Inscreva-se

Universidade corporativa: você conhece esse conceito?
Benefícios

Universidade corporativa: você conhece esse conceito?

O treinamento de colaboradores é uma questão bastante subestimada pelas empresas no Brasil. Uma pesquisa feita no ano de 2016 mostrou que as empresas brasileiras ainda têm um baixo investimento em capacitação das equipes — apenas 22 horas por ano por colaborador, 10 a menos do que é investido em empresas americanas.

No entanto, alguns gestores já se atentaram para a relevância dos treinamentos, especialmente os que atendem a demandas específicas no negócio. Esse é o caso das Universidades Corporativas, instituições de ensino fomentadas e desenvolvidas pela própria organização e voltadas para os seus objetivos específicos.

Esse tipo de recurso de capacitação está em franco crescimento no país. Predominantemente no ramo das indústrias e nas empresas de administração pública. Porém, as empresas modernas e que desejam alcançar resultados concretos também estão aderindo a essa tendência.

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o conceito de Universidade Corporativa e porque a sua empresa deveria adotar essa solução. Continue com a leitura e saiba mais:

 

O que é universidade corporativa?

A Universidade Corporativa é uma instituição de ensino que está associada a organizações privadas ou mesmo do setor público. Ela oferece cursos de capacitação para os colaboradores de uma empresa, de acordo com as necessidades do negócio e das equipes.

Também chamada de Universidade Empresarial ou UC, ela constitui uma vertente do que chamamos de Pedagogia Empresarial – uma grande tendência na gestão de Recursos Humanos.

A Universidade Corporativa oferece treinamentos personalizados, desenvolvidos e aplicados de acordo com a política empresarial e a estratégia do negócio. Sempre visando o alcance dos objetivos e resultados.

Vale ressaltar que não é o preparo para executar determinada função ou ocupar um cargo em específico. Mas sim uma capacitação ampla que traz crescimento e benefícios perenes tanto para a empresa quanto para o colaborador – que levará esse aprendizado para a sua vida profissional.

A maior parte das empresas que possuem uma verba direcionada ao treinamento de colaboradores investem em treinamento formal. Porém, ele nem sempre é garantia de bons resultados e efetividade.

Para muito além dos treinamentos formais de qualificação de mão-de-obra, a Universidade Corporativa possibilita a criação de cursos totalmente personalizados. Isso representa uma verdadeira revolução no campo dos treinamentos empresariais.

Grandes empresas brasileiras, como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e a Petrobras, já aderiram à Universidade Corporativa como recurso de capacitação.

A Universidade Petrobras é um exemplo de como a Educação Corporativa é um recurso eficiente na construção de times de sucesso. O setor de recursos humanos da empresa desenvolveu, por meio dela, uma estratégia eficiente de treinamentos aprofundados e direcionados para os colaboradores. E o resultado foi: o aumento do nível de qualificação da mão-de-obra.

 

Corporativa x tradicional: quais são as diferenças?

O conceito de Universidade Corporativa pode ser mais facilmente compreendido quando comparado ao das universidades tradicionais. É comum que ela seja confundida com iniciativas como convênios com faculdades ou instituições de ensino convencionais, mas suas concepções são bastante diferentes.

As universidades tradicionais são aquelas voltadas ou para o universo acadêmico ou com foco em demandas amplas do mercado. Os cursos são pouco direcionados, pois precisam abranger grandes áreas do conhecimento em um tempo bastante restrito. Por conta disso, a maior parte da grade curricular é composta por disciplinas superficiais. Isso que faz com que o aluno não tenha um aprendizado aprofundado e tenha uma formação generalista.

A universidade corporativa, por sua vez, é composta por cursos com conteúdos personalizados e direcionados. Isso porque toda a sua estruturação será feita levando em conta as especificidades e necessidades da empresa. Desde as metodologias e materiais didáticos até a grade de disciplinas e corpo docente. Tudo é pensado com foco em suprir determinadas demandas.

A Universidade Corporativa é uma ferramenta muito eficiente, mas que também pode apresentar desvantagens. Em geral, os problemas nesses casos estão relacionados à má gestão, ao despreparo da empresa para sua implementação ou uso de ferramentas e recursos obsoletos.

Nesse ponto, as Universidades tradicionais em geral têm mais experiência e maior preparo. Além disso, as Universidades Corporativas não são aptas a oferecer diplomas reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Diante disso, vale ressaltar que um tipo de universidade não anula o outro. Afinal de contas, o diploma de graduação tradicional ainda é um pré-requisito para a maior parte das empresas e cargos nos dias atuais. Um título de ensino superior unido a certificações e cursos direcionados pode ser um diferencial na carreira dos colaboradores. Isso as tornam complementares.

 

Quais são as vantagens para a empresa?

Como você pode ver, a Universidade Corporativa é um recurso inteligente e inovador para empresas que desejam preparar equipes de alta performance. Mas os benefícios da adoção dessa estratégia não param por aí. Veja outras vantagens a seguir:

 

Economia de recursos

A Universidade Corporativa é sinônimo de economia de recursos. Ela é um tipo de capacitação mais ágil, eficiente e focada. Isso evita a necessidade de investimento em treinamentos e cursos externos, em que muito do que for aprendido muitas vezes não se adequará à demanda da empresa.

A personalização garante maior aproveitamento, já que o curso será moldado de acordo com necessidades específicas. Isso também traz ganhos em agilidade, pois é possível enxugar a matriz curricular ou otimizá-la, fazendo maior proveito da carga-horária dos cursos.

 

Atração e retenção de talentos

O mercado atual está cada vez mais sedento por bons profissionais. Estes, por sua vez, estão mais seletivos e buscam empresas que ofereçam mais do que um bom salário.

O profissional dos dias de busca aprendizado e crescimento intelectual constantes. Ou seja, deseja atuar em uma empresa que ofereça a oportunidade de estudar e se aprofundar em sua área de atuação.

Diante disso, a Universidade Corporativa funciona como um benefício importante, tendo como consequência maiores chances de atrair e reter talentos.

Recomendamos que você baixe esse eBook gratuito. Nele você descobrirá estratégias fundamentais para a retenção de talentos. Responda o formulário e receba:


Ganhos em qualidade

O investimento no desenvolvimento profissional dos colaboradores tem impacto direto na qualidade da sua atuação na empresa. Consequentemente, isso ajuda na construção de times mais produtivos e eficientes, que entregam um trabalho de alto nível.

O resultado disso é a maior qualidade dos serviços prestados e produtos desenvolvidos pela empresa, o que gera satisfação dos clientes e maior lucratividade.

 

Destaque no mercado

Contar com uma instituição de ensino personalizada dentro da empresa também contribui para melhorar a imagem do negócio. Isso porque, oferecendo cursos de alta qualidade, a organização se posiciona como especialista em sua área.

E isso pode ir muito além da própria equipe. A UniBB, por exemplo, disponibiliza cursos on-line abertos à comunidade. Outro exemplo é a Hubspot, que se tornou referência internacional na área de Inbound Marketing. Hoje em dia, as certificações dos cursos da Hubspot Academy são um pré-requisito em diversas empresas do segmento.

 

Como implementar esse conceito?

A idealização e implementação da Universidade Corporativa é algo que exigirá um grande investimento em infraestrutura e profissionais. Cabe ao time de RH viabilizar a estruturação do projeto e garantir o seu andamento.

Abaixo, listamos alguns passos necessários para criar uma Universidade Corporativa na empresa:

  1. Antes de mais nada, é preciso mapear quais são as demandas da empresa e dos colaboradores para entender como elas podem ser supridas. Nesse caso, também é preciso levar em conta os objetivos de longo prazo.
  2. Em seguida, será preciso elaborar o projeto. Para isso, é preciso considerar alguns pontos-chave:
    • os cursos que serão oferecidos;
    • o corpo docente;
    • a forma como as aulas serão ministradas (presencialmente ou por EaD);
    • os métodos de comprovação de resultados etc.
  3. A próxima etapa consiste na elaboração do planejamento de custos. É importante mensurar qual será retorno sobre o investimento e analisar criteriosamente se a empresa tem condições de arcar com isso.
  4. Com a viabilidade econômica comprovada, é hora de botar a mão na massa. Nesse momento, é recomendável contratar especialistas em Pedagogia Empresarial que ajudarão no desenvolvimento de um projeto pedagógico mais consistente.
  5. Finalmente, será necessário traçar a estratégia de divulgação, para que os colaboradores entendam a relevância dessa iniciativa. É possível adotar medidas de  prevenção de absenteísmo e aumento da adesão fomentando a participação não apenas como aluno, mas compartilhando seus conhecimentos como professores.

 

O que fazer após implementá-la?

Após a implementação da estratégia, o RH precisará desenvolver métricas visando demonstrar os resultados da iniciativa. Pode ser difícil mensurar esses impactos, visto que a maioria das melhorias são qualitativas e não quantitativas.

Além do desempenho nos treinamentos em si, é possível incluir nos relatórios o índice de satisfação e engajamento dos alunos. Pode-se também buscar associações entre métricas voltadas para a produtividade ou qualidade em pontos específicos do negócio e o desempenho nos treinamentos que tenham esse mesmo foco.

 

A Universidade Corporativa é sinônimo de inovação em empresas que desejam cultivar times de alta performance e alcançar os melhores resultados. Além disso, essa iniciativa também tem impacto positivo na construção da identidade da marca, fazendo com que o negócio ganhe destaque no mercado.

 

Gostou do texto de hoje? Siga a Xerpa nas redes sociais e fique por dentro dos melhores conteúdos de RH! Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter e também no LinkedIn!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *