Planejamento estratégico de gestão de pessoas: o que é e como fazer?

planejamento estratégico de gestão de pessoas

Todas as empresas querem melhorar as suas operações e obterem lucros maiores. Para que alcancem esses objetivos, é indispensável manter uma performance de alto nível, o que só é possível com o planejamento estratégico de gestão de pessoas.

Por meio desse método, a organização consegue aproveitar o seu capital humano da melhor maneira possível. Desta forma, ela consegue aumentar a competitividade e se destacar perante os consumidores, acionistas e concorrência.

Vamos explicar neste post o que é o planejamento estratégico de gestão de pessoas e como ele funciona. Acompanhe!

 

O que é planejamento estratégico de gestão de pessoas?

Podemos definir o planejamento estratégico como uma preparação seguindo métodos pré-determinados, em prol de um objetivo. Isso significa que há a identificação de um problema e das ações que podem ser implementadas para solucioná-lo.

Dentro dos Recursos Humanos, o planejamento estratégico passou a ocupar um espaço maior com a digitalização de informações e uso constante da tecnologia.

Trata-se de uma ferramenta importante e de uma nova atuação de departamento, que agora atua como braço direito na tomada de decisões da diretoria.

O planejamento estratégico de gestão de pessoas procura reconhecer e entender o capital humano, para que suas capacidades sejam aproveitadas para o alcance das metas corporativas.

Por meio do planejamento estratégico na gestão de talentos, é possível entender:

  • as competências de cada profissional;
  • as lacunas que a corporação precisa preencher;
  • como essas habilidades serão desenvolvidas;
  • quais treinamentos é preciso promover;
  • os remanejamentos necessários;
  • a demanda por novas contratações ou demissões;
  • processos seletivos direcionados;
  • o impacto da produtividade no alcance de metas e como melhorar essa relação.

 

Como fazer o planejamento estratégico no RH da sua empresa?

Para instituir um plano voltado ao alcance de metas dentro da administração de talentos da sua organização, você pode seguir alguns passos:

 

1. Motive seus funcionários

A base do desenvolvimento de um planejamento estratégico é trabalhar a motivação dos funcionários. Muitos empregadores acreditam que um bom salário e um pacote de benefícios acima do que é oferecido pelo mercado são fatores que garantem por si só a permanência dos trabalhadores.

Mas saiba que bons profissionais sempre recebem propostas interessantes! E, se você pensa que o reconhecimento financeiro é o suficiente, corre o risco de perder os melhores talentos da empresa.

Um dos fatores que influenciam nessa motivação é o comportamento do líder. É importante que a equipe conte com gestores abertos ao diálogo, que exercem uma liderança próxima e estejam dispostos a entender as necessidades e capacidades da sua equipe.

Um bom local de trabalho, que valoriza os profissionais e que procura oferecer boas condições, tanto no mobiliário (cadeiras ergonômicas, mesas na altura correta. entre outros), como nas relações entre funcionário e empresa, tem mais chances de reter os melhores talentos.

 

2. Cuide da comunicação

Uma boa cultura organizacional valoriza a comunicação como fator de engajamento e de aumento da produtividade.

O diálogo entre empresa e funcionários deve ser claro e objetivo. Os colaboradores também precisam de espaço para expor suas dúvidas e sugestões, participando ativamente da corporação.

Esse diálogo estimula a melhora das duas partes envolvidas. Além disso, promove um ambiente mais agradável, no qual as pessoas se sintam mais à vontade e não temerosas.

Uma boa maneira de estimular essa comunicação é implantar canais internos de comunicação. A liderança também deve estar próxima da equipe para absorver essas ideias.

A comunicação desperta o sentimento de pertencimento dos funcionários, que compreendem que são parte importante da empresa e têm uma motivação muito maior.

 

3. Estimule a visão do todo

Um trabalho grande é comumente dividido em pequenos projetos, desenvolvidos por diferentes equipes. No padrão usado frequentemente, esses times permanecem focados apenas nas tarefas, sem ter uma visão global do trabalho.

Ao proporcionar uma visão completa do que é realizado na empresa e permitir que os funcionários entendam o propósito das suas tarefas, a fluidez nos processos aumenta, assim como a colaboração entre as equipes.

Também é possível desenvolver um trabalho multidisciplinar, no qual os colaboradores possam mudar entre equipes e consigam desenvolver outras competências.

Assim, eles se tornam profissionais muito mais completos e auxiliam a gestão quando a empresa precisar de determinadas habilidades.

 

4. Desenvolvimento profissional

A realização das avaliações de desempenho é vital para a gestão estratégica de pessoas.

Por meio dessa prática, a empresa consegue direcionar melhor as demandas e formar times que favoreçam a produtividade de acordo com o projeto.

Além disso, os gestores têm uma visão completa do quadro de funcionários, compreendendo o que eles podem oferecer e quais pontos devem ser melhor trabalhados.

Com essa prática, é possível maximizar os resultados e favorecer o desenvolvimento profissional. Isso contribui com a melhoria dos índices de retenção e da motivação individual.

Apenas com as avaliações constantes e feedbacks, a empresa consegue cobrir as lacunas e aproveitar esse conjunto de capacitações em prol do alcance dos objetivos.

 

5. Invista em treinamentos

O último passo de um planejamento estratégico de pessoas está nos treinamentos proporcionados pela empresa.

Ao identificar quais são as lacunas de competências, a empresa pode propor treinamentos (internos ou externos) capazes de prover essas habilidades.

Os investimentos da empresa nesse sentido podem ser feitos em várias frentes:

  • preparação de cursos in company;
  • contratação de profissionais mais capacitados que possam repassar o seu conhecimento;
  • custeio de cursos de extensão em instituições reconhecidas, entre outros.

 

Seguindo esses 5 passos você vai conseguir instituir um planejamento estratégico de gestão de pessoas eficiente, que vai trazer bons resultados e estimular o crescimento da organização.

Se você tem alguma dificuldade no gerenciamento de talentos na sua empresa, deixe um comentário no post. A troca de ideias pode ajudar a solucionar alguns problemas pontuais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *