perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo

13 perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo

Um bom líder não tem todas as respostas. No lugar, ele é uma pessoa aberta ao conhecimento.

Daí, a importância em saber quais são as principais perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo. Às vezes, a resolução está dentro de si próprio. Outras, no conhecimento e experiência dos colegas e subordinados.

O importante, então, é reconhecer que o crescimento pessoal e profissional pode vir a partir dessas questões frequentemente ponderadas no dia a dia. E, antes de seguirmos a leitura do artigo, veja só quais são as perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo e que vamos responder nos tópicos abaixo:

  1. Eu trabalhei na direção dos meus objetivos hoje?
  2. Quais hábitos abandonar?
  3. O que me motiva?
  4. O que aprendi hoje?
  5. Você teve gratidão por algo hoje?
  6. O que posso fazer nos próximos minutos?
  7. Como solucionar determinadas situações?
  8. Em quem me inspirei ultimamente?
  9. Quais são os meus pontos de melhoria?
  10. Eu passo tempo suficiente com a minha equipe?
  11. Quem vai me suceder?
  12. Eu valorizo as qualidades certas?
  13. Estou saindo da minha zona de conforto?

Boa leitura!

1. Eu trabalhei na direção dos meus objetivos hoje?

A primeira das perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo tem a ver com o seu grande objetivo: no final do dia, o que você fez aproximou-se, de alguma forma, das suas metas?

Essa reflexão é importante porque direciona melhor todos os seus comportamentos e decisões a esse propósito — seja direta ou indiretamente. Do contrário, sua liderança vai transcorrer desgovernada, já que nada do que é dito ou feito condiz com o que você busca para si e também para a sua equipe.

2. Quais hábitos abandonar?

Você grita com os funcionários? Não oferece feedbacks e, tampouco, direcionamentos para um bom trabalho? Sua liderança é distante ou colaborativa? 

Veja quais de suas atitudes não condizem com uma evolução do seu trabalho, e exclua-as de sua rotina. Líderes são, cada vez mais, participativos e orientadores. Verifique o quanto de seus esforços estão sendo dedicados às melhores práticas, e esforce-se em inseri-las cada vez mais no dia a dia da empresa.

3. O que me motiva?

Esta é uma das principais perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo: qual é a sua motivação?

Afinal de contas, é por meio dela que você planeja, executa e integra todas as suas ações em prol de um objetivo — seja ele maior ou menor, mas na direção das suas principais ambições.

Quando você acorda sabendo qual é a sua motivação no trabalho — e na sua vida particular —, fica mais fácil despertar, enfrentar as adversidades e construir novos projetos, envolvendo e inspirando os outros.

4. O que aprendi hoje?

O dia chegou ao fim, mas vale a pena inserir mais uma atividade antes de dá-lo por encerrado: reavalie o que aconteceu e quais foram as suas ações, e entenda que lições podem ser tiradas delas.

E isso vale tanto para os acertos quanto para as frustrações. Pois cada uma delas contém ensinamentos sobre como lidar com diversas situações, contribuindo para uma liderança cada vez melhor.

5. Você teve gratidão por algo hoje?

Aprender a ter mais gratidão é algo elementar e, não à toa, compreende o repertório de perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo. 

Tudo porque, a partir disso, a gratidão transforma a sua maneira de lidar com o dia a dia. Tanto as situações boas quanto as ruins, uma vez que o seu equilíbrio depende de saber que certas circunstâncias fogem ao seu controle, e temos que agradecer por cada lição que absorvemos delas.

6. O que posso fazer nos próximos minutos?

Líderes incansáveis também podem se perguntar o que eles têm de melhor a oferecer nos próximos minutos. Ou seja: aprender a priorizar e planejar a rotina para entender como o seu trabalho pode ser aproveitado a todo instante, e da melhor forma possível.

7. Como solucionar determinadas situações?

Prevenir-se é o melhor remédio contra o desamparo causado por imprevistos. E, quando um líder está acostumado a antever cenários, ele já sabe como esclarecer todo tipo de problema (direta ou indiretamente) associado ao seu trabalho. 

Como resultado, a resolução de problemas é ágil e efetiva e mesmo as orientações para os colaboradores ocorre com mais facilidade e harmonia.

8. Em quem me inspirei ultimamente?

Por mais que a sua capacidade e técnica seja reconhecida na empresa, nunca entregue-se à satisfação de não precisar se desenvolver mais. Por sua vez, acompanhe as lideranças mais populares do mundo para inspirar-se nelas.

Grandes líderes em diferentes áreas têm muito a ensinar. E se você mantém o olhar e ouvidos atentos a eles, o seu trabalho também vai crescer de maneira gradual.

9. Quais são os meus pontos de melhoria?

Essa é uma das perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo todos os dias.

Pois os seus pontos de melhoria são aqueles que desaceleram o seu trabalho rumo ao sucesso constante. Dessa maneira, é interessante lidar com essas características para que elas estejam sempre ao seu alcance e permitam um desenvolvimento sustentável.

Do contrário, ao focar só em seus pontos fortes, existem diversos aspectos que vão interferir na qualidade do seu trabalho corriqueiramente.

10. Eu passo tempo suficiente com a minha equipe?

Além da inspiração em outros líderes, é importante que o seu trabalho seja participativo e envolvido com a sua equipe. Algo que funciona tanto para o seu desenvolvimento quanto para o crescimento individual e coletivo dos outros funcionários.

Pois eles têm muito a aprender com você, e vice-versa. Só é preciso abrir essa porta e mantê-la aberta para que o trabalho seja o mais próximo possível e com menos barreiras hierárquicas.

11. Quem vai me suceder?

Independentemente da sua idade, é importante ter profissionais de confiança — pessoas com as características que você acredita ideais para dar sequência ao seu trabalho.

Dessa maneira, o plano de sucessão de carreira já começa a acontecer dentro da empresa, e talentos em potencial são lapidados para serem profissionais melhores, e também para estarem presentes quando você necessitar — diante de um afastamento por doença ou por férias, por exemplo.

Para entender melhor o impacto positivo desse tipo de estratégia, indo além das perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo, dê uma olhadinha em nosso artigo sobre a sucessão de liderança!

12. Eu valorizo as qualidades certas?

Avaliações de desempenho são ferramentas fundamentais para engajar, motivar e desenvolver seus profissionais. O líder também, inclusive, já que é importante que o seu trabalho seja avaliado.

Entretanto, mais do que a prática aplicada na rotina da empresa, você acredita que está valorizando as qualidades certas dos seus profissionais — e as suas próprias?

Identifique como você tem observado seus colaboradores e desenvolva um planejamento para que eles possam qualificar-se cada vez mais. E dentro de um espectro que contribua para a melhoria do trabalho em si, e não apenas de um capricho do qual você considera elementar, mas que sequer é utilizado na empresa.

13. Estou saindo da minha zona de conforto?

É inegável que a zona de conforto é um lugar de estagnação. Líderes têm que se desafiar de maneira constante. Do contrário, seus conhecimentos são ultrapassados, bem como a sua maneira uma vez tão eficaz de lidar com a sua equipe.

Por isso, procure, no início do dia e após encerrar o expediente, pensar em como você pode surpreender a si e escapar dessa cômoda, mas prejudicial, zona de conforto. A princípio, pode ser algo que vai ocupar o seu tempo, mas uma vez inserido em seus hábitos diários, vai tornar-se uma atividade como qualquer outra.

 

Portanto, você já tem todos os meios para crescer como um líder, pessoal e profissionalmente. E como você já sabe quais são as principais perguntas que todo líder deve fazer a si mesmo, aproveite para aprofundar-se mais sobre o assunto. Para isso, confira nosso artigo que explica o que é liderança e tudo mais que envolve o trabalho analítico, estratégico e orientador desse tipo de profissional!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.