Inscreva-se

Como fazer pesquisa de satisfação de funcionários?
Cultura da Empresa

Como fazer pesquisa de satisfação de funcionários?

Manter a equipe motivada e comprometida é um dos maiores desafios do setor de RH.

Para cumprir esse objetivo, é preciso atender a diversas necessidades dos colaboradores, que vão desde um salário justo a um ambiente agradável.

Mas como saber se o time está feliz com o que a empresa oferece? A maneira mais efetiva é fazer uma pesquisa de satisfação de funcionários.

Essa iniciativa é de extrema importância para identificar os principais erros e acertos da gestão de pessoas, a fim de fazer ajustes no planejamento e obter melhores resultados.

Pensando nisso, explicamos neste artigo tudo o que você precisa saber para elaborar uma boa pesquisa de satisfação de funcionários. Quer saber mais? Continue conosco!

 

O que é a pesquisa de satisfação de funcionários?

Pesquisa de satisfação de funcionários é um questionário que avalia como os colaboradores se sentem em relação ao ambiente de trabalho. São abordados temas como oportunidades de crescimento, valores da empresa, atuação dos líderes e outros assuntos que impactam a motivação dos profissionais.

O principal objetivo é colher dados para medir a qualidade do clima organizacional e identificar problemas na rotina da empresa.

A partir dos resultados, é possível descobrir conflitos que não estavam evidentes e implementar medidas para melhorar processos e relacionamentos.

Garantir a satisfação dos colaboradores traz diversos benefícios para o negócio. Colaboradores felizes trabalham com mais foco, o que gera ótimos ganhos em termos de produtividade e inovação.

Outra vantagem é a queda da rotatividade, já que funcionários engajados tendem a permanecer na empresa por muito mais tempo.

 

Quando aplicar uma pesquisa da satisfação de funcionários?

A pesquisa de satisfação de funcionários deve fazer parte do planejamento estratégico de qualquer empresa, sendo aplicada ao menos uma vez por ano.

Porém, se forem identificados conflitos ou problemas mais graves, é preciso ficar alerta e rever a periodicidade.

Em certas situações, é primordial aplicar uma pesquisa de satisfação de funcionários imediata.

Alguns problemas são altamente nocivos para o negócio, por isso não podem esperar muito tempo para serem solucionados. Veja a seguir alguns desses cenários.

 

Aumento de faltas, atrasos e afastamentos

O aumento no número de faltas e atrasos entre os funcionários indica que algo não vai bem no clima organizacional.

O mesmo vale para afastamentos. Quando o colaborador está desmotivado, qualquer desculpa vira motivo para ficar em casa ou deixar de cumprir horários.

 

Retrabalho e falhas constantes

Funcionários insatisfeitos se tornam mais desatentos na execução de suas tarefas. Isso contribui para o aumento de erros e necessidade de retrabalho, o que causa enormes prejuízos para o negócio.

 

Aumento das reclamações dos clientes

Manter colaboradores desmotivados na linha de frente é muito perigoso.

Eles podem descontar suas frustrações nos clientes, que sofrem com sua falta de paciência e comprometimento.

Além de minar os resultados, esse problema também prejudica a reputação da organização a longo prazo.

 

Aumento dos pedidos de demissão

Ter um grande número de funcionários pedindo demissão nunca é um bom sinal. É preciso identificar com urgência as razões dessas saídas.

Mau relacionamento com chefes e colegas, carga de trabalho excessiva e salários abaixo do mercado estão entre os motivos mais comuns para desligamentos voluntários.

 

Clima pesado no dia a dia

Fofocas de corredor e conflitos em excesso indicam que o clima interno não é dos melhores. Quando os relacionamentos na equipe não vão bem, é preciso tomar atitudes para melhorar o ambiente.

A pesquisa de satisfação de funcionários vai ajudar a encontrar a origem da insatisfação dos colaboradores em todas essas situações, além de mensurar o problema de forma mais concreta.

Isso é essencial para exterminar todas as questões negativas de maneira definitiva.

Por exemplo: se muitos membros de uma equipe saíram da empresa por causa do relacionamento com o gestor, é necessário melhorar o comportamento desse líder.

Um treinamento ou mesmo uma conversa séria podem ajudar. Em último caso, talvez seja necessário substituir o profissional para que ele não prejudique ainda mais a organização.

Construa um ótimo clima organizacional! Confira este e-Book:


Como elaborar uma pesquisa de satisfação de funcionários adequada?

Para que a pesquisa de satisfação de funcionários tenha sucesso, é importante seguir alguns passos básicos. Confira abaixo as melhores práticas para montar um questionário efetivo.

 

Comunique os funcionários

Transparência no processo é fundamental. Faça uma reunião com os colaboradores para comunicá-los sobre a pesquisa e seus objetivos.

Exponha as datas de início e fim da aplicação do questionário, além de dar detalhes sobre o método de avaliação e divulgação dos resultados.

Essa é uma excelente chance para explicar à equipe a importância da participação de todos, já que as melhorias futuras dependem da qualidade das respostas.

 

Garanta a privacidade dos participantes

Garantir a confidencialidade das respostas é essencial para o sucesso da pesquisa de satisfação de funcionários.

Todos os membros da equipe precisam se sentir seguros para dar suas verdadeiras opiniões, sem medo de eventuais retaliações. Do contrário, a iniciativa não surtirá efeito algum.

 

Escolha o método adequado

Um dos passos mais importantes na elaboração da pesquisa de satisfação de funcionários é a escolha do método de avaliação das respostas, do tratamento estatístico e dos instrumentos de avaliação.

Nesse tipo de questionário, o caminho mais indicado é elaborar perguntas claras e objetivas, que permitam poucas possibilidades de respostas (sim, não e talvez, por exemplo).

Para que a pesquisa cumpra seu propósito, deve buscar dados que sirvam como base para a aplicação de melhorias no futuro.

 

Elabore questões úteis

Tão importante quanto o método de avaliação é a qualidade das perguntas feitas no questionário.

Antes de tudo, defina o foco da pesquisa: se houver problemas específicos no ambiente de trabalho, aborde-os de maneira mais intensa.

Tenha o cuidado de elaborar perguntas alinhadas às necessidades do negócio.

Em geral, as questões devem abordar a qualidade da gerência, benefícios, estrutura da empresa e ambiente de trabalho. Alguns exemplos são:

  • Você se identifica com os objetivos da empresa?
  • Enxerga oportunidade de crescimento profissional?
  • As orientações sobre suas tarefas são claras?
  • Você está satisfeito com sua remuneração?

Além das perguntas objetivas, uma boa dica é deixar um espaço no final da pesquisa de satisfação para que os colaboradores façam comentários e sugestões para melhorar o dia a dia da empresa.

Dessa forma, é possível obter informações relevantes fora da estrutura padrão.

 

Divulgue os resultados e implemente mudanças

Ao divulgar os resultados da pesquisa de satisfação de funcionários, apresente aos colaboradores um plano para solucionar os problemas identificados.

Assim, todos os que responderam o questionário saberão que suas opiniões realmente foram levadas em conta.

Para transformar as sugestões em realidade, faça um levantamento das principais medidas necessárias para transformar o ambiente e estabeleça prioridades, sempre respeitando a realidade financeira do negócio. Os resultados certamente farão o investimento valer a pena.

 

Agora que você já sabe como fazer uma pesquisa de satisfação de funcionários, ficou mais fácil implementar a prática na sua empresa!

O capital humano é o principal ativo de qualquer organização, por isso é essencial se preocupar com a qualidade de vida dos profissionais.

Dessa forma, é possível garantir um alto nível de produtividade e retenção de talentos.

 

Gostou do artigo? Não se esqueça de assinar a nossa newsletter. Assim, você receberá diretamente no seu e-mail nossos melhores conteúdos sobre gestão de pessoas!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *