A saúde é o maior motivo de preocupação para 42% da população brasileira, segundo dados revelados pela CNT/MDA. Diante dessa realidade, muitas empresas apostam no seguro saúde como forma de atração e retenção de talentos.

Já que com esse benefício, funcionando como complemento ao salário, permite aos empregados uma segurança maior em relação a sua saúde e bem-estar. Reduzindo, por exemplo, a taxa de absenteísmo e rotatividade.

O seguro saúde tem como premissa funcionar como uma cobertura de despesas médicas, hospitalares ou odontológicas para os colaboradores. Por meio desse benefício, então, o colaborador é reembolsado com seus gastos.

Aliás, esse é o principal diferencial entre o seguro saúde e o plano de saúde. Neste artigo vamos falar sobre as principais vantagens e desvantagens para empresas que oferecem o seguro saúde. Confira!

Seguro saúde x Planos de saúde

Na teoria a ANS, pelo menos em caráter de registro, não faz nenhuma distinção entre as duas modalidades. Porém, na prática elas são sim diferentes.

O ponto mais claro que os difere é o do caráter de reembolso. Enquanto o plano de saúde cobre despesas em determinados hospitais, laboratórios ou categorias, conforme a abrangência do plano.

Já no seguro saúde, o colaborador tem maior liberdade para escolher seu médico ou especialidade em questão. Por não possuir uma rede credenciada, como nos planos de saúde, o seguro saúde cobre as despesas do segurado com base nas suas escolhas.

Nesse caso, basta apenas apresentar a nota fiscal para que seja feito o reembolso. 

Além disso, o seguro saúde oferece uma rede referenciada, com prestadores de serviços de saúde pagos pelo seguro, e que cobre todas as despesas do segurado sem precisar de apresentação de nota fiscal para conseguir o reembolso.

As vantagens do seguro saúde

O seguro saúde possui diversas vantagens que o diferenciam do plano de saúde. Entre elas podemos destacar as citadas logo abaixo. 

 

Menos tempo de espera por atendimento médico

O tempo de espera é um dos principais problemas para quem aciona seu plano de saúde. Seja para autorizar e cobrir um exame, um procedimento ou uma internação. 

Com o seguro saúde, os atendimentos são mais rápidos já que o segurado tem a opção de escolher serviços particulares.

Neste sentido, empresas que oferecem esse tipo de benefício, contribuem para eliminar preocupações em relação ao suporte quando o colaborador ficar doente. Ele sabe que com o benefício, o acesso ao seu bem-estar está garantido e o reembolso também.

Sem precisar agendar consultas com meses de antecedência e até agravar problemas de saúde porque o convênio não cobre determinado procedimento.  

 

Liberdade de escolha de médicos, hospitais e laboratórios

É comum que os planos de saúde possuam uma rede credenciada e o segurado só possa usar clínicas, hospitais e laboratórios que estejam dentro dela. No seguro saúde essa realidade é diferente e há uma liberdade de escolha neste sentido.

Como há uma política de reembolso, o segurado não depende de uma rede fixa para acionar qualquer serviço. Ele pode escolher um de sua preferência e solicitar o reembolso em seguida. O seguro tende a deixar os colaboradores mais felizes e satisfeitos.

Não só no sentido de maior liberdade de escolha, mas porque eles se sentirão mais valorizados pela empresa. Reconhecendo a preocupação dela com a sua saúde e bem-estar sem impor limites na escolha de um profissional de confiança.

 

Serviços exclusivos e personalizados

Enquanto muitas empresas optam pelos planos de saúde, que possuem um serviço comum a todos da organização, com o seguro saúde existe uma exclusividade maior nos módulos de cobertura.

Segundo a ANS, no caso do seguro saúde, há uma facilidade maior de ajustar o benefício conforme as necessidades de cada um de maneira individual. Assim, além do colaborador ter um acesso melhor a serviços de saúde poderá ser tratado como “único”.

Essa personalização facilita para montar um serviço de cobertura que atenda aos segurados individualmente, sem ter que criar algo que seja comum a todos. 

Maior engajamento dos profissionais

Um estudo da Harvard Business mostrou que o bem-estar e a saúde impacta diretamente no engajamento profissional. Além disso, funcionários saudáveis são mais ágeis no término das tarefas. 

Já falamos sobre a importância da saúde no ambiente profissional no artigo “5 formas de promover a saúde nas empresas”

Sendo assim, o seguro saúde se torna um grande estímulo para atrair e reter novos talentos na organização. Isso porque no mercado atual a valorização do bem-estar é uma das prioridades de boa parte dos profissionais.

Por isso, o seguro de saúde, pode sim, ser um excelente atrativo e um diferencial para manter funcionários saudáveis e felizes.

 

Redução do absenteísmo por problemas de saúde

Uma alta taxa de absenteísmo pode causar queda de produtividade, falta de qualidade no trabalho, alta do turnover e sobrecarga de funcionários. Neste sentido o plano de saúde aparece como alternativa para reduzir as faltas.

Isso porque um bom seguro  faz com que o colaborador reconheça a preocupação da empresa com seu bem-estar. 

E colaboradores satisfeitos se ausentam menos do trabalho e se sentem mais felizes porque sabem que caso precisem receberão todo o suporte necessário do seguro saúde concedido pela empresa.

Sem contar que com a ausência de um seguro saúde o colaborador pode aumentar o seu número de faltas já que terá maior dificuldade para conseguir um tratamento de qualidade pelo SUS. 

Podendo assim, gerar um problema de saúde recorrente e o absenteísmo acaba se tornando rotina.

 

Dedução fiscal

O seguro saúde também pode aumentar o valor da restituição e até mesmo reduzir o valor de pagamento dos impostos. Dessa forma, a dedução fiscal é um dos benefícios, tanto para pessoa física como jurídica, que o seguro pode proporcionar.

Essa forma de incentivo fiscal, gerado por benefícios médicos, coloca o seguro saúde como vantajoso até mesmo em relação a benefícios da carga tributária.

É importante ressaltar que só o gasto líquido (deduzido pelo reembolso) que  poderá ser abatido do IR.  

Desvantagens do seguro saúde

Assim como qualquer tipo de benefício, o seguro saúde também possui algumas desvantagens para a empresa e funcionários. Conheça algumas delas abaixo.

  • Tempo de carência (podendo durar até 3 meses);
  • Custos (dependo da cobertura os gastos podem altos);
  • Exclusão de alguns tipos de doença do contrato;
  • Comparticipação, que ocorre quando o seguro não cobre o valor de reembolso integral em função do uso de médicos fora da rede.

A preocupação com a saúde se tornou recorrente

A preocupação com a saúde e bem-estar é recorrente. Considerando esse cenário, o seguro saúde aparece como um benefício extremamente diferenciado para atender algumas das necessidades principais dos colaboradores, como manter a saúde em dia.

Em comparação ao plano de saúde, o seguro saúde inclusive oferece diversos diferenciais que podem beneficiar a empresa e os próprios colaboradores. 

Ao longo do artigo destacamos alguns deles, como redução do absenteísmo, liberdade de escolha do hospital, clínica e laboratório, além de dedução fiscal e maior engajamentos dos profissionais.

Portanto, considerar o seguro saúde como um diferencial na atração e retenção de talentos pode colocar a empresa à frente dos concorrentes.

Um último ponto e não menos importante, é que a implantação de um modelo  efetivo necessita de planejamento e da avaliação das necessidades de cada profissional. 

Para que assim, seja contratado um serviço que atenda as necessidades de cada um.

 

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais!