivos. 

Outro ponto importante é planejar o quanto você deve ou quer gastar com refeições por dia. Então, faça uma pesquisa sobre a média de valor que precisará para comer, determine uma quantia e procure ficar dentro deste limite.

4. Cuidado com as compras

Todo mundo que vai viajar adora fazer umas comprinhas, especialmente, quando visitamos o exterior, que costumam ter preços mais baratos em muitos itens. Entretanto, um dos vilões de qualquer viagem é o excesso de compras.

Especialmente neste momento em que o real está desvalorizado, antes de adquirir um produto em dólar ou outra moeda, pesquise se vale mesmo a pena. Lembre-se que no Brasil você poderá comprar no cartão de crédito e ainda acumular milhas para as próximas viagens. 

Então, uma das dicas para viajar nas férias e não gastar muito é pesquisar o valor do que pretende comprar no destino e verificar o preço no Brasil antes de ir. Assim, se você tiver pouco acesso à internet, saberá se está fazendo um bom negócio.

Além disso, cuidado com as lojas de souvenirs, pois a emoção do momento pode acarretar gastos desnecessários. Claro, se quiser levar uma lembrança para marcar a visita, escolha um item que te agrade e leve, mas não encha a sacola de compras. 

Pergunte-se se você realmente precisa daquele objeto, se será útil ou se está comprando apenas porque é bonito ou está barato. Além disso, se não tiver dinheiro sobrando, não se preocupe com as lembrancinhas de parentes e amigos, o importante é aproveitar a viagem.

5. Aposte no transporte público

Um item super importante das dicas para viajar nas férias é a locomoção no destino escolhido. Assim como na maioria do Brasil e, provavelmente, onde você mora, andar de táxi é caro e pode levar boa parte do seu orçamento.

Por isso, programe-se para utilizar o transporte público do local. As principais cidades turísticas espalhadas no país e no mundo, possuem opções de trajeto nos pontos mais procurados pelos visitantes. 

Pesquise se vale a pena comprar o ticket de um período maior ou se é melhor adquirir as passagens unitárias. Vale ônibus, metrô, trem e, por que não, a bicicleta? Muitos locais oferecem aluguéis por determinados períodos.

6. Faça um roteiro

Essa dica pode auxiliar bastante no item anterior e também na economia de tempo, otimizando a viagem. Procure fazer um roteiro dos dias que pretende ficar em cada destino, analise as atrações que irá visitar e organize um calendário. 

Tente colocar para o mesmo dia pontos turísticos que fiquem próximos, assim, além de economizar dinheiro, também gastará menos tempo com deslocamento. 

Além disso, com este roteiro, você consegue pesquisar os restaurantes do local, planejar quanto irá gastar para se alimentar e nas atrações.

7. Visite pontos turísticos gratuitos

A maioria das cidades turísticas contam com uma série de atrações e atividades gratuitas, como museus, parques e praças famosas. Quando escolher seu destino, faça uma pesquisa sobre essas opções na internet e inclua no seu roteiro. 

Veja também se terá algum evento durante o período em que estiver na cidade, se o local possui feiras de rua, que é possível visitar sem gastar muito. Gaste com entradas apenas nos locais que você realmente deseja conhecer.

Não visite atrações apenas porque faz parte do roteiro turístico tradicional daquela cidade. Nem sempre você terá interesse por museus, então, para que desperdiçar dinheiro com isso?

Todas essas dicas para viajar nas férias utilizadas em conjunto podem te ajudar a curtir uns dias com amigos ou familiares. Lembre-se, esses pontos auxiliam na economia, mas não precisam ser seguidos obrigatoriamente. 

Se comer em restaurantes famosos é sua prioridade, tente comprar passagens mais baratas, utilizar transporte público e visitar locais gratuitos e aproveite a gastronomia. Adapte essas dicas para viajar nas férias sem gastar muito a sua realidade.

O objetivo é que além de conhecer um local novo, você tenha momentos de diversão e lazer.

 

Gostou deste conteúdo? Siga o Xerpay nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros artigos que você pode se interessar