transição de carreira

Transição de carreira: do financeiro para a controladoria

O perfil dos profissionais atuais é bem diferente de outras gerações, que buscavam construir uma longa carreira na empresa. Aprender novas funções constantemente se tornou um desejo, como ocorre na transição de carreira do financeiro para a controladoria.

É comum vermos a migração de trabalhadores entre áreas semelhantes, que possuem alguma característica em comum, mas que normalmente demandam mais responsabilidade. 

A mudança, entretanto, exige mais classificação e preparação para assumir determinadas vagas. Um desses movimentos, que tem ganhado o interesse de muitos profissionais, é a transição de carreira do financeiro para a controladoria. 

Este artigo, em nosso blog, fala sobre a origem da controladoria e os benefícios que a área traz para as empresas de todos os portes.

Para entender melhor o que é preciso para realizar a transição de carreira do financeiro para a controladoria, vamos abordar a diferença entre elas e no que o profissional precisa investir. Neste conteúdo, você vai aprender:

  • O que é transição de carreira?;
  • Qual a principal diferença entre as áreas de financeiro e controladoria?;
  • O que faz um profissional da controladoria?;
  • Quais os desafios para a transição de carreira do financeiro para a controladoria?;
  • Que habilidades o profissional de controladoria precisa ter?;
  • Quais especializações o profissional interessado deve fazer?;
  • Como está o mercado de trabalho para o profissional de controladoria?

Então, vamos lá!

O que é transição de carreira?

É importante esclarecer que a transição de carreira é diferente da mudança de profissão

Isso porque na primeira você faz uma movimentação entre as possibilidades da sua formação, ou seja, ao transitar entre carreiras você aproveita o que cursou na faculdade ou tecnólogo.

A necessidade de alterar os planos da sua carreira pode aparecer por diversos motivos, mas, de maneira geral, os sinais são parecidos para todos os profissionais. Entre as principais razões estão:

  • Desvalorização da profissão;
  • Desmotivação do trabalhador;
  • Plano de carreira estagnado;
  • Insatisfação com as funções exercidas;
  • Busca por maiores responsabilidades.

Seja qual for o motivo, o processo de mudança em todas as profissões, como a transição de carreira do financeiro para a controladoria, nem sempre é fácil e exige força de vontade, dedicação e muito estudo por parte do profissional.

Qual a diferença entre as áreas de controladoria e financeira?

O profissional do setor financeiro, com cargos de assistente ou analista, normalmente, é responsável pelas ações práticas da área: controle do fluxo de caixa, pagamentos de contas, relatórios financeiros, entre outros. Basicamente, é ele quem toca o dia a dia das finanças.

Em um caso de sucesso na carreira e crescimento na empresa, é possível ainda ser responsável pela coordenação da equipe. São funções que exigem conhecimento do setor, porém, que, ao longo do tempo, se tornam repetitivas e podem desmotivar o profissional.

É neste cenário que a transição de carreira do financeiro para a controladoria ganhou destaque. Isso porque o controller, como é chamado o profissional que atua na controladoria, possui uma função estratégica e de gestão dos recursos financeiros.

Ele também será responsável pela construção de planejamento para movimentos estratégicos da empresa, por isso, a responsabilidade é maior.

Essa é uma oportunidade de expandir o conhecimento na área e adquirir um olhar mais estratégico. Além disso, também aumentar as chances de conquistar uma vaga de emprego, olhando para as empresas que possuem esse setor e utilizam essas ferramentas de controladoria.

O que faz um profissional da controladoria?

Ele é o responsável pela administração dos orçamentos e finanças da companhia, sempre atuando em função do planejamento estratégico. Será o controller que apontará o que a empresa precisa fazer para alcançar seus objetivos, do ponto de vista de finanças.

O profissional da controladoria deve traçar um plano de ação estratégico, visando melhorias e mudanças para que o negócio otimize seu resultado financeiro. Entre as principais funções do controller estão:

  • Tomada de decisões estratégicas;
  • Elaboração de projeções para o futuro da empresa;
  • Coordenação de ações do setor.

Como é possível perceber, a responsabilidade do setor de controladoria é alta e reflete diretamente nos resultados do negócio. Por isso, a preparação do profissional deve ser alta e o conhecimento da empresa onde trabalha precisa ser aprofundado.

Quais os desafios para a transição de carreira do financeiro para a controladoria?

Se o profissional da área financeira tem interesse em se aventurar na controladoria, precisa saber que será um caminho cheio de desafios. Apesar disso, a transição de carreira do financeiro para a controladoria pode ser bem prazerosa e trazer bons frutos a longo prazo.  

O primeiro ponto que é necessário se ter em mente é que você não irá começar do zero, pois os conhecimentos da sua primeira formação e experiências anteriores irão auxiliar no processo. Por isso, não fixe a ideia de que você perdeu tempo de carreira até o momento.

A mudança de rumo profissional faz parte da realidade da maioria dos trabalhadores, em especial neste momento, em que o mercado vive constante transformação. Entretanto, será necessário complementar seu conhecimento com novos cursos e procedimentos.

Além disso, como qualquer início de carreira, a falta de experiência no setor pode ser um desafio na hora de conquistar uma vaga no setor. 

Porém, vale destacar que há um movimento nas empresas de buscarem profissionais menos experientes para o educarem de acordo com as necessidades do negócio.

Certamente, a experiência em outro setor financeiro da empresa, com as funções do dia a dia, trará vantagens para quem deseja realizar a transição de carreira do financeiro para a controladoria. 

Uma vez que esse profissional já estará familiarizado com as demandas de finanças.

Esse é um dos motivos que têm atraído tantos profissionais a realizarem a transição de carreira do financeiro para a controladoria. Porém, além de força de vontade, serão necessárias especializações para atuar no setor.

Que habilidades o profissional de controladoria precisa ter?

Não há uma regra sobre qual formação o controller precisa cursar para poder atuar como profissional. De forma geral, as empresas exigem profissionais formados em Ciências Contábeis ou ainda em áreas correlacionadas como Administração ou Economia.

A principal característica esperada por um profissional de controladoria é o olhar estratégico e analítico voltado para o financeiro da empresa. Por isso, indica-se que o controller tenha experiência em finanças e conheça sobre a legislação contábil.

Como todo o setor de finanças, a controladoria também é rica em detalhes e números, sendo essencial que o profissional tenha organização e saiba elaborar planilhas e tabelas. 

Além disso, o profissional que deseja fazer uma transição de carreira do financeiro para a controladoria deverá conhecer profundamente o mercado de atuação da empresa em que trabalha.

Apesar do ponto forte do controller ser a familiaridade com os números e a Matemática Financeira, é essencial ter uma boa comunicação. 

Isso porque é ele quem irá reportar os planejamentos e relatórios para os superiores, a fim de convencê-los das melhores estratégias.

Como em muitas outras áreas e cargos, possuir fluência na língua inglesa pode ser um diferencial para conquistar uma boa vaga de emprego, em especial em multinacionais.

Quais especializações o profissional interessado deve fazer?

Para ser um bom profissional de controladoria, além das habilidades e formações já citadas acima, é importante que a atualização do conhecimento seja constante. Por isso, a principal dica é não deixar de estudar e se aperfeiçoar.

O controller precisa entender sobre os custos da companhia, orçamento empresarial, contabilidade geral, planejamento financeiro, entre outros. O olhar estratégico também é um diferencial desejado pelas empresas, como já falamos anteriormente.

Caso não esteja familiarizado com estes conteúdos, uma série de cursos de especializações ou pós-graduação podem prepará-lo para atuar no setor. 

As opções são extensas, mas os cursos mais indicados para quem deseja realizar a transição de carreira do financeiro para a controladoria são:

  • Finanças e Controladoria;
  • Planejamento Estratégico;
  • Gestão Empresarial;
  • Business Intelligence;
  • Finanças Corporativas.

 Além dos cursos especializados, existem ainda uma gama enorme de conteúdos sobre controladoria na internet que podem ser objeto de estudo dos profissionais. Uma outra dica é conversar com quem já atua na área para esclarecer eventuais dúvidas sobre o setor.

Como está o mercado de trabalho para esse profissional?

Nem todas a empresas contam com o setor de controladoria, entretanto, a necessidade de contar com um profissional especializado bem crescendo. Por isso, a demanda por especialistas na área está aumentando.

A vantagem de controller é que empresas de diversos portes podem possuir uma controladoria, assim, as oportunidades não se restringem a grandes empresas. 

O salário de um profissional do setor pode variar, mas estima-se que a média do Brasil gire em torno de R$ 8 mil.

A transição de carreira do financeiro para controladoria tem sido cada vez mais natural para os profissionais da área, trazendo além de mais responsabilidade, melhores oportunidades financeiras.

Por isso, caso tenha interessa em conhecer melhor as funções de um controller, procure cursos, converse com pessoas que atuem na área e, especialmente, tenha força de vontade. 

A transição de carreira do financeiro para a controladoria pode ser desafiadora, mas também oferece crescimento ao profissional.

 

Gostou deste conteúdo sobre a transição de carreira do financeiro para a controladoria? Caso ainda tenha dúvidas, deixe seu comentário no post. 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.