Sistema de gestão de desempenho: o que é e como aplicar na empresa?

sistema de gestão de desempenho

As empresas buscam cada vez mais melhorar seus resultados, aumentar lucros e fazer com que seus funcionários produzam de maneira eficiente. Uma das estratégias para isso é a implantação de um sistema de gestão de desempenho, que ajuda a concentrar esforços.

Por meio desse sistema, é possível valorizar e aproveitar as competências dos colaboradores, conseguindo resultados que podem até mesmo ultrapassar as metas.

Para entender mais sobre o sistema de gestão de desempenho, acompanhe este post.

 

O que é sistema de gestão de desempenho?

O sistema de gestão de desempenho é uma estratégia implantada pelo RH com o objetivo de desenvolver e aproveitar ao máximo os talentos da equipe em prol dos objetivos da empresa.

O sistema abrange uma série de ações voltadas à administração de pessoas, com continuidade, eficiência e propósito.

Quando há implementações de atividades voltadas à gestão de pessoas de maneira isolada, não podemos classificá-las como um sistema.

 

Qual a importância de um sistema de gestão de desempenho?

As empresas obtêm grandes vantagens ao administrar os seus talentos.

Uma gestão de performance feita com cuidado permite a compreensão e o aproveitamento das competências dos seus funcionários.

Com isso, é possível aumentar a produtividade e encontrar quais tarefas se encaixam com as habilidades dos colaboradores, aumentando o engajamento. Além disso, a gestão de desempenho facilita a tomada de decisões.

Porém, para que funcione, essa gestão deve ser bem estruturada. As atividades relacionadas à avaliação de performance devem seguir uma ordem, em prol dos objetivos e acompanhando os resultados.

Esse sistema leva em consideração as respostas coletadas e os diagnósticos dos problemas, com as devidas correções.

 

Quais são os pontos essenciais de um bom sistema de gestão de desempenho?

O sistema de gestão de desempenho deve ser funcional e constante, para que possa gerar mudanças significativas.

Para que funcione, a empresa deve entender a fundo como funcionam essas avaliações e trabalhar com ferramentas capazes de dar suporte a essas atividades.

A compreensão da dinâmica da gestão de desempenho garante a qualidade do processo e facilita o acesso às melhorias provenientes dessa estratégia.

Para isso, três componentes interagem para condicionar o desempenho dos funcionários:

  • capacidade (desenvolvimento);
  • ambiente (oportunidade);
  • esforço (motivação).

O elemento principal do sistema de gestão de desempenho é a avaliação de desempenho, que pode ser realizada de várias maneiras:

 

Avaliação de desempenho individual

Mais tradicional, a avaliação de desempenho individual acompanha o desenvolvimento de cada funcionário em particular, levando em consideração as suas fraquezas e pontos positivos.

Dentro desse modelo de avaliação, o crescimento do colaborador é valorizado, fazendo com que ele consiga ter uma performance muito mais completa.

Ela leva em consideração não só competências técnicas, mas também comportamentais que podem afetar a qualidade do seu trabalho.

 

Avaliação de desempenho em grupo

Esse tipo de avaliação é menos comum, mas também pode ser aplicada com sucesso.

Nesses casos, a performance da equipe é avaliada de acordo com os resultados apresentados em determinado projeto ou seu impacto na empresa.

Este modelo também leva em consideração os pontos positivos e negativos do time, mas não é tão eficiente quando se trata do desenvolvimento dos profissionais.

 

Avaliações qualitativas

As avaliações qualitativas têm foco nas metas e objetivos individuais, e levam em consideração a qualidade do trabalho realizado, também em comparação com os objetivos definidos pela empresa.

 

Avaliações quantitativas

As avaliações quantitativas levam em consideração as competências técnicas e comportamentais dos profissionais.

Essas competências são mensuradas para viabilizar o acompanhamento do desenvolvimento desses colaboradores.

 

A implantação do sistema de gestão de desempenho exige planejamento e comunicação clara dentro da empresa.

Faça um calendário com cada etapa a ser realizada e fixe indicadores que vão ajudar a mensurar os resultados.

Usando as avaliações da maneira correta, mantendo a transparência, acompanhando os efeitos e promovendo ações de correção, o sistema de gestão de desempenho vai trazer os resultados esperados.

 

Quais são os pontos positivos da gestão de desempenho?

A implantação do sistema de gestão de desempenho traz uma série de benefícios para a organização. Podemos destacar:

 

Ajuda no reconhecimento dos profissionais

As avaliações de performance devem ser aproveitadas para desenvolver um plano de reconhecimento dos profissionais.

Seus resultados podem influenciar promoções ou para pagamentos de bônus como retribuição pelos excelentes resultados.

Esse reconhecimento pode ser feito para toda a equipe ou para funcionários que apresentaram um desempenho acima da média, em particular.

 

Esclarece os objetivos da equipe

As avaliações de desempenho são uma excelente fonte de feedbacks. Quando as avaliações são feitas corretamente, abrem espaço para que os funcionários deem sugestões e apontem erros.

Com isso, a organização pode coletar dados que vão ajudar a melhorar o employer branding, atraindo talentos ainda mais capacitados.

Além disso, essas avaliações dão insights que trazem melhorias para o relacionamento entre colaboradores e gestores, melhorando o clima organizacional.

 

Checa a eficiência dos treinamentos

Por meio dos resultados da gestão de desempenho, é possível checar se os treinamentos estão trazendo o retorno esperado.

Por meio dessa observação, os gestores podem propor cursos adicionais ou mudarem o foco dessas iniciativas.

Com isso, é possível estruturar estratégias mais eficazes, que realmente são capazes de cobrir as lacunas e fornecer as competências que a organização precisa para desenvolver.

 

Identifica comportamentos negativos

Uma postura negativa de funcionários e equipes pode contaminar o restante dos profissionais.

A gestão de desempenho ajuda a identificar comportamentos prejudiciais para o clima organizacional ou para a produtividade.

Com essas informações, a empresa pode atuar em duas frentes. Uma delas está na adoção de estratégias que resolvam os problemas internos, que melhorem o ambiente de trabalho.

A segunda maneira de resolver isso é buscar ferramentas que desenvolvem esse profissional individualmente.

Muitas vezes, uma mudança no cargo ou a compreensão dos problemas pode resolver esses comportamentos negativos, aumentando a satisfação.

Como medida extrema, é possível providenciar o desligamento do profissional, mas vale lembrar que esse processo provoca grandes impactos.

 

Com a implantação de um sistema de gestão de desempenho na empresa, certamente você vai conseguir números mais interessantes, um salto de produtividade e qualidade, mas sem onerar os funcionários. Pelo contrário, eles estarão mais engajados e conscientes da sua importância.

Sua empresa já usa algum método de gestão de desempenho? Você conhece alguma estratégia que possa ser útil? Deixe seu comentário no post com as suas impressões e compartilhe seu conhecimento conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *