Tudo sobre bolsa de valores

[GUIA] Tudo sobre bolsa de valores: o que é, como funciona e como investir?

Se você está considerando iniciar um investimento no mercado de ações, é importante conhecer algumas das principais informações, termos e conceitos que estão relacionados a esse universo. Por isso, neste artigo reunimos tudo sobre bolsa de valores:

  • O que é bolsa de valores?
  • O que é a B3?
  • O que é o Índice Bovespa?
  • Como funciona a bolsa de valores?
  • Em quais canais consultar como está a bolsa de valores hoje?
  • Como a tecnologia ajuda na consulta a bolsa de valores?
  • Prepare-se para investir na bolsa de valores.

Mesmo quem nunca pensou em investir na bolsa de valores já se deparou com notícias sobre queda ou alta do Índice Bovespa e o desempenho do dólar.

Todas essas informações dependem da movimentação dos ativos da B3, ou seja, da bolsa de valores hoje.

Apesar de serem termos que estão no cotidiano do cidadão brasileiro, nem todo mundo sabe interpretá-los e, nem ao menos, para que servem.

Entretanto, se você tem interesse em se arriscar no mundo dos investimentos, entender alguns termos e processos é essencial.

Por isso, nesse artigo vamos apresentar um pouco de tudo sobre bolsa de valores.

O que é bolsa de valores?

A bolsa de valores hoje funciona como um elo entre as empresas e os investidores.

O primeiro passo para esse relacionamento é uma determinada companhia decidir pela abertura do seu capital e disponibilizar ações para possíveis investidores.

Depois de ser avaliada em uma série de critérios e passar a constar na bolsa, com uma sigla correspondente, a empresa determina um valor de ação para entrar no mercado primário.

No momento em que ocorre a primeira negociação, a companhia integra o mercado secundário.

Isso significa que as ações já passarão a ser negociadas com o valor baseado nos critérios que alteram as cotações na bolsa de valores hoje que, normalmente, são:

  • cenário da economia do país;
  • otimismo ou pessimismo dos investidores;
  • setor de atuação;
  • valorização da empresa.

Ao comprar uma ação, o investidor passa a ser um sócio do negócio, tendo direito aos lucros da companhia, de acordo com:

  • o desempenho da companhia;
  • a quantidade de ativos adquiridos.

Neste artigo, exploramos em nosso blog mais detalhes sobre a bolsa de valores.

O que é a B3?

O nome da bolsa de valores brasileira é B3. Trata-se da única bolsa de valores do país, localizada em São Paulo, que, anteriormente, já chegou a possuir mais de dez casas de negociações.

A B3 é popularmente conhecida como Bovespa, pois até 2017 era administrada pela BM&F Bovespa, que se uniu com a Cetip.

A empresa tem atuação em ambiente de bolsa e balcão e é a maior da América Latina.

O que é o Índice Bovespa?

Para entender tudo sobre bolsa de valores é preciso conhecer o índice Bovespa.

Todo mundo já ouviu falar do Índice Bovespa pelo menos uma vez na vida, mas entender o que ele significa é mais complexo. Ele é o principal indicador brasileiro de desempenho da bolsa de valores hoje.

O índice também pode ser chamado apenas de Ibovespa ou IBOV e, por meio dele, os vários perfis de investidores conseguem mensurar a performance das suas ações.

Compõem o índice as companhias que seguem determinados critérios definidos pela B3. Os principais deles são:

  • maior liquidez;
  • volume financeiro negociado.

Além disso, o Ibovespa é reavaliado a cada quatro meses, formando uma nova carteira teórica de ativos.

Ele é o índice guia da bolsa de valores, que reflete diretamente o cenário da bolsa, sendo necessário saber interpretá-lo para fazer um bom negócio ao comprar ou vender ações.

Resumindo, o indicador é bastante importante para a situação financeira do Brasil.

Toda vez que o país ou um determinado setor passa por uma crise financeira o Índice Bovespa sofre uma queda. O contrário também acontece, pois o otimismo dos investidores na economia do país valoriza as ações da B3.

Quero investir! Como funciona a bolsa de valores?

Antes de fazer qualquer investimento na bolsa de valores é necessário escolher uma corretora de valores, na qual você abrirá uma conta. Para isso, acesse o post, “Qual a melhor corretora de investimentos? Porque investir e como escolher”. 

Depois disso, todo o valor que pretender aplicar em ações deve ser transferido do seu banco tradicional para a conta da corretora.

Apesar de precisar dessa conta, você mesmo pode acessar ao sistema da B3 e escolher a empresa e as cotações que deseja comprar ou vender.

Como está a bolsa de valores hoje? Em quais canais consultar?

Para consultar as cotações da bolsa de valores você nem precisa sair de casa, já que todo funcionamento da instituição acontece online.

O mais importante de analisar as cotações durante o dia é que ao conhecer o movimento da precificação dos ativos, fica mais fácil decidir quando e onde investir.

Você pode encontrar as cotações da bolsa de valores em diversas plataformas online.

A opção para quem já conhece o mercado e está acostumado a analisar as cotações é o Home Broker. Normalmente, é disponibilizado pela corretora de valores, na qual você abriu sua conta.

É diretamente nele que você irá:

  • escolher as ações em que vai investir;
  • acompanhar o desempenho dos ativos;
  • negociá-los.

Outro suporte para quem deseja acompanhar as cotações da bolsa de valores hoje são os sites. Alguns deles, além das cotações, também fazem análises do desempenho das ações, porém, nem sempre estão atualizados, por isso, fique atento a tudo sobre bolsa de valores para realizar uma consulta.

Como a tecnologia ajuda na consulta a bolsa de valores hoje?

Alguns investidores ou operadores de mercado utilizam plataformas profissionais, que além da movimentação em tempo real das ações, também analisa o cenário para o usuário.

Essas ferramentas são soluções mais completas e, para quem pretende investir grandes valores, pode ser um bom investimento. Isso porque, normalmente, as informações que constam nessas plataformas são de extrema qualidade e produzida por especialistas no tema.

Uma vantagem delas é que não é necessário estar com um computador para acessar as informações da bolsa de valores. A maioria dessas soluções contam com versões em aplicativos para smartphones.

Independente da opção que escolher para consultar como está a bolsa de valores hoje, é essencial para ter sucesso nesse setor, pesquisar bem sobre o mercado das ações. Além disso, saber interpretar as cotações em tempo real pode determinar as chances de um bom negócio.

Prepare-se para investir na bolsa de valores

Além de acompanhar as dicas que colocamos aqui neste guia da bolsa de valores, aprender sobre organização financeira é um passo importante para quem está pensando em começar a investir na bolsa.

Visando contribuir com o futuro de seus colaboradores e oferecer um benefício corporativo realmente atraente, muitas empresas estão adotando o modelo de salário sob demanda.

Para você que deseja investir na bolsa ele vai ajudar a se organizar e a realizar um planejamento mais organizado de suas finanças. Isso sem contar que vai contribuir para manter suas contas em dia.

O Xerpay é um aplicativo que permite que os colaboradores antecipem parte de seus salários de forma simples e instantânea.

Acredite, os benefícios para a empresa também são muitos como:

  • diminuição de turnover;
  • aumento de produtividade;
  • atração e retenção de talentos.

Gostou? Então acesse acesse nosso site e indique a empresa na qual você trabalha para fazer parte desse novo modelo de pagamento sob demanda.

Ainda em dúvida? No vídeo abaixo explicamos como tudo isso funciona. Confira!

E aí, gostou desse conteúdo com tudo sobre bolsa de valores? Não deixe de compartilhar nas suas redes sociais.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.