técnicas utilizadas no processo de seleção

Conheça as principais técnicas utilizadas no processo de seleção

O processo de recrutamento e seleção sem dúvida é um dos maiores desafios que os profissionais de RH têm dentro da empresa. Contratar certo é um grande diferencial para que a organização se destaque e alcance bons resultados.

E para conseguir minimizar as chances de erro em uma contratação, existem técnicas utilizadas no processo de seleção. Estratégias que vão desde promoções internas até a escolha correta do espaço para divulgação de uma vaga.

As técnicas utilizadas no processo de seleção podem atrair o candidato ideal e oferecer maior precisão no processo. Com isso diminuem-se os gastos com uma possível alta do turnover e a produtividade e o rendimento da equipe aumentam.

Para lhe ajudar nessa rotina desafiadora, separamos as principais técnicas utilizadas no processo de seleção para você não errar mais na hora de contratar. Confira!

Técnicas utilizadas no processo de seleção

Encontrar o perfil ideal para sua empresa depende de vários fatores e as técnicas utilizadas no processo de seleção podem ser esse apoio para dar maior assertividade na escolha.

Conheça as principais estratégias que farão a diferença na hora de selecionar um candidato.

  1. Processo de seleção interno;
  2. Organizar um banco de currículos;
  3. Realizar parcerias com universidades e escolas técnicas;
  4. Anúncio de vagas na internet;
  5. Preparar uma entrevista estruturada;
  6. Realizar avaliações de conhecimento técnico;
  7. Analisar soft skills e hard skills;
  8. Aplicação de testes comportamentais.
  9. Criar dinâmicas de resolução de problemas.

Seguindo um passo a passo com base nessas técnicas, as chances de sucesso aumentam quando o assunto é o processo de seleção.

1. Processo de seleção interno

Conhecer o que se tem em mãos é o primeiro passo para ser assertivo no preenchimento de uma vaga.

Muitas empresas abrem processos de seleção aos montes quando na verdade o “candidato perfeito” está bem na sua frente.

Sendo assim, uma das técnicas utilizadas no processo de seleção é através da seleção interna. Além de ser uma economia para a empresa, que não precisará ter os gastos com admissão, pode ser um fator motivacional para outros colaboradores.

Isso porque promover um funcionário abre precedentes para que a empresa demonstre sua preocupação com o crescimento profissional da equipe.

O processo interno também traz maior facilidade em fatores como rapidez de escolha do candidato, adaptação a cultura da empresa e ao trabalho a ser executado.

2. Organizar um banco de currículos

A economia que o banco de currículos traz é um dos grandes diferenciais dele em relação à técnicas utilizadas no processo de seleção.

Empresas que possuem um banco de currículos organizado e atualizado possuem maior facilidade para preencher uma vaga na empresa.

E esse banco de currículos pode ser formado por profissionais que já participaram de algum processo de seleção ou por currículos não selecionados anteriormente.

Com um mercado em que se exige rapidez em tempo integral, o banco de currículos funciona como um facilitador do RH.

É importante, entretanto, evitar currículos enviados há muito tempo. Pois as informações podem estar desatualizadas, aumentando as chances de erro.

3. Realizar parcerias com universidades e escolas técnicas

Uma das técnicas utilizadas no processo de seleção que agrada boa parte das empresas é a de parceria com escolas técnicas e universidades.

Esse elo pode ser de grande valia na seleção de um grande talento que vem se destacando nos estudos.

Esse tipo de parceria tem grande peso principalmente para vagas de estágio, aprendizes, nível júnior e trainees. Ou até mesmo sendo um diferencial na criação de um banco de talentos que seja promissor em futuro próximo.

Além disso, esse tipo de parceria entre empresa, escolas técnicas e universidades torna o processo de seleção mais rápido e menos custoso para a empresa.

4. Anúncio de vagas na internet

Hoje a internet possui um grande poder perante as empresas diante de uma geração que está o tempo todo conectada. E isso pode ser usado a favor das empresas quando o quesito são técnicas utilizadas no processo de seleção.

Boa parte dos profissionais hoje procuram na internet vagas de emprego e muitos talentos estão “escondidos” nesse número.

Portanto, a divulgação de vagas na internet não só facilita a vida do empregado, mas também agiliza a escolha do empregador.

Sem contar que os gastos são menores para a empresa, já que a maioria dos sites não cobra nada para as organizações divulgarem suas vagas. Sites como Catho, Infojobs, Vagas são alguns dos que oferecem um leque imenso de talentos as empresas diariamente.

Fora que uma vaga divulgada na internet permite a empresa detalhar mais suas necessidades e especificidades do trabalho. E também dá a possibilidade de incluir testes que servem como um critério de pré-seleção.

5. Entrevista estruturada

A entrevista de fato precisa ser uma das técnicas utilizadas no processo de seleção mais importantes ao longo do caminho. E hoje a construção de uma boa entrevista vai além de apenas uma conversa.

Uma entrevista estruturada não só coloca o profissional frente a frente com a empresa, mas pode ser crucial para traçar uma análise comportamental. Ou até mesmo medir fatores como soft skills ou hard skills e a facilidade para lidar com problemas.

E essa análise, baseada em uma entrevista estruturada, pode ser feita com testes técnicos, dinâmicas ou simulações de situações da empresa. Assim é possível avaliar as habilidades e prever futuras reações e comportamentos do colaborador em relação à empresa.

6. Avaliações de conhecimentos técnicos

O currículo pode falar muito sobre o colaborador, mas apenas um teste técnico pode comprovar de fato as habilidades do profissional.

Por esse motivo as empresas podem prevenir os erros no processo de seleção através de técnicas utilizadas no processo de seleção. Testes que foquem em uma avaliação técnica do profissional.

E isso pode ser feito por meio de testes de conhecimento que façam referência ao cargo oferecido.

Ele pode ser aplicado online (através dos bancos de currículos online, como Vagas.com), por e-mail ou até mesmo na própria empresa.

Um teste de conhecimento técnico pode ser a chave para lhe ajudar a escolher o perfil ideal, com as habilidades necessárias para preencher uma vaga determinada. Os testes mais comuns são de idiomas, redação, gramática e etc.

7. Analisar soft skills e hard skills

Avaliar as competências, sejam elas comportamentais e sociais (Soft skills) ou habilidades técnicas (hard skills), é essencial para o RH ser assertivo ao efetuar uma contratação.

No caso de soft skills se interpreta como competências mais subjetivas e que serão percebidas no dia a dia da empresa, principalmente. Isso porque ela se atém a questões como ética, persuasão, resiliência, trabalho em equipe, entre outros.

Em hard skills fica mais fácil quantificar já que são habilidades aprendidas na escola, faculdade e em outras experiências profissionais. Como por exemplo, fluência em algum idioma, domínio de um programa como photoshop, excel e etc.

Mas como avaliar as hard skills e soft skills como técnicas utilizadas no processo de seleção?

As hard skills podem ser avaliadas através de testes técnicos em que o profissional comprove suas habilidades para exercer a função.

Já as soft skills por meio da entrevista presencial em que é possível, ao menos inicialmente, ter uma noção das características pessoais do profissional. Características pessoais como confiança, paciência, criatividade, comunicação e outros.

8. Aplicação de testes comportamentais

O que a vaga exige e como partir para a escolha do perfil ideal? A resposta dessa pergunta pode ser a chave para que os RHs consigam acertar mais na hora de contratar alguém no mercado.

E uma das técnicas utilizadas no processo de seleção se dá por meio de uma análise comportamental traçada através de testes.

Você precisa de um analista, comunicador, executor ou planejador? Ter essa resposta pode ser a solução dos seus problemas no processo de seleção. Técnicas como a metodologia DISC é uma das mais utilizadas para traçar esse perfil comportamental.

No método DISC se utiliza um questionário onde o profissional coloca um valor de 1 a 4, com características em que ele mais ou menos se identifica. Entre elas aparece ágil, autoconfiante, persuasivo, calmo, altruísta, participativo e etc.

Esse tipo de avaliação pode traçar o perfil comportamental do profissional em contrapartida com as exigências para a vaga e a facilidade de adaptação com a cultura da empresa.

9. Criar dinâmicas de resolução de problemas

O problema faz parte do dia a dia de todos. Tanto no âmbito pessoal como profissional. Quem não consegue lidar com eles tem dificuldade para se desenvolver e, principalmente, manter uma alta produtividade.

Por esse motivo, uma das técnicas utilizadas no processo de seleção é por meio de dinâmicas de resolução de problemas. Existem inúmeras formas de testar a habilidade do colaborador para lidar com problemas.

Seja apresentando um suposto problema e pedindo opções que levem a solução dele. Ou até mesmo com dinâmicas que instiguem a capacidade do profissional para resolver um problema.

A importância das técnicas utilizadas no processo de seleção

As técnicas utilizadas no processo de seleção aparecem como ferramentas primordiais para que as empresas acertem na hora de contratar.

Quando o RH se utiliza de métodos que deem apoio em seus processos de seleção minimizam as chances de erro para selecionar o profissional ideal.

Em um mercado recheado de profissionais que buscam por uma oportunidade, selecionar o “candidato perfeito” não é tarefa fácil. Porém, quem adota certas técnicas, como as que apresentamos acima, podem minimizar as chances de erro.

Gostou do nosso artigo? Compartilhe nas redes sociais e ajude mais pessoas a encontrarem as melhores maneiras para acertar no processo de seleção.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.