Inscreva-se

Técnica de pomodoro: a solução para a falta de produtividade
Carreira

Técnica de pomodoro: a solução para a falta de produtividade

Você tem uma rotina corrida e muitas atividades no seu dia a dia? Busca alternativas para aumentar sua produtividade, mas nunca consegue encontrar uma ferramenta adequada? Talvez a solução esteja na técnica de pomodoro.

Muito adotada por profissionais de qualquer segmento, essa abordagem foi criada ainda nos anos 1980 por Francesco Cirillo. Inicialmente, surgiu para facilitar os estudos. No entanto, os benefícios conquistados no mundo corporativo são bastante significativos.

Para que você entenda as vantagens do método, neste post vamos explicar o que é e como funcionam os pomodori. Então, que tal conhecer essa técnica? Acompanhe!

 

O que é a técnica de pomodoro?

A palavra italiana pomodoro significa tomate, em português. Essa foi a base desse método de gerenciamento de tempo, que consiste em dividir os períodos de trabalho em alguns intervalos.

O principal propósito dessa técnica é manter o foco e a concentração máxima pelo prazo de 25 minutos. Com isso, é possível alcançar alguns objetivos, entre eles:

  • aumentar a concentração;
  • elevar a produtividade;
  • reduzir as interrupções;
  • diminuir a ansiedade;
  • saber quanto tempo você demora em cada atividade.

Assim, você consegue efetivamente gerenciar seu tempo da maneira mais produtiva possível. Por exemplo: consegue descobrir quanto tempo gasta para finalizar um relatório, fazer uma reunião ou entrevistar um candidato em um processo seletivo. A partir dos dados coletados, você tende a encontrar formas de reduzir o prazo de execução de cada uma das tarefas.

Recomendamos que você baixe esse eBook gratuito. Nele você saberá como planejar, de forma produtiva, todo o departamento de RH da sua empresa. Responda o formulário e receba:


Como funciona?

A premissa da técnica é separar o tempo em blocos, sendo que cada um deles representa um pomodoro. Cada divisão contém 25 minutos. A ideia é trabalhar de maneira concentrada e sem interrupções em apenas uma tarefa durante todo esse bloco de tempo.

Assim que o pomodoro terminar, você tem direito a um intervalo de cinco minutos. Quando forem finalizados quatro pomodoros, a pausa é maior, e pode variar de 15 a 30 minutos. Portanto, nos períodos de trabalho, é imprescindível ficar extremamente focado. Já nos horários de folga, é o momento de ir ao banheiro, tomar uma água ou um café, conversar com o colega ou fazer qualquer coisa sem relação com as suas atividades.

É normal que, no começo, você tenha muita dificuldade de se concentrar totalmente na tarefa realizada. Por isso, é importante anotar quando ocorrer alguma distração. Por exemplo: tocou o telefone, algum colaborador pediu ajuda, seu chefe fez uma solicitação etc. Aos poucos, a tendência é que você consiga ficar cada vez mais focado e perceba a evolução.

Há ainda outra informação importante: cada pomodoro deve ser dedicado exclusivamente a uma tarefa. Caso ela termine antes do período de tempo finalizar, é importante permanecer na mesma atividade. Você pode revisar o documento, verificar os dados inseridos, digitar o arquivo e o que mais for necessário até o momento da pausa.

 

Por que é importante?

Além do aumento da concentração e do foco, um dos principais benefícios da técnica pomodoro é descobrir quais são os gargalos na sua produtividade. A partir da anotação das interrupções que ocorrem, você consegue identificar se o problema é interno ou externo.

As primeiras interrupções são aquelas que partem de você e podem ser situações bastante simples. É o caso de um pensamento que desvirtua da atividade que está sendo executada, da necessidade de ligar para alguém momentaneamente ou de mandar ou responder uma mensagem no WhatsApp.

Nesses casos, é preciso anotar a descontinuação, por meio de um asterisco ou traço, e o que a ocasionou. Para evitar essas situações, vale a pena deixar o celular em total silêncio, desligar o wi-fi, desconectar as redes sociais, tirar o som do computador e o que mais você considerar necessário.

As interrupções externas, por sua vez, são aquelas que têm uma origem diversa, como uma ligação ou um e-mail recebido, uma pessoa chamando etc. É fundamental evitar a desatenção, exceto se houver muita urgência na resolução do caso.

 

Como aplicar a técnica de pomodoro?

O funcionamento dessa abordagem de produtividade é simples, como você já pôde perceber. Porém, existem algumas práticas que contribuem para o seu sucesso. Quer ver quais são elas? Então, confira!

 

Crie uma lista de tarefas no começo do dia

No começo do seu dia de trabalho, anote em um papel ou em um documento digital todas as tarefas que devem ser executadas. Separe-as em dois setores: “atividades planejadas” e “atividades não planejadas”. Monte a sua lista da maneira como preferir. O importante é compreender sua própria organização.

 

Execute as tarefas

O início do trabalho pode priorizar qualquer atividade — isso quem define é você. Utilize um timer para cronometrar 25 minutos, ou seja, o primeiro pomodoro. Você também pode usar algum aplicativo para essa finalidade. Entre as opções estão: Be Focused (exclusivo para iOS), PomelloTomato Timer, entre outros.

 

Faça as pausas

O término do período de trabalho deve ser anotado com um “X” ao lado da atividade. Em seguida, você deve fazer uma pausa de cinco minutos. Quando terminar a folga, volte à tarefa e continue trabalhando nela até finalizá-la ao final de um pomodoro. Então, é só riscá-la da lista.

Outra regra importante é a seguinte: um pomodoro nunca deve ter mais que 25 minutos. Além disso, mesmo que a atividade esteja terminando, faça a pausa e termine no próximo período de trabalho. Por fim, se algum período for indevidamente interrompido, anule-o.

 

Anote as interrupções

As paradas internas e externas devem ser anotadas e o que as ocasionou precisa ser especificado na parte de tarefas não planejadas. Por exemplo: se pensou em checar suas redes sociais ou pedir uma pizza, escreva exatamente isso. No final, você pode cumprir essas atividades da mesma forma que as outras.

 

Aprenda com os resultados

A adoção da técnica pomodoro durante algumas semanas permitirá entender melhor seu comportamento no trabalho. Você saberá, por exemplo, se há muitas interrupções e se elas são externas ou internas, quanto tempo leva para executar cada atividade e o que costuma chamar mais sua atenção. Com esse conhecimento, você passa a ter uma atuação mais concentrada e focada.

 

Desse modo, a técnica de pomodoro é uma das metodologias mais utilizadas quando o assunto é produtividade. Com os aplicativos de timer, fica muito mais fácil controlar o trabalho e as pausas, e obter resultados melhores. Depois de alguns dias, você já deve sentir os benefícios dessa prática.

 

Então, que tal experimentar essa técnica? Aproveite e assine nossa newsletter para conhecer outras ferramentas e soluções que ajudarão na sua rotina. 

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *