plano de motivação para funcionários

Plano de motivação para funcionários: 8 ações para implementar agora!

O RH possui desafios diários dentro de uma empresa. Sejam eles burocráticos ou não, um dos maiores, sem dúvida, é o de conseguir manter a motivação dos colaboradores em alta.

E não é segredo para ninguém que profissionais motivados tendem a render mais,  influenciando nos resultados da empresa. Sendo assim, a criação de um plano de motivação para funcionários se torna uma estratégia essencial para atrair e reter talentos.

Contudo, talento não é suficiente para a execução de um bom trabalho se o colaborador estiver desmotivado em sua função. A desmotivação compromete a produtividade e a capacidade do profissional desempenhar bem sua função.

Quer saber como motivar seus colaboradores? Neste artigo apresentaremos 8 ações de plano de motivação para funcionários para lhe ajudar neste desafio. Confira!

8 ações para motivar e engajar seu time

Motivar é uma arte. Empresas que conseguem criar um plano de motivação para funcionários têm um alto índice de competitividade e de resultados diante de outras empresas. Mas o que será que elas fazem para conseguir motivar seus colaboradores?

Separamos 8 opções para inspirar e motivar seus colaboradores dentro da empresa. Conheça abaixo!

1. Cultura de feedbacks

O feedback, sem dúvida, é um dos pontos críticos de um plano de motivação para funcionários. Empresas que oferecem feedbacks constantes têm mais chances de engajar os colaboradores e motivá-los para o trabalho.

Isso porque os gestores conseguem ter maior controle gerencial sobre a equipe. Delegando tarefas, corrigindo o que for necessário e definindo novas estratégias ao longo do processo.

Além disso, um feedback positivo sobre o trabalho pode ser uma forma de manter o moral dos colaboradores em alta. Já que a valorização profissional continua sendo fundamental em um plano de motivação para funcionários.

2. Estimular o trabalho em equipe

Não existe time de um homem só. Toda e qualquer empresa precisa de um trabalho em equipe minucioso para que os objetivos sejam alcançados. Quando o time trabalha bem e o ambiente é propício para isso, todos os profissionais têm seus talentos potencializados.

E esse também é um dos desafios dos gestores e do RH, que tem como função fomentar o bom relacionamento entre os profissionais. As empresas que instigam os colaboradores a trabalharem juntos, relevando a importância de cada um, tem mais chances de sucesso.

3. Demonstrar confiança no time

Confiança reflete em maior comprometimento dos colaboradores. Empresa que confia na equipe consegue elevar sua produtividade. E consequentemente aumentar o engajamento dos colaboradores com a empresa.

E como isso pode ser feito? Primeiramente o gestor precisa conhecer os profissionais que tem em mãos. Cada colaborador tem suas particularidades, habilidades e talentos e a forma como lidar com cada um é diferente.

O segredo é ser sempre ouvidos ao que eles têm a dizer, sem ignorar opiniões, sugestões e etc.

Quem se sente útil, fica mais confiante profissionalmente e tende a render mais. E tem mais, gestor que deixa a porta aberta para debater opções com o colaborador adquire maior poder para tornar a execução do trabalho mais rápida e eficaz.

4. Valorizar o colaborador

Dê valor a sua equipe e eles farão de tudo para lhe ajudar a conquistar os objetivos propostos. Todo profissional quer ser reconhecido. E dentro de um plano de motivação para funcionários o reconhecimento profissional é fundamental.

Saber reconhecer os pontos fortes e fracos de cada um e vibrar com as superações e conquistas é o papel do bom líder e gestor. Independente da sua posição de chefia, aquele gestor que valoriza mais o “nós” do que o “eu” é o que consegue motivar os colaboradores.

E esse tipo de reconhecimento profissional pode ser através de reuniões internas com apresentação de resultados, com feedbacks individuais ou até mesmo com benefícios financeiros para quem atingir a meta do mês.

5. Estabelecer metas alcançáveis

Traçar metas reais para os colaboradores precisa obrigatoriamente fazer parte do seu plano de motivação para funcionários. Quando há um plano exato, com começo, meio e fim os colaboradores se engajam mais.

Isso porque eles saberão qual o esforço necessário para alcançar os objetivos. Se o gestor deixa todos na mão, sem nenhum alvo claro, os colaboradores facilmente se desmotivam por não saberem para onde ir.

E outro objetivo para o plano de motivação para funcionário é mensurar metas reais.

Muitas empresas acham que criando metas praticamente impossíveis estão estimulando os profissionais a darem tudo de si, mas não é bem assim.

Quando o profissional percebe que o objetivo é impossível a tendência é que sua produtividade diminua e que o estresse aumente. Causando problemas de saúde e até aumentando o absenteísmo de funcionários.

6. Oferecer capacitação profissional

Capacitar seus profissionais constantemente é um grande diferencial diante de um mercado tão feroz e competitivo.

E essas capacitações, sejam elas internas ou externas, não oferecem apenas benefícios e motivação aos colaboradores, mas também possibilita maiores resultados a empresa.

Esse investimento no profissional aumenta seu engajamento, pois ele se sentirá mais importante para a empresa e valorizado profissionalmente. E nesse caso aumentam as possibilidades da organização atrair e reter mais talentos no mercado.

Ou seja, ao executar um plano de motivação para funcionários, a capacitação profissional pode funcionar como uma boa arma estratégica. Deixando a equipe feliz e engajada com a empresa.

7. Escolha o cargo certo para a pessoa certa

O cargo certo para a pessoa certa. Toda empresa está em busca de adequar seus profissionais para executar as tarefas em que eles se dão melhor. Ninguém se motiva ao estar trabalhando com o que não gosta, ou pior, com o que não sabe fazer.

É como se um jogador de futebol fosse escalado de um dia para o outro para atuar em uma equipe de basquete. Ou um arquiteto ser chamado para um plantão médico.

Nada disso faria sentido e, dentro da empresa, você pode estar desprezando um talento quando não o coloca na função certa. Reprimindo suas habilidades e retendo o crescimento da empresa.

Por isso, é fundamental não só acertar no processo admissional, com o perfil que você precisa, mas identificar e conhecer o seu colaborador a fundo, cada dia mais. Um plano de motivação para funcionários depende também em designar o profissional certo para o trabalho certo.

8. Gamificação das tarefas

A gamificação nada mais é do que uma ferramenta estratégica que tem como objetivo criar estímulos aos colaboradores que ao final lhe rendam algum tipo de recompensa.

É como em um videogame onde você precisa passar uma fase ou desafiar um chefão para ganhar um troféu ou subir no ranking. No mundo corporativo esse conceito pode ser implantado na execução de tarefas e conquista de resultados.

E as consequências da gamificação em um plano de motivação para funcionários vem em formato de engajamento, retenção de talentos e aumento da produtividade.

Oferecer algum tipo de benefício como participação nos lucros, dias de folga, jantares e viagens, em decorrência de algum objetivo alcançado, faz parte da chamada gamificação.

Esse estímulo tende a aumentar o desafio, a boa competitividade e também o trabalho em equipe. Para isso o RH precisa traçar uma ideia, estabelecer uma meta e apresentar o chamado “prêmio final”. Uma estratégia que pode render bons resultados.

O desafio diário da motivação

Motivação é o primeiro passo para que tudo saia bem em um negócio. Ainda mais em um mercado empresarial onde se exige quase que o tempo inteiro a conquista por resultados extremamente satisfatórios.

O grande desafio de criar um plano de motivação para os funcionários precisa ser levado a sério por gestores e líderes de uma forma geral. Ter a capacidade de motivar e engajar os colaboradores é o que diferencia uma empresa da outra no mercado atual.

A arte de motivar funcionários não é tarefa fácil. Entretanto, quem a encontra está a um passo do sucesso.

Para isso, é necessário que a empresa conheça sua equipe, o que lhe agrada e o que pode fazê-la feliz. Já que assim é possível criar estratégias viáveis e possíveis dentro de um plano de motivação para funcionários.

Lembrando que colaborador feliz não só rende mais, mas fica menos doente e tem mais chance de permanecer na empresa. Já para a empresa a consequência da motivação traz a redução do turnover, do absenteísmo e um alto índice de produtividade.

Siga a Xerpa no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e não perca nenhum dos nossos conteúdos sobre RH e gestão.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.