problema de turnover na indústria de restaurantes

Como o problema de turnover na indústria de restaurantes impacta o desenvolvimento da empresa?

Há um problema de turnover na indústria de restaurantes, e ele se ramifica em uma série de obstáculos que devem ser analisados individualmente para estancar os prejuízos. No geral, a qualificação dos seus recursos humanos costuma ser o diferencial para minimizar as demissões. Trocar prejuízo por investimento.

 

Mesas vazias podem soar como o maior pesadelo de um estabelecimento gastronômico. Acontece que muitos desses problemas podem ocorrer não dentro da cozinha, especificamente, mas a partir de questões internas que influenciam diretamente na qualidade do serviço.

É por isso que, neste post, gostaríamos de alertar o seu RH para um problema em potencial e pouco alardeado no mercado: o problema de turnover na indústria de restaurantes.

Afinal de contas, o excesso de rotatividade prejudica qualquer empreendimento. Imagine, então, em um lugar que deve funcionar com a pontualidade de um relógio para encantar os consumidores?

Vamos conferir, a seguir, o quanto o problema de turnover na indústria de restaurantes pode estar batendo à porta do seu ambiente de trabalho?

 

Existe um problema de turnover na indústria de restaurantes?

A necessidade constante de recrutar e treinar indivíduos para as mesmas posições, várias vezes ao ano, é desafiadora, cara e com riscos potenciais para o moral do grupo.

É verdade que toda indústria enfrenta a rotatividade de funcionários. A National Restaurant Association relatou 61% de rotatividade de funcionários em toda a indústria de restaurantes, no ano de 2016. Esse número subiu para 73% em 2017.

Inclusive, as estatísticas mostram que a rotatividade de funcionários é duas vezes maior entre os funcionários da linha de frente do restaurante. Na indústria de fast-food, a taxa de rotatividade está próxima do índice de 150%.

>> A Xerpa criou um livro digital que aborda tudo sobre o turnover e quais as principais ações para reduzi-lo! Basta você clicar aqui e você irá acessá-lo agora mesmo ????

 

Empregados mais jovens, maior rotatividade

Devido à sua sazonalidade e ao alto volume de trabalho, a indústria de restaurantes atrai uma força de trabalho mais jovem, composta principalmente por millennials e os representantes da geração Z.

Ainda de acordo com os dados da National Restaurant Association, a indústria de restaurantes é o maior empregador de representantes da Geração Z. E isso, consequentemente, contribui para ser um problema de turnover na indústria de restaurantes.

Afinal de contas, muitos deles estão tendo as suas primeiras experiências profissionais. Em pouco tempo, já direcionam os seus objetivos para outras direções. Além disso, no geral, as prioridades dos profissionais nessa idade costuma ser a sua educação.

 

Insatisfação natural com o setor

O problema de turnover na indústria de restaurantes também afeta outros mercados. É o caso, por exemplo, do segmento de hotelaria. A área gastronômica do setor corresponde a um nível de exigência elevado, pressão contínua e uma insatisfação crônica com os baixos salários praticados.

Soma-se a isso a exigência por um nível de competência e habilidade elevado, aumentando a rotatividade motivada pela empresa e pelos próprios funcionários.

 

Qual é o problema com o turnover elevado?

No geral, uma demissão custa caro. A começar pelos encargos relativos à decisão, bem como aqueles necessários para uma nova contratação — casos de montar o processo seletivo, contratar, integrar e treinar e capacitar.

Sem falar que a produtividade é menor, com o desfalque daqueles que foram demitidos, e isso abala também a disposição dos outros colaboradores, que convivem constantemente com uma demanda maior em decorrência disso.

É assim que o setor deve buscar mais qualificações para os seus recursos humanos, focando também no seu desenvolvimento e na manutenção da qualidade de vida dos profissionais.

Com base nisso, é possível contornar o problema de turnover na indústria de restaurantes e, gradualmente, transformar esses prejuízos em investimentos para o desenvolvimento da sua marca!

 

E na sua empresa? Como anda a questão do turnover? Compartilhe os desafios e soluções aplicados internamente para expandirmos essa discussão. É só deixar o seu comentário, no campo abaixo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.