Para que serve o LinkedIn

Para que serve o LinkedIn? Entenda o que é e conheça as razões para investir no canal

Se você ainda não sabe para que serve o LinkedIn, aí vai um bom resumo: ele é um dos principais elos entre contratantes e profissionais, e também entre empresas.

Por meio dessa rede social corporativa é possível colocar o nome da sua marca no mercado e trabalhar gradualmente a sua reputação.

Na busca de talentos o LinkedIn é uma oportunidade perfeita para que candidatos se identifiquem com a cultura da sua organização, o que passa a gerar interesse em enviar o seu currículo para os responsáveis do seu RH.

Então, quer saber mais sobre o que é LinkedIn e para que serve a rede social que já acumula mais de 300 milhões de usuários ativos? É só seguir com a leitura deste post e descobrir, de uma vez, para que serve o LinkedIn!



O que é LinkedIn e para que serve?

O que é LinkedIn? Diferentemente de boa parte das redes sociais que focam em funcionalidades do dia a dia — e que são aproveitadas pelas empresas —, o LinkedIn surgiu com uma proposta única: a de servir, primordialmente, como um ponto de encontro virtual para o meio corporativo.

O resultado? Um sucesso rápido e em constante crescimento e inovação, a fim de consolidar-se como a maior rede de contatos profissionais do mundo!

Inclusive, aproveite para conhecer mais sobre o assunto no artigo; Redes sociais e mercado de trabalho: qual a relação entre eles?”.  Nele nós falamos exclusivamente a respeito da relação entre as redes sociais e o mercado de trabalho.

O LinkedIn foi fundado em maio de 2003, tornando-se esse epicentro profissional, nas redes sociais, com muito tempo de estrada.

Podemos apontar uma série de atrativos e respostas para a pergunta: afinal, para que serve o LinkedIn? Continue acompanhando e descubra algumas delas.

3 razões que respondem para que serve o LinkedIn

1. Networking

Seja você um profissional iniciante, veterano ou uma empresa — independentemente do seu porte ou ramo de atuação —, aí vai uma dica: faça networking.

Se você vinha se perguntando para que serve o LinkedIn, aí está um dos seus grandes diferenciais. Assim como o Facebook, ele pode ser usado para conectar pessoas com preferências e gostos similares. Isso contribui com a construção de uma rede de contatos capaz de gerar oportunidades de negócios e carreira.

Sem falar que para as empresas, o LinkedIn também serve como uma estrutura virtual capaz de construir e sustentar a sua imagem como referência no seu nicho e/ou especialização. Daí, a importância em gerar conteúdo relevante, além de interagir com os outros usuários, discutindo e debatendo novas ideias.

2. Credibilidade profissional

Como destacamos, acima, saber o que é LinkedIn e para que serve permite que a rede social se transforme em uma poderosa ferramenta de comunicação corporativa.

Para quem já faz parte da instituição o LinkedIn pode mostrar um pouco mais sobre os diferenciais da organização para lidar com as situações cotidianas — como a resolução de conflitos na empresa ou a manutenção de um ambiente focado no bem-estar no trabalho e na qualidade de vida.

Para o mercado externo, compartilhar cases pode ajudar a agregar mais credibilidade à empresa, servindo como um confiável material de divulgação das suas ações bem-sucedidas.

Leia também: Estratégias de marketing digital: melhores tipos com bom custo-benefício

3. Oportunidades profissionais

Empresas podem usar o LinkedIn para o recrutamento e seleção.

Primeiramente, compondo descrições de vagas que vão ajudar no afunilamento de pessoas, garantindo mais precisão ao resultado final.

Em seguida, vale destacar que no LinkedIn a sua empresa pode se conectar com profissionais que, em médio ou longo prazo, demonstrem interesse em participar dos próximos processos seletivos.

Isso fomenta um interessante banco de currículos para que o recrutamento da empresa seja:

  • assertivo;
  • ágil;
  • com o mínimo possível de custos.

Quais são os principais recursos do LinkedIn?

Agora que você já sabe o que é LinkedIn é hora de conhecer alguns recursos em que vale a pena prestar atenção, para garantir um uso eficiente da ferramenta. São eles:

  • conexões. Correspondem aos contatos (de pessoas ou empresas) que você solicita e/ou aceita o convite para acompanhar as novidades profissionais;
  • grupos. São espaços focados em assuntos ou nichos específicos. O lugar ideal, por exemplo, para iniciar um debate ou conversa com outras pessoas que vão se interessar pelas suas opiniões;
  • Pulse (ou LinkedIn Pulse) tem como principal foco produção de conteúdo. Os usuários compartilham artigos com suas conexões. Isso ajuda a construir a base referencial que mencionamos anteriormente.

Gostou das dicas? Confira o vídeo abaixo para ter acesso a mais insights sobre para que serve o LinkedIn e como usá-lo dentro da sua empresa.

Entretanto, ainda vale conhecer mais algumas dicas interessantes para extrair o melhor possível das suas ações? Então confira o passo a passo a seguir.

Para que serve o LinkedIn para a sua empresa?

Já vimos o que é e para que serve o LinkedIn. Que tal, agora, entendermos como usar essa rede social no ambiente de trabalho da melhor forma possível?

Indicamos que você siga os seguintes passos:

  1. crie uma company page, que difere da página de perfis pessoais. Com isso, as pessoas e outras organizações podem seguir o perfil de sua empresa, transmitindo uma visão mais profissional;
  2. publique conteúdos relevantes periodicamente. Essa é uma dica elementar: gerando artigos de interesse público, mais pessoas vão procurar conhecer o que a sua empresa tem a dizer;
  3. participe de grupos, pois, como havíamos adiantado essa é uma maneira eficiente de debater ideias, mostrar a sua credibilidade e referência no assunto que a sua organização domina;
  4. crie anúncios. Isso é algo a se considerar sobre para que serve o LinkedIn, já que você pode compor anúncios para que o conteúdo certo atinja a pessoa certa, e no momento certo.

O LinkedIn deve ser trabalhado de maneira constante. Ou seja, nada de criar um perfil profissional, dar atenção aos conteúdos e interações com outros usuários, por algumas semanas, para então desaparecer.

Assim como toda estratégia de marketing, de divulgação e de atração ou retenção de clientes e/ou profissionais, o LinkedIn demanda tempo, disciplina e organização estratégica com objetivos.

Com isso, suas ações vão gerar mais resultados constantemente e não apenas de maneira imediata para, em seguida, esmaecer lentamente.

Viu para que serve o LinkedIn e como ele pode fazer toda a diferença para impulsionar a sua marca nas redes sociais? E, por falar nelas, que tal dar uma conferida nos artigos e posts super legais que nós postamos no Facebook, Instagram e LinkedIn? É só curtir a nossa página e seguir-nos para ficar por dentro de todas as nossas novidades em primeira mão!

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.