taxa de atratibilidade

Taxa de atratibilidade: como mensurar se sua empresa é atrativa

A taxa de atratibilidade é o índice que mensura a relevância da sua empresa, ao postar uma oportunidade de emprego, complementada pelo grau de alinhamento que os candidatos têm se comparado com as expectativas para o preenchimento da oportunidade em questão.

 

Dentro da imensidão do seu processo de recrutamento e seleção, é importante avaliar se a sua empresa tem uma boa resposta quando as oportunidades de emprego são postadas nos meios adequados. E a isso damos o nome de taxa de atratibilidade.

Mais que isso: é o retorno positivo que você tem ao divulgar uma oportunidade com base no alinhamento de perfis e as expectativas para o preenchimento do cargo.

Caso ainda não tenha entendido a importância de analisar a taxa de atratibilidade na sua empresa, siga com esta leitura! Nos próximos tópicos, você vai entender o quanto isso interfere (positiva ou negativamente) no tempo empreendido para escolher o candidato ideal para a sua empresa!

O que é recrutamento e seleção?

É importante falarmos, antes da taxa de atratibilidade, a respeito do setor de recrutamento e seleção — uma área que engloba duas atividades complementares, mas bastante distintas. Quer ver só? 

 

O que é recrutamento?

Diante da atualização do banco de talentos ou, ainda, da busca por talentos do mercado, o setor de recrutamento deve arregaçar as mangas e colocar-se à disposição da empresa para oferecer os melhores resultados.

Para tanto, um olhar apurado sobre as tendências do mercado e as melhores ferramentas e técnicas de atração deverão ser utilizadas. Tudo porque os seus especialistas de RH devem entender, primeiramente, as necessidades, objetivos e exigências para o preenchimento de cada cargo da organização.

Complementarmente, o processo de filtragem de candidatos deve ser feito em um minucioso comparativo com o perfil dos profissionais que se interessaram pela oportunidade.

 

O que é seleção?

Responsável pelo processo seletivo em si da empresa, o setor de seleção tem como objetivo a realização de um sistema eliminatório, mantendo gradualmente os perfis mais adequados para cada oportunidade.

Em geral, os seus especialistas podem fazer uso das mais diversas formas de testar as habilidades e competências dos selecionados, como:

Ou seja: essa área tem que estar perfeitamente alinhada e em sintonia para que a taxa de atratibilidade da sua empresa seja a maior possível.

>> Produzimos um livro digital que apresenta um passo a passo para a produção de um planejamento de recrutamento e seleção assertivo. Clique aqui e acesse agora mesmo!

O que é a taxa de atratibilidade?

Dentro do quesito acima mencionado, é importante destacar a taxa de atratibilidade, que nada mais é do que a resposta do mercado às oportunidades profissionais divulgadas pela sua empresa.

Perceba, aqui, que não se trata exclusivamente de obter um número elevado de currículos na caixa de entrada do seu e-mail. A taxa de atratibilidade deve ser considerada, também, a partir do alinhamento de perfis esperados para a oportunidade em questão.

Do contrário, nada adianta para a sua empresa o acúmulo de centenas de currículos com perfis inadequados. Isso só consome o tempo dos seus profissionais, prolonga o processo seletivo e pode até mesmo prejudicar a busca por candidatos realmente qualificados para o cargo.

É aí que, para melhorar a sua taxa de atratibilidade, o RH deve desempenhar um papel harmonioso em todas as etapas do processo de recrutamento e seleção.

Como melhorar a taxa de atratibilidade por meio do RH?

Para que todo o processo seja integrado, com objetivos definidos e um planejamento que pode ser monitorado por todos — aumentando, assim, a taxa de atratibilidade —, convém começar pelo seu RH.

E, abaixo, reunimos algumas dicas elementares para qualificar o setor e, assim, aprimorar o fluxo de trabalho em todas as áreas!

 

Invista em tecnologia

Um bom software de gestão, por exemplo, contribui com todas as funções que citamos até aqui. Especialmente, na compilação e organização de currículos para agilizar e otimizar o processo seletivo.

Dessa maneira, sua taxa de atratibilidade pode ser maior a partir do tempo extra que a sua equipe vai dispor. Algo crucial para que seus especialistas planejem uma descrição atrativa, filtre melhor os resultados obtidos e pense em testes direcionados para as necessidades de cada cargo da empresa.

 

Monte processos seletivos específicos

Falamos acima disso, mas vale o reforço: conhecendo as necessidades de cada vaga, o seu RH consegue planejar um processo de recrutamento e seleção distinto, e não genérico para todas as oportunidades.

Isso gera uma taxa maior de atratibilidade, sim, porque repercute no mercado. Mostra que o seu setor de RH conhece as oportunidades da empresa, sabe bem do que está à procura e quais são os meios mais eficazes para alcançar o objetivo com maestria.

 

Capacite a sua equipe

Não pense que a tecnologia é o único investimento a ser feito. A capacitação e treinamento da sua própria equipe pode ajudar a aprimorar todas as atividades relacionadas ao setor de recursos humanos.

Com o tempo, os processos melhoram, os erros são reduzidos e os resultados aparecem — direta e indiretamente — no dia a dia da empresa. Inclusive, na melhora da taxa de atratibilidade nos processos.

 

Monitore todos os dados relacionados ao recrutamento e seleção

Em última instância, é importante contar com as ferramentas adequadas para monitorar os processos seletivos e as performances obtidas em cada um deles. Algo que pode ser aproveitado, também, na elaboração de relatórios de RH impactantes!

Por exemplo: o tempo de um ciclo de contratação é importante para averiguar o impacto da sua taxa de atratibilidade. Caso ela seja baixa, provavelmente, o processo seletivo vai demorar mais.

Convém observar também a proporção de currículos recebidos e o percentual de perfis aproveitáveis. Isso ajuda a averiguar a filtragem realizada pelos seus especialistas de recrutamento e seleção. Assim que diagnosticados os equívocos, a tendência é que a sua taxa de atratibilidade seja cada vez maior.

 

Agora, queremos ouvir um pouquinho mais a respeito das suas experiências. A taxa de atratibilidade é uma preocupação constante para a sua equipe? Com base no que você leu aqui, deu para entender como melhorar os processos seletivos da sua empresa? Compartilhe a sua opinião conosco, no campo de comentários!

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.