Profissional de Departamento Pessoal: qual o perfil ideal?

A importância do profissional de departamento pessoal vem se tornando evidente a cada dia. É ele um dos grandes responsáveis pelo bom curso dos processos da empresa e pela manutenção de sua imagem no mercado. Contudo, você sabe quais são as características que fazem com que esse especialista tenha excelência em seu trabalho?

É a essa pergunta que este artigo veio responder. Citaremos os principais atributos que estão contidos no perfil do colaborador de departamento pessoal, explicitando as vantagens em possuir tais particularidades para a carreira corporativa. Ficou interessado? Então siga a leitura e confira!

 

Ter uma postura motivadora

Um bom profissional de departamento pessoal precisa apresentar uma postura motivadora para ser fonte de inspiração aos demais colaboradores da organização.

Ao se posicionar de forma positiva e proativa, o funcionário é capaz de conquistar confiança e credibilidade em suas ações, afinal, ele mostra gostar do que está fazendo e isso é fundamental para que a tarefa seja bem-feita.

 

Desenvolver habilidades de comunicação

Desenvolver habilidades de comunicação é indispensável a qualquer tipo de profissional, sobretudo ao de departamento pessoal. Isso porque é ele quem vai repassar as informações aos demais colaboradores e alinhá-las às normas da empresa, além de esclarecer as possíveis dúvidas que surgirem.

Como se não bastasse, esse indivíduo terá contato tanto com o público interno, quanto com o público externo da corporação, ou seja, será um porta-voz. Por isso, se ele não possuir inteligência emocional e capacidade de se comunicar de forma clara e cordial, pode passar uma imagem distorcida, atraindo a antipatia das pessoas e ampliando os conflitos.

 

Saber aplicar feedback

A boa aplicação do feedback é um diferencial do profissional de qualidade. Trata-se de um momento sempre um pouco tenso, afinal, apontar as possíveis falhas de um indivíduo não é uma tarefa simples e pode gerar mágoas e desentendimentos.

Uma dica interessante é aplicar sempre o feedback sanduíche, que se baseia em elogiar um ponto positivo da pessoa em questão, falar sobre um ponto de melhoria e, por fim, reforçar o ponto positivo e oferecer subsídios para que o colaborador possa não repetir o erro cometido.

Dessa forma, além de não gerar conflitos, o funcionário sente que está sendo amparado e não julgado, conseguindo perceber a correção como uma forma de gerar benefícios a ele e não constrangimentos.

É importante ressaltar que cada indivíduo está sofrendo com uma luta interna e que o afeto e a compreensão são maneiras muito sábias de conseguir conquistar as ações desejadas sem se colocar como autoritário.

 

Ser empático

Empatia é a arte de se colocar no lugar do outro. Um profissional de departamento pessoal costuma lidar com questões muito particulares dos indivíduos que compõem o quadro de funcionários e, por esse motivo, ser capaz de ter empatia é fundamental para o bom curso das relações.

Ao se colocar no lugar do outro, é possível ter mais tato para resolver os problemas sem se mostrar severo demais e também sem ser indulgente para com os deveres. Essa característica auxilia na tomada de decisões de forma sábia e sensata, sem prejudicar ninguém, compreendendo a realidade do outro e atuando da melhor forma para que todos fiquem satisfeitos.

 

Ter atenção nos detalhes

Ter atenção nos detalhes é mais uma das características que tornam o profissional de departamento pessoal um colaborador de qualidade.

Como ele é responsável por tarefas tão relevantes ao funcionamento da empresa, ter atenção é imprescindível para que erros não sejam cometidos e para que a excelência seja sempre uma marca do seu trabalho. Além disso, se atentar aos detalhes pode auxiliar na criação de inovações e ampliar a capacidade estratégica.

 

Saber trabalhar em equipe

A relação interpessoal é um grande desafio dentro das organizações, afinal, cada profissional está em um humor diferente, com uma visão diferente e nem sempre o consenso é possível.

Por isso, é importante saber trabalhar em equipe, tomando o devido cuidado para que as diferenças não sejam maiores que o engajamento dos colaboradores. Só assim é possível chegar num resultado comum e benéfico a todos.

É necessário desenvolver a paciência, a empatia, a capacidade de ouvir e até mesmo de abrir mão de uma ideia em nome do bom curso da tarefa. Saber reconhecer as próprias falhas é muito rico ao trabalho em grupo, pois, dessa forma, os demais colaboradores vão lhe depositar credibilidade e respeito.

 

Investir em autoconhecimento

O autoconhecimento é uma ferramenta muito interessante para desenvolver a inteligência emocional, a capacidade de lidar com imprevistos, o bom trato com as pessoas e, enfim, diversas outras qualidades.

Quando o profissional se conhece, é capaz de ter ciência de seus limites e de suas possibilidades. Dessa forma, torna-se mais fácil trabalhar com assertividade para a melhoria contínua, sem se perder em tentativas frustradas.

Além disso, o autoconhecimento auxilia a conhecer os outros indivíduos e a lidar com suas subjetividades de forma mais tolerante e compreensiva. Com isso, o profissional consegue manter sua equipe engajada e é capaz de conquistar o afeto e a parceria das pessoas que com ele atuam.

 

Renovar seus conhecimentos

É difícil crescer quando se está na zona de conforto, correto? Para não se tornar obsoleto no mercado, é primordial que o profissional esteja sempre reciclando suas habilidades e ampliando suas áreas de atuação. A melhoria contínua das habilidades é importantíssima para a ascensão de um indivíduo na empresa.

Essa característica precisa ser desenvolvida no departamento pessoal, afinal, é um setor que está em constante renovação, seja por mudança no quadro de funcionários, atualização nas leis, enfim, é uma área em constante movimento. Por isso, o colaborador precisa se atualizar tanto quanto para se mostrar competente.

Como vimos, um bom profissional de departamento pessoal precisa ser bem disciplinado no desenvolvimento de suas características positivas e na correção de seus pontos de melhoria. Possuir esses atributos é primordial para o crescimento do colaborador na organização e para o bom curso do departamento que depende desse indivíduo.

Gostou do nosso artigo? Leia também sobre os benefícios do sistema de RH em 5 pontos e amplie seus conhecimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *