Rh inovador

RH Inovador: como trazer a inovação para a gestão de pessoas

Possuir um RH inovador não significa apenas que a empresa está seguindo uma tendência, mas sim que está disposta a entrar forte na briga com seus concorrentes. Atualmente quem não inova fica para trás na atração e retenção de talentos no mercado.

Uma pesquisa da McKinsey revelou que 84% dos executivos consideram a inovação como um importante fator de crescimento para a empresa. Assim, podemos dizer que possuir um RH inovador faz toda diferença.

Isso porque um RH inovador é capaz de desenvolver estratégias que vão de encontro ao bem-estar e a qualidade de vida dos colaboradores. Nisso, há um estímulo para uma maior produtividade e engajamento dos profissionais.

Na inovação o RH deixa de lado a sua característica burocrática e assume a missão de um setor estratégico, para assim ser lembrado por ser um RH inovador. Mas você sabe como transformar seu RH tradicional em um RH inovador? Neste conteúdo vamos:

  • Explicar o que é um RH inovador;
  • Listar quais os benefícios de um RH inovador para a empresa;
  • Apresentar alguns exemplos estratégicos e inovadores para o seu RH.

Quer fazer a diferença no mercado e ficar à frente dos seus concorrentes? Siga em frente neste artigo e mude hoje a rotina deste setor tão importante para a empresa.

O que é um RH inovador?

Falar sobre inovação se tornou algo rotineiro no mercado. Com a evolução tecnológica, a inovação passou de opcional para obrigatória. Afinal, quem não inova acaba abrindo mão de competir de igual para igual com seus concorrentes.

Quando se fala de RH inovador podemos descrevê-lo como aquele que tem a capacidade para se abrir a novas ideias, planos e estratégias. Mas não é só isso, o RH inovador é aquele que aceita a mudança como algo bom.

Outro diferencial do RH inovador é sua capacidade de humanizar o setor. Isso quer dizer essa área passa a trabalhar incessantemente para que o colaborador alie trabalho e qualidade de vida.

Por isso, aplica ações no sentido de melhoria do clima organizacional e bem-estar profissional, para que esse cenário gere uma liberdade criativa que potencialize a produtividade da equipe.

RH tradicional x RH inovador: quais as diferenças?

Quando se fala de RH inovador podemos diferenciá-lo do RH tradicional nos seguintes pontos: 

  • RH tradicional:
  • prefere se manter onde está do que se arriscar com melhorias 
  • mais burocracia;
  • foco nos sistemas hierárquicos;
  • inflexível nos modelos de trabalho;
  • chefe é quem manda;
  • medo de novas tecnologias que alterem a rotina da empresa;
  • prioriza apenas o lado profissional.
  • RH inovador:
  • capacidade para se abrir a novas ideias; planos e estratégias; 
  • menos burocracia; 
  • gestão humanizada;
  • flexibilidade de horário, local de trabalho e aceita bem o home office; 
  • os colaboradores têm voz nas decisões da empresa;
  • automatização é uma das prioridades;
  • tenta aliar a vida pessoal e profissional dos colaboradores.

Quais os benefícios da inovação?

Um RH inovador pode trazer diversos benefícios à empresa, desde a um estímulo à criatividade a potencialização de resultados em função de um engajamento profissional maior dos colaboradores.

Conheça algumas das principais vantagens de se adotar um RH inovador na empresa.

Aumento da produtividade

A produtividade está sempre ligada a processos e fluxos de trabalho efetivos. Porém, quando o trabalho vem dando sinais de que algo está errado e os resultados não aparecem são necessárias mudanças.

Com um RH inovador as mudanças ocorrem com maior facilidade. Já que elas são aceitáveis e vistas com bons olhos.

Ajustar um fluxo de trabalho ou alterar um processo pode ser necessário para que a produtividade seja elevada e os resultados satisfatórios. E isso só se torna possível com um RH inovador, que aceita se reinventar em busca do sucesso.   

Confira nosso artigo “10 Dicas de Ouro para aumentar a produtividade em sua empresa” e saiba o porquê esse tema é de sua importância para o futuro da companhia.

Ideias fora da caixa

Um RH inovador permite que os profissionais pensem fora da caixa, afinal, instigar os colaboradores a praticarem a criatividade diariamente faz parte da inovação.

Com isso, é a empresa que sai ganhando, pois, problemas considerados “impossíveis” acabam virando desafios para as equipes e com criatividade, por meio de um RH inovador, que estimula os profissionais a pensarem diferente.

Elevação do engajamento

Um RH inovador enxerga o colaborador além do lado profissional e se preocupa também com seu bem-estar pessoal. Por isso, se vê o tempo todo buscando ações para que haja um balanço entre a vida dentro e fora do trabalho dos seus colaboradores.

A grande questão é que assim os profissionais se sentem mais engajados com a empresa. Uma vez que eles reconhecem a preocupação e os esforços da companhia com eles e acabam se comprometendo e produzindo mais, em outras palavras eles vestem a camisa da empresa.

Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e Sebrae revelou que sucesso profissional é um reflexo do equilíbrio entre vida pessoal e o trabalho para mais de 39% dos profissionais.

Crescimento da interação entre as equipes

Outra vantagem que parte de um RH inovador é o aumento da interação entre as equipes. Com uma abertura maior a criatividade e uma aceitação elevada a novas ideias dos colaboradores o trabalho em conjunto é facilitado.

Esse estímulo à criatividade, para um trabalho inovador, traz como consequência o compartilhamento de ideias em reuniões, brainstorms e debates. No fim todos acabam tendo voz nas tomadas de decisão. Favorecendo assim o diálogo e o trabalho em equipe.

Aumento da competitividade

Uma das consequências do RH inovador é o aumento da competitividade da empresa. Posto que a inovação coloca as companhias em outro nível para bater seus concorrentes.

Pensar de maneira diferente no mercado facilita uma aproximação maior com seus potenciais talentos e até mesmo clientes. Pois, a divulgação e exposição da marca se tornam mais efetivas.

É aquele famoso diferencial inovador que uma empresa tem para outra, aquele detalhe que faz com que um talento decida trabalhar em uma empresa e não em outra.

Isso só é possível quando há um RH inovador, que consegue analisar seus concorrentes e pensa além do que eles oferecem.

Estratégias inovadoras: quais as melhores opções?

Uma Pesquisa de Inovação da Accenture 2015 mostrou que 84% dos executivos nos EUA acreditam que o sucesso da sua empresa depende da inovação.

Por isso, para possuir um RH inovador, que faz parte desse processo de inovação na empresa, selecionamos alguns exemplos de estratégias inovadoras que podem ajudar.

Recrutamento digital

A transformação digital, por parte de um RH inovador, fez com que os processos de recrutamento também sofressem mudanças.

Se antes a necessidade do olho no olho e a presença física eram cruciais, atualmente os encontros presenciais deram lugar as entrevistas on-line.

O Skype, WhatsApp e Zoom se tornaram ferramentas que fazem parte desse RH inovador no recrutamento.

O processo de recrutamento digital preza pela rapidez, gera economia, pois não há necessidade de delimitar um lugar específico para receber o candidato, ninguém precisa se deslocar e o processo de seleção pode contemplar um número maior de candidatos.

Mas antes, a própria seleção de currículos é feita on-line por meio de sites, redes sociais e plataformas que trabalham minuciosamente para que a empresa encontre o candidato perfeito.

Seja cruzando dados ou identificando os perfis certos, automaticamente, com base em determinações prévias ou formulários criados pela própria empresa.

Onboarding tecnológico

Um RH inovador necessariamente precisa inovar não só em seus recrutamentos, mas dar a devida atenção ao onboarding de funcionários. Ele nada mais é do que processo de integração dos novos colaboradores.

Quando ele cai na rotina os novos contratados podem se sentir um peixe fora d´água e a chance do turnover é muito grande. Um RH inovador se utiliza de tecnologia para que esse processo seja gerenciado da maneira correta.

Inúmeros softwares e aplicativos, como o BambooHR e ClearCompany, permitem que a empresa dê as boas vindas da forma correta.

Organizando não só as documentações do novo contratado, mas repassando a política da empresa da forma correta, integrando ele com ações específicas e planejando treinamentos.

A empresa de tecnologia de RH, BambooHR, apontou em pesquisa recente que 76% das pessoas acredita que a formação é o fator principal para um novo contratado.

Ou seja, investir para que se tenha eficiência não só na escolha, mas na recepção do funcionário é fundamental para que o RH inovador reduza as chances de rotatividade. 

Nesse caso, precisa haver um alinhamento entre os processos de integração e o RH inovador, que repassa as burocracias a tecnologia para planejar estrategicamente essa recepção ao novo funcionário.

Treinamentos on-line

Já que falamos que o processo de integração é tão importante para que não haja tanta rotatividade na empresa, não podemos nos esquecer dos treinamentos.

Quando um profissional é constantemente preparado para os desafios do mercado eles tendem a enfrentar os problemas de maneira diferente e suas habilidades são potencializadas.

No RH inovador, o desenvolvimento profissional é uma das grandes prioridades. E com a facilidade do ensino a distância, os treinamentos on-line aparecem como uma boa estratégia de inovação.

Programas de bem-estar

Um RH inovador, como citamos anteriormente, trata os funcionários de forma diferente. Isso porque há uma humanização no tratamento, com os colaboradores e estratégias para que o bem-estar seja uma das prioridades.

Neste sentido muitas empresas têm investido em programas de bem-estar para os colaboradores que vão desde a criação de sala de leitura, sala de descanso na própria empresa, ginástica laboral e quick massage.

Um estudo da Maxis Global Benefits Network revelou que um ambiente de cultura positiva, propício ao bem-estar, aumentou em 682% a receita, considerando um período de 11 anos.

Cultura de home office

O home office se tornou uma tendência nas empresas inovadoras. Mesmo antes da pandemia de COVID-19 muitas companhias adotaram esse modelo de trabalho em suas rotinas por meio de um RH inovador.

Essa era uma resposta ao desejo de muitos profissionais em ter maior flexibilidade no trabalho. Não à toa, em um cenário pós-pandemia, 86% dos profissionais afirmam que gostariam de continuar trabalhando em home office, apontou uma pesquisa da Robert Half.

Outra pesquisa, da Fundação Getúlio Vargas, revelou que a produtividade inclusive cresceu nos tempos de pandemia com o trabalho remoto.  Portanto, um RH inovador deve considerar como uma das suas estratégias principais a cultura de home office.

Investindo na nuvem

Um RH inovador sabe abrir mão das burocracias e é literalmente amigo da tecnologia. Esse RH inovador é mais estratégico e não tem medo de desburocratizar o setor.

Quando falamos de burocracia podemos considerar até mesmo a troca de um modelo de armazenamento físico para o digital. Aquele cenário de infinidade de papéis e documentos não têm vez no RH inovador.

Assim, uma das estratégias do RH inovador é apostar na tecnologia em nuvem. Seja no sentido de armazenamento de documentos como para agilizar os processos em acessos futuros.

Já que na nuvem tudo pode ser acessado de qualquer lugar e em poucos cliques, elevando a produtividade.

Treinamentos on-line

Já que falamos que o processo de integração é tão importante para que não haja tanta rotatividade na empresa, não podemos nos esquecer dos treinamentos.

Quando um profissional é constantemente preparado para os desafios do mercado eles tendem a enfrentar os problemas de maneira diferente e suas habilidades são potencializadas.

No RH inovador, o desenvolvimento profissional é uma das grandes prioridades. E com a facilidade do ensino a distância, os treinamentos on-line aparecem como uma boa estratégia de inovação.

Gamificação

Cerca de 40% da Fortune 1000, que lista as 1000 maiores empresas conforme a receita, se utilizam da gamificação na rotina empresarial.

O método mais comum é a soma de pontos, conforme determinados objetivos são alcançados, e que posteriormente podem ser trocados por alguma recompensa.

A ideia da gamificação, presente no RH inovador, é manter a produtividade, a motivação, o engajamento e a competitividade saudável em alta na empresa.

Afinal, os colaboradores sabem que alcançando seus objetivos poderão receber algo em troca seja em medalhas, brindes (canecas personalizadas, squeezes, chaveiros e etc.) e prêmios (viagens, ingressos de teatro, cinema, eletroeletrônicos).

RH e inovação precisam caminhar lado a lado

O RH inovador, hoje, faz parte de um cenário quase que obrigatório por parte das empresas que buscam se destacar no mercado.  

O escritor e especialista em gestão de negócios, Tom Peters, diz que “para a empresa excelente, a inovação é a única coisa permanente”. Isso quer dizer que para ser referência e obter bons resultados não é mais possível abdicar da inovação.

Então, um RH inovador é parte essencial para a motivação e o engajamento dos profissionais. Trabalhando muito mais com seu perfil estratégico do que burocrático.

 Dado que, o setor apegado à inovação humaniza a gestão e se compromete a unir forças com todos os profissionais envolvidos na empresa para obter bons resultados. Valorizando-os e reconhecendo a importância de cada um no processo organizacional.

 

Gostou do nosso artigo? Siga a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e tenha acesso aos melhores conteúdos de gestão e RH do mercado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.