A satisfação dos colaboradores, grosso modo, é quando eles estão felizes em seus trabalhos e fazem de tudo para realizar suas tarefas corretamente. Por isso, a felicidade dos funcionários tem se tornado, cada vez mais, uma das principais preocupações das empresas.

Ela é considerada um grande diferencial competitivo e influencia diretamente no crescimento dos negócios. Quando estão satisfeitos, os empregados tendem a se empenhar mais para realizar seu trabalho e a buscar também pelo próprio crescimento profissional.

Assim, o time permanece motivado, contribuindo para um ambiente mais produtivo e eficaz.

Por isso, as empresas estão buscando tomar diversas medidas para mantê-los felizes, como garantir um ambiente de trabalho saudável, buscando suprir as necessidades de seu time, oferecendo salários compatíveis com o mercado e crescimento na carreira.

Diante desse cenário, a preocupação das organizações em manter a satisfação dos colaboradores aumentou. No entanto, muitas ainda têm dificuldades para medir esse nível entre seu time.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo com dicas práticas para medir a satisfação dos empregados da sua empresa de forma rápida e fácil. Assim, é possível que o setor de RH mantenha as medidas efetivas para a felicidade dos funcionários e possa modificar os elementos insatisfatórios. Confira!

 

A satisfação dos colaboradores nas empresas

Descobrir se seus funcionários estão satisfeitos em trabalhar para a sua empresa é indispensável atualmente. É preciso entender o que os agrada e detectar os pontos negativos. Apenas assim, é possível fazer as mudanças necessárias e criar estratégias eficientes de motivação.

Ao promover o bem-estar no trabalho, a empresa proporciona benefícios como:

  • otimização do tempo;
  • autoestima elevada;
  • crescimento pessoal;
  • melhor relacionamento em grupo.

Isso se reflete em todos os setores da organização, podendo ser percebidos até mesmo na satisfação dos clientes.

Caso contrário, os efeitos também são bem aparentes. A insatisfação profissional do time acarreta em uma série de prejuízos para os negócios, como o maiores taxas de absenteísmo e da rotatividade e a diminuição do desempenho e da produtividade.

Um indivíduo que não tem suas necessidades atendidas, não terá satisfação necessária para desempenhar as suas atividades com qualidade no trabalho.

Por isso, é importante estar de olho nas métricas de satisfação dos colaboradores para garantir o sucesso da organização no mercado.

O problema é que muitas organizações não sabem como medir esse nível de engajamento dos colaboradores. Diversos gestores confundem os métodos utilizados para obter motivação e, com uma interpretação equivocada, acabam não eliminando as dificuldades. Ao contrário, podem contribuir para a geração de novos problemas.

 

As principais ferramentas para mensurar a satisfação dos funcionários

Para criar um time alinhado e motivado, é necessário conhecer as melhores medidas para medir a satisfação dos  colaboradores e colocá-las em prática.

A forma tradicional de se fazer isso, é por meio das pesquisas de satisfação. No entanto, há formas alternativas e eficazes para realizar a mensuração e ter resultados positivos.

Portanto, confira a seguir diferentes critérios para analisar a satisfação de seus funcionários e elimine os problemas de desmotivação da equipe:

 

1. Produtividade diária

Como já falamos anteriormente, funcionários felizes produzem mais e com melhor qualidade. Portanto uma das forma de se medir o nível de satisfação dos colaboradores é por meio da a produtividade diária.

Para fazer isso, você pode estabelecer uma porcentagem para as tarefas planejadas ou delegadas e analisar o índice daquelas que forma concluídas.

Assim, ao avaliar o desempenho, o RH pode ficar atento a seguinte questão:

“As pessoas estão conseguindo entregar suas tarefas de cada dia?”

Quando a porcentagem está entre 80% e 100% de conclusão para as tarefas planejadas, é possível identificar que os índices de produtividade estão altos e, provavelmente, de satisfação.

 

2. Net Promoter Score

O NPS é uma métrica utilizada para medir a satisfação dos clientes de uma empresa. No entanto, é uma excelente ferramenta para ser utilizada com o público interno de uma organização.

A partir de uma única pergunta, “em uma escalada de 0 a 10, quanto você nos indicaria para um amigo”, o RH pode avaliar a satisfação dos colaboradores. Sendo zero o mesmo que “de jeito nenhum” e 10 “com certeza”.

Assim, é possível identificar o grau de lealdade do time com a empresa, observando o nível de satisfação de cada um.

 

3. Retenção de talentos

Profissionais satisfeitos tendem a se manter por mais tempo em seu emprego. Portanto, outro excelente aliado desse processo é o monitoramento da porcentagem de retenção de talentos na corporação.

Altas taxas de demissão e rotatividade são alertas para baixa satisfação dos colaboradores. Logo, quando talentos do mercado procuram se manter em seus cargos e se desenvolver em sua empresa, é sinal de que eles estão satisfeitos. Assim, as chances de perdê-los para a concorrência diminuem.

Pra você entender muito mais sobre retenção de talentos, nós separamos alguns conteúdos e materiais que auxiliarão você nesta jornada. Clique aqui e cadastre-se para receber agora!

 

4. Caixa de sugestões

Uma forma de medir a satisfação de forma geral de todos os colaboradores é por meio da criação de uma caixa de sugestões. Assim, quando os funcionários tiverem uma boa ideia, opinião ou crítica podem depositá-la anonimamente.

Por meio do anonimato, os colaboradores se sentirão mais à vontade para se expressar e, assim, poderão falar sobre os pontos negativos da empresa. Desse modo, é possível ter uma melhor noção do que pode estar faltando no local de trabalho para melhorar o dia a dia da equipe.

 

5. Avaliação de desempenho

Outra maneira de identificar a satisfação dos colaboradores é por meio da avaliação individual de desempenho. O RH deve se concentrar nos indivíduos e em suas necessidades específicas. Assim, é possível lidar com cada caso de insatisfação.

As avaliações devem ser feitas de forma periódica, pelo menos uma vez por semestre. Nas reuniões, deve-se tomar conhecimento sobre os problemas enfrentados por cada funcionário ao realizar sua tarefa.

Identifique se há um aumento nos níveis de pressão e estresse, se aconteceu algum tipo de conflito com outros funcionários nos últimos meses, faltas injustificadas e queda na produção.

É importante investigar se os funcionários precisam de algum tipo de treinamento ou ajuda para lidar com alguma situação em seu trabalho.

Muitas vezes, as pessoas ficam insatisfeitas em seu trabalho, porque sentem que não têm mais nada para aprender ou quando estão com dificuldades e não obtém ajuda da empresa.

Desse modo, ao fornecer-lhes auxílio e novas habilidades, os funcionários se tornam mais motivados.

 

Como você pôde perceber, a satisfação dos colaboradores é um assunto realmente muito importante para o sucesso dos negócios, pois impacta diretamente na motivação, na produtividade e no comportamento de cada colaborador.

Desse modo, saber como medir de forma correta e melhorar os indicadores internos de bem-estar do seu time é um passo essencial para qualquer empreendimento.

 

Quer ficar por dentro de outras dicas para os seus negócios como essa? Siga a Xerpa no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.