pesquisa de integração de novos funcionários

Como fazer pesquisa de integração de novos funcionários?

O processo de onboarding é uma estratégia de alto valor para a organização. Por meio dele, os seus profissionais são rapidamente familiarizados com toda a estrutura e fluxo da empresa. Para tanto, é importante fazer uma pesquisa de integração de novos funcionários para aprender como tornar esse procedimento cada vez mais eficiente.

 

O onboarding é um processo fundamental para as empresas integrarem rapidamente as pessoas recém-contratadas, para que elas rendem ao máximo desde o primeiro dia de trabalho. 

Acontece que é ainda mais importante entender, na prática, se todas as ações desse procedimento estão sendo bem recebidas e absorvidas por quem participa delas. E é aí que o feedback se faz necessário por meio de uma boa pesquisa de integração de novos funcionários.

Neste post, então, vamos mostrar para você não apenas a importância em ter essa ferramenta de avaliação, mas o caminho mais eficiente para elaborar a sua. Confira, e aprenda conosco como montar a sua pesquisa de integração de novos funcionários!

O que é o onboarding?

Um dos termos mais comuns no dicionário de RH, o onboarding é um método eficiente para garantir que os novos colaboradores vão ter, desde o primeiro dia de trabalho, uma experiência próxima da empresa.

Ou seja: com mais familiaridade, identificação e assertividade na relação de trabalho. Isso reduz aquele tempo ocioso, improdutivo e até mesmo de desmotivação, característico de quem sente-se à parte de tudo o que já está acontecendo na empresa.

Nesse processo, então, a ideia é fazer com que o onboarding apresente não só a empresa e o dia a dia do novo colaborador, mas o momento em que ela está inserida, quais são os seus objetivos, ambições e o que é esperado dos profissionais.

 

Qual é a importância disso?

Com o tempo, o onboarding cria um laço imediato com os novos profissionais. Ao apresentar a sua identidade e cultura organizacional, o colaborador entende rapidamente como as coisas funcionam, ali, e como o seu perfil pode ser providencial para o crescimento de ambos — ele e a empresa.

E é dessa maneira que o onboarding se faz tão relevante: a sua aplicação garante que os profissionais engajem mais com a organização desde cedo, melhorando o nível de retenção de talentos.

Para saber um pouco mais sobre isso, dê uma conferida, após esta leitura, em nosso checklist feito especialmente para a integração de novos funcionários!

Com esse trabalho de qualidade, portanto, é possível reduzir também o índice de turnover, já que os seus recrutadores vão ter mais benefícios em investir nos perfis mais alinhados aos valores da própria empresa. Um investimento fácil de ser feito, portanto, e com grandes retornos.

Até por isso, a pesquisa de integração de novos funcionários se faz tão necessária. Após realizado o procedimento, é importante ter o retorno dessa pessoa e compreender o que pode ser melhorado — e o que tem funcionado — dentro de toda a estratégia de onboarding.

O que é e como fazer a pesquisa de integração de novos funcionários?

Como sugere o próprio nome, a pesquisa de integração de novos funcionários começa assim que o processo de onboarding chega ao fim. 

Por meio de perguntas específicas e direcionadas ao assunto, a ideia é fazer com que o onboarding se torne um processo mais otimizado, eficiente e que seja 100% absorvido pelos novos colaboradores.

Afinal de contas, quem melhor do que eles mesmos para apontarem o que fez sentido e o que pode ser melhorado em todo o procedimento?

Sendo assim, tenha em mente algumas perguntas que consideramos essenciais para uma boa pesquisa de integração de novos funcionários. São elas:

  • todas as informações recebidas durante o onboarding serviram para você sentir-se preparado para o trabalho?
  • Sentiu falta de algo, ao longo de todo o processo?
  • Alguma informação ou procedimento que você descartaria, com base em sua experiência?

Tais perguntas, que podem ser feitas em uma entrevista ou mesmo enviadas por e-mail, contribuem para a lapidação contínua do onboarding. 

No entanto, vale lembrar que cada empresa tem as suas particularidades. Assim, você pode identificar outras perguntas questões que fazem mais sentido para obter o retorno dos profissionais e, assim, melhorar o seu processo de maneira inteiramente personalizada.

Quais são as melhores práticas para montar um bom processo de integração?

Para ajudar, de maneira que a sua pesquisa de integração de novos funcionários seja um sucesso constante, também reunimos algumas dicas interessantes para melhorar o seu onboarding.

Confira, e inspire-se em nossas dicas para que os novos funcionários sintam-se em casa rapidamente!

 

Faça uso da história da empresa

Quer gerar identificação com alguém? Explique a sua origem, crie empatia e familiaridade com o que a própria pessoa vive ou já viveu. Ao mostrar quem é a empresa, o novo funcionário também pode entendê-la melhor, e rapidamente.

É uma boa hora, então, para explicar não apenas o seu passado, mas o presente e futuro. Apresente onde a sua empresa quer estar, e misture isso com as expectativas do cargo em questão que esse profissional acabou de ocupar.

 

Reforce a sua missão, cultura e valores

Outro ponto necessário é a apresentação dos pilares institucionais da organização, e o reforço de que essas características são implementadas em todas as ações da empresa.

Por exemplo: na maneira de interagir com o consumidor, no planejamento de estratégias e até na postura e posicionamento ante a uma série de questões. Perceba aqui, o quanto isso é relevante desde o processo de contratação.

Se a pessoa contratada não se identifica com nada com o que a empresa está mostrando que é, como essa relação daria certo? É por isso que é tão importante o onboarding e, consequentemente, a pesquisa de integração de novos funcionários para certificar-se de expectativas e realizações estão alinhadas.

 

Apresente a empresa

Mostre ou demonstre o líder imediato, os colegas de equipe e as áreas associadas. Apresentar um profissional para toda a empresa é uma maneira importante de “quebrar o gelo” e fazer com que todos se sintam mais à vontade desde o princípio.

 

Sempre tire as dúvidas

Por fim, vale a pena dedicar um tempo, antes de finalizar o onboarding, para que o profissional tire qualquer dúvida que tenha a respeito de qualquer coisa relacionada à empresa.

Dessa maneira, fica mais fácil eliminar imprevistos ou mesmo diagnosticar situações e questões que podem figurar, posteriormente, nas próximas elaborações de sua pesquisa de integração de novos funcionários. 

 

Agora, caso você tenha ainda alguma dúvida a respeito, você pode deixá-la registrada no campo de comentários, logo abaixo (e responderemos prontamente para você) e também saber um pouco mais a respeito desse procedimento lendo outro artigo nosso, que explica detalhadamente tudo o que você precisa saber a respeito do onboarding!

 

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.