Principais palavras em inglês usadas no mundo dos negócios

palavras em inglês usadas no mundo dos negócios

Muitas vezes, sequer nos damos conta de quantas palavras em inglês são usadas no mundo dos negócios, justamente, por estarem profundamente inseridas em nosso dia a dia.

Ligações se tornaram calls — especialmente, com a popularização dessas ferramentas de conversação à distância em meio à pandemia — e muitos já estão acostumados a dizer budget no lugar de orçamento.

No seu meio de trabalho, inclusive, já devem existir dezenas de expressões em inglês que você lida diariamente.

Para ajudar, então fizemos um apanhado com algumas das palavras mais populares. Confira, antes, o que será discutido neste artigo!

  • A importância das palavras em inglês usadas no mundo dos negócios;
  • As principais expressões em inglês usadas nas empresas.

Boa leitura!

A importância das palavras em inglês usadas no mundo dos negócios

Expressões em inglês são importantes no dia a dia corporativo. Muitas dessas palavras ganham forma nos EUA, ou em outros países que têm o inglês como idioma materno, e então repercutem no mercado internacional.

Além disso, o idioma é um dos mais falados mundialmente, e quase uma preferência para as relações entre países estrangeiros. Logo, não é de estranhar que as palavras em inglês usadas no mundo dos negócios, tenham atravessado fronteiras e façam parte também do nosso cotidiano.

Entretanto, especialistas alertam para o cuidado com o estrangeirismo exagerado. Afinal de contas, temos algumas palavras já bem enraizadas no vocabulário corporativo e que não precisam, necessariamente, ser substituídas por expressões em outro idioma sem motivo aparente.

As principais expressões em inglês usadas nas empresas

Aprender um novo idioma é sempre interessante para o aprimoramento do currículo profissional, pela oportunidade de desenvolver novas habilidades e conhecimentos, e também para exercitar o cérebro por meio dessa prática.

Só que, no dia a dia, aprender inglês e reforçar esse aprendizado pode servir também para garantir que você entenda tudo o que está sendo comunicado — seja em conversas, reuniões, ou por meio de outras formas de comunicação, como telefonemas e videoconferências.

Veja, então, quais são as palavras em inglês mais usadas no mundo dos negócios e o significado de cada uma delas!

Accountant

No departamento financeiro de uma empresa, o accountant tem um papel relevante. Afinal de contas, trata-se do contador que vai lidar com os números do seu negócio.

Inclusive, falando nesse departamento, exclusivamente, você pode conferir outro artigo nosso, que explica qual é a melhor estrutura para o departamento financeiro da sua instituição!

As Soon As Possible (ASAP)

Quando pessoas têm urgência para que determinada tarefa seja concluída ou executada, elas podem dizer que querem aquilo ASAP — sigla para “as soon as possible”.

Em português, isso significa que essa atividade em questão deve ser realizada o quanto antes — ou assim que possível, destacando o senso de urgência da sua execução.

Asset

O significado da palavra tem a ver com os ativos da empresa. Ou seja: os bens que vão consolidar o patrimônio da empresa.

Paralelamente, o termo também é usado para o capital humano que obtém uma performance acima da média, obtendo relevante destaque individual.

B2B e B2C

Ambas as siglas têm origem em palavras em inglês usadas no mundo dos negócios. São elas:

  • B2B — Business to business —, que significa um modelo de trabalho feito de uma empresa para outras empresas. Assim, o público final não é o consumidor, mas outra organização;
  • B2C — Business to costumer — que se refere, aqui, à relação de uma empresa com o consumidor final.

Background

Para muitos, remete à  bagagem profissional de um indivíduo. Em uma entrevista, por exemplo, se perguntarem sobre o seu background, a pessoa está interessada em saber da sua formação acadêmica e, também, de experiências anteriores no ramo que possam gabaritar você ao cargo.

Benchmarking

A tradução literal de benchmarking significa ponto de referência. Mas, no mundo corporativo, o termo é usado para definir um estudo comparativo para analisar os pontos positivos e os desafios para implementá-la dentro da sua própria empresa.

Por exemplo: organizações que estão em busca de novas oportunidades podem pesquisar, na concorrência, as estratégias que mais surtiram efeito para elas, e então replicá-las de maneira personalizada dentro das suas próprias características.

Veja também: o que é benchmark financeiro

Business Intelligence (BI)

Já falamos bastante, em nosso blog, a respeito do Business Intelligence e como esse método tecnológico de coleta e análise estratégica de dados é o futuro imediato das organizações. Por meio desse trabalho, é possível tomar decisões inteligentes e focadas no comportamento do seu público-alvo.

Big picture

Termo que remete à noção geral ou macro de determinada questão. Assim, estamos falando de algo em um contexto mais genérico, e não isolado ou específico.

Exemplo: podemos falar da performance do departamento de RH como um todo (que seria o big picture, no caso), e não só da área de treinamentos, que é um braço do setor.

Brainstorming

A tradução literal para brainstorming é “tempestade de ideias”. E trata-se de um método de incentivar as ideias, livremente, para buscar abordagens novas para determinado problema ou para alcançar um objetivo.

A ideia, aqui, é fazer com que realmente tenha uma chuva de ideias aleatórias até que, por meio das diferentes perspectivas dos participantes, novas conexões de ideias sejam feitas para que uma solução impensada, até então, possa emergir.

Budget

Essa é uma das principais palavras em inglês usadas no mundo dos negócios, e está associada às despesas ou orçamento de uma empresa — seja para um projeto específico ou para ser usado ao longo do ano.

CEO

Sigla em inglês para Chief Executive Officer — o equivalente ao Diretor Executivo de uma empresa.

CFO

O termo, aqui, remete ao cargo de Chief Financial Officer — o Diretor Executivo Financeiro da organização.

Feedback

A cultura do feedback já faz parte de grande parte das empresas. E nada mais é do que um retorno ou resposta, de maneira construtiva, para que os profissionais saibam mais a respeito de suas performances na empresa — seja individual ou de maneira coletiva.

A importância disso se reflete na ciência do que pode ser melhorado e do que tem surtido resultado ou superado expectativas. O que se mostra benéfico para o profissional estar em contínuo desenvolvimento e também para a empresa extrair sempre o melhor dos seus colaboradores.

Freelancer

São os profissionais que não trabalham com carteira assinada em registro CLT e que, normalmente, desenvolvem suas carreiras como autônomos e por meio de projeto pontuais em diferentes empresas — sem, portanto, criar um vínculo empregatício definitivo com nenhuma delas.

FYI

Mais uma sigla, que significa for your information. Traduzindo: para a sua informação. O termo é usado para adereçar a importância de determinada informação para uma pessoa — como um e-mail encaminhado para outros remetentes.

Headhunter

Os populares caça-talentos do mercado são conhecidos como headhunters. Eles podem atuar como autônomos ou mesmo dentro das empresas para garantir que aquela organização sempre possa contar — ou manter contato — com as grandes referências dos seus respectivos ramos de atuação.

É uma excelente maneira de manter um radar em constante funcionamento para atrair e reter os melhores profissionais do mercado de trabalho.

Home office

Autoexplicativo e bastante popular no ano de 2020 — em decorrência da pandemia do coronavírus, principalmente —, o home office se tornou uma prática bastante popular.

Por meio dele, as pessoas puderam trabalhar de casa, mantendo as suas atividades profissionais sem, com isso, ter a necessidade de estar na empresa de maneira presencial.

Apenas um dado comparativo: em 2020, 46% das empresas do país aderiram ao home office durante os primeiros meses da pandemia.

Meeting

Embora a palavra possa significar “encontro”, também se popularizou como uma reunião, que pode ser presencial ou à distância — via telefone ou vídeo, entre outros formatos de mídia.

Multitask

A palavra se tornou sinônimo de qualidade entre os profissionais, uma vez que significa multitarefa.

Essa tem sido, inclusive, uma das características mais procuradas e desejadas entre os profissionais mais jovens, como é o caso da geração Z, que aprende a lidar com novas tecnologias e habilidades desde cedo.

Networking

Mais um termo popular, e que ganhou força pela sua relevância. Afinal, trata-se da sua rede de contatos, que são as pessoas com as quais você se conecta, faz negócios, identifica oportunidades e parcerias e solidifica a sua influência em determinado meio.

Pitch

Costumeiramente, essa palavra em inglês é usada como a argumentação para um plano de negócios, para uma reunião de vendas ou mesmo para apresentar uma ideia ao resto da equipe. É, literalmente, o DNA da sua ideia para cativar os seus interlocutores.

Soft e hard skills

São as habilidades, competências e aptidões dos profissionais. As soft skills têm a ver com as aptidões naturais e comportamentais, até, de uma pessoa. As hard skills, por sua vez, são aquelas que podem ser aprendidas por meio de qualificações — como um curso de especialização em determinado software.

Temos um post que também explica, de maneira completa, tudo o que você precisa saber a respeito das soft e hard skills!

Startup

São as empresas emergentes do mercado — como a própria Xerpa —, que têm em comum a atenção maior ao uso de soluções tecnológicas para inovar em seus respectivos ramos de atuação.

Veja também: conheça as startups mais valorizadas do país — os unicórnios brasileiros

Trends

Normalmente, podemos ver a palavra trend associada a outros termos, pois ela se refere à tendência. Então, são palavras em inglês usadas no mundo dos negócios com diferentes contextos.

Marketing trends estão atreladas, portanto, às tendências de marketing, bem como sales trends apontam as inovações em vendas, e assim por diante.

Turnover

Entre as palavras em inglês usadas no mundo dos negócios, essa é uma que já faz parte do vocabulário por ser um dos principais índices de satisfação dos funcionários.

Afinal de contas, o turnover mensura a quantidade de contratações e demissões em determinado período. Se o índice estiver elevado, algo está errado na empresa, e está causando demissões constantes e um vazamento contínuo de prejuízos em decorrência dessas entradas e saídas fora do controle.

Think outside of the box

Expressão que muitos gestores procuram em seus colaboradores, que significa “pensar fora da caixinha”. Ou seja: identificar novas soluções para novos ou velhos problemas, enfrentando-os sob outras perspectivas e abordagens.

 

E para você? Existem outras palavras em inglês usadas no mundo dos negócios e que não figuraram neste post? Compartilhe o seu vocabulário conosco, no campo de comentários logo abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros artigos que você pode se interessar