Pagamento Recorrente

Pagamento recorrente: quais as vantagens para a empresa?

O pagamento recorrente é uma cobrança contínua e automática, pré-determinada por uma negociação entre cliente e empresa. Esse modelo de pagamento está em constante crescimento pelo mundo principalmente por sua praticidade.

O relatório “Mercado Americano de Pagamentos Recorrentes 2017-2021”, da Research and Markets, mostra que até 2021 as transações por pagamento recorrente atingirão R$1,8 trilhões.

Esse aumento se deu principalmente pela expansão desse modelo para empresas de diferentes segmentos.  Se antes os prestadores de serviços é que se utilizavam do pagamento recorrente, hoje grande parte das organizações oferecem essa opção.

Quer saber mais sobre o pagamento recorrente e conhecer os principais benefícios para as empresas? Siga nesse artigo e boa leitura!

O que é pagamento recorrente?

O pagamento recorrente é um modelo de cobrança contínua que se assemelha a uma assinatura. Nele há um valor a ser cobrado por um período previamente acordado entre empresa e cliente.

No pagamento recorrente a periodicidade das cobranças varia conforme o contrato acordado podendo ser mensal, trimestral, semestral, anual e etc.

Podemos citar como exemplo de pagamentos recorrentes serviços como Netflix, assinatura de revistas, Spotify, TVs por assinatura, entre outros. Enquanto o cliente desejar e o serviço estiver sendo prestado estará aí, dentro desse processo, um pagamento recorrente.

É comum que nos pagamento recorrentes haja um controle por parte da empresa em relação a um tempo mínimo para que o cliente usufrua de determinado produto ou serviço. 

Em muitos casos, como por exemplo, TVs por assinatura, se o vínculo for quebrado antes do que foi previamente acordado há o pagamento de uma multa.

Como é realizado o pagamento recorrente?

O pagamento recorrente é uma cobrança gerada de forma automática via cartão de crédito, débito automático ou boleto bancário. 

Caso o pagamento seja realizado via boleto bancário a empresa pode optar pela carteira de cobrança com registro e carteira de cobrança sem registro.

Elas se diferenciam pela forma como as taxas serão pagas ao banco, que necessariamente será o responsável pelos boletos, no caso por sua emissão.

Na carteira de cobrança com registro a empresa paga o banco no ato da emissão. Já na carteira de cobrança sem registro  o pagamento da taxa é realizado apenas quando a empresa recebe o valor do cliente.

Qual a diferença entre parcelamento e pagamento recorrente?

O parcelamento e o pagamento recorrente podem ser confundidos devido a sua característica de cobrança por períodos determinados. Contudo, eles não são a mesma coisa.

O parcelamento responde por um valor único, que em muitos casos é dividido por meses ou até anos, mas o produto ou serviço já foi entregue na compra.

no pagamento recorrente há um trabalho regular da empresa pelo período contratado. Ou seja, enquanto o cliente estiver pagando a empresa estará entregando o serviço.

Quais serviços utilizam esse pagamento?

Como dissemos anteriormente, o pagamento recorrente passou a ser uma opção mais do que comum no mercado. As limitações desde o seu surgimento não existem mais e diversas empresas adotaram o pagamento recorrente em sua rotina.

Isso quer dizer que qualquer empresa, que possui um serviço que exige algum tipo de cobrança por um período pré-determinado, seja ele diário, mensal, bimestral, anual ou outros, está inserida no modelo de pagamento recorrente.

Podemos citar, entre quem se utiliza do pagamento recorrente, nichos que trabalham com assinaturas, mensalidades, planos e etc. Como por exemplo:

  • Escolas;
  • Academias;
  • Assinatura de jornais e revistas;
  • Planos de saúde;
  • Planos de TV por assinatura e Internet;
  • Seguros em geral (vida, carro);
  • Prestadores de serviços como assessoria de imprensa.

 Quais as vantagens do pagamento recorrente?

O pagamento recorrente tem como premissa principal a praticidade. Além disso, é uma forma de diminuir a inadimplência e facilitar a fidelização e a organização financeira por parte do cliente e da empresa. 

Conheça os principais benefícios desse pagamento para as empresas. 

Fidelização dos clientes

A fidelização é um grande diferencial do mercado. Quem consegue não só atrair clientes, mas mantê-los por um bom tempo consumindo os serviços da empresa tem maiores chances de crescer e de sobreviver.

O pagamento recorrente é uma das ferramentas que vai de encontro a fidelização. Isso ocorre, pois, suas possibilidades de cobrança por período exige uma certa fidelidade do cliente, seja por meses ou até anos.

Essa fidelização acontece também porque há um relacionamento mais próximo da empresa com o consumidor. Já que o pagamento recorrente exige que a organização preste determinado serviço todos os meses.

No caso das empresas é bom se apegar a fidelização como uma grande oportunidade para alcançar o sucesso. Por isso, é importante que o serviço recorrente se torne cada vez melhor e com boas oportunidades para o cliente.

Seja oferecendo novos descontos, expansão de serviços, prêmios, milhas, entre outros. Tudo que faça com que o cliente se sinta satisfeito de ter contratado aquele serviço e queira renovar o pagamento recorrente a cada vencimento do período de contratação.

Atração de novos clientes

As facilidades do pagamento recorrente impactam diretamente na atração de novos clientes. Devido a sua flexibilidade e a possibilidade de trabalhar com diferentes períodos para a cobrança, as estratégias destinadas a atrair esse novo público são mais maleáveis.

Até por isso é comum ver descontos consideráveis em assinaturas ou planos que possuem um tempo maior. Isso ocorre porque com esses valores diferenciados a empresa consegue “amarrar” o cliente a ela por um tempo e garante o pagamento por um longo período.

Esse preço mais baixo, a variação no tempo de contratação e a facilidade para que o cliente não se preocupe com determinado serviço pelo período contratado é uma porta aberta para que novos clientes optem pelo pagamento recorrente.

A Amazon lançou recentemente um pacote onde quem assinasse seu serviço de Amazon Prime seria contemplado com frete grátis no site, filmes e séries no seu streaming, músicas, livros exclusivos e muito mais.

Para se ter uma ideia, fora do plano anual o assinante paga somente no streaming o valor de R$ 9,90. Essa proposta de pagamento recorrente com valor mais baixo fez a empresa ganhar 50 milhões de assinantes pelo mundo.

Reduz a inadimplência

Como o pagamento recorrente se dá por meio de uma cobrança automática, a diminuição da inadimplência é uma das suas principais vantagens. Principalmente se o pagamento utilizado for o cartão (débito ou crédito).

Uma vez que, no pagamento do cartão, o valor é debitado automaticamente na data previamente definida pelo cliente. 

Sem contar que quem define o pagamento no cartão evita os riscos de esquecimento para pagar aquela conta e consequentemente facilita a vida da empresa que não fica sem receber por esse motivo.

Outro fator que evita inadimplência nesse caso é que no pagamento recorrente o valor costuma ser o mesmo todos os meses evitando surpresas aos clientes no fim do mês.

Se você quer saber como diminuir a inadimplência leia nosso artigo sobre o tema clicando aqui.

Oferece praticidade no pagamento

Uma das principais vantagens do pagamento recorrente é a praticidade nos pagamentos. E esse benefício abrange não só o cliente, mas também as empresas. Isso porque ele diminui as burocracias em setores como administrativo e financeiro.

Pela facilidade do pagamento recorrente entrar em um processo de cobrança automática a empresa tem a possibilidade de focar em questões mais estratégicas sem a preocupação de ter que cobrar seus clientes rotineiramente. 

Dado que tudo estará devidamente acordado e programado para um período pré-determinado.

Possibilita controle financeiro

O pagamento recorrente oferece também maior controle financeiro a empresa. Isso se dá, pois, a empresa que se utiliza dessa modalidade tem maior previsibilidade sobre seu faturamento.

Visto que, com esse tipo de pagamento, dá para ter uma base oficial do número de “clientes fixos” e qual o valor a ser recebido em determinados períodos.

Esse controle financeiro pode contribuir na tomada de decisão influenciando na execução de novas estratégias para angariar clientes, além da possibilidade de corte de custos e investimentos com um risco menor, afinal, toda decisão terá uma base.   

Gera confiabilidade nas negociações

O pagamento recorrente também é oposto das surpresas nas cobranças. 

Esse inclusive é um dos motivos para ele ser tão atraente. Se em alguns serviços você paga mais se usar determinado item e etc, no pagamento recorrente o valor é fixo e acordado em contrato desde o início.

Então, todos os meses a cobrança será em cima daquele valor que foi acordado previamente. Isso evita um cenário onde a conta do fim do mês é sempre uma caixinha de surpresas. Imaginem se a Netflix cobrasse por filme e série assistida? 

Com certeza muita gente perderia o controle nos gastos e não seria tão atrativo o serviço. Assim, ela decidiu pelo pagamento recorrente, sem surpresas para o cliente ao fim do mês. Ele pode assistir 1 ou 1 milhão de filmes que o valor a ser pago será o mesmo.

Quais as vantagens desse pagamento para o cliente?

Agora que já sabemos quais os benefícios que o pagamento recorrente pode oferecer às empresas, listamos abaixo algumas das vantagens dele para os clientes.

  • Facilidade nos pagamentos, podendo optar por cobranças automáticas no cartão;
  • Maior controle orçamentário, por já saber o valor a ser pago no período;
  • Acesso a preços diferenciados em planos e assinaturas;
  • Acúmulo de benefícios como milhas, prêmios, descontos e etc.

Ferramentas de pagamento recorrente

Com a evolução desse modelo de pagamento houve um crescimento muito grande nas opções que o mercado oferece em softwares e ferramentas. Muitas dessas alternativas inclusive são personalizáveis ao nicho da empresa e suas necessidades.

Confira abaixo algumas das principais ferramentas que podem ser utilizadas para o pagamento recorrente.

Superlogica

Recomendado para empresas que realizam cobranças de mensalidades ou assinaturas. Automatiza a emissão de nota fiscal, faturamento e gestão financeira da empresa. Oferece o faturamento recorrente por cartão ou boleto.

Gestão Click

Esse software de gestão empresarial tem como diferencial suas informações em tempo real, desde vendas até a projeção de valores a serem recebidos. Controla boletos emitidos, notas e o estoque.

Agile MS

Essa ferramenta é focada principalmente para empresas SaaS, que oferecem os Softwares as a Service de computação em nuvem e serviços on-line. 

Ela realiza a gestão de assinaturas, cálculo de multas, cobranças por cartão e boleto e atualização de preços de forma automática. Além disso, permite uma gestão de inadimplência com envio de boletos atualizados e reembolsos. 

A Agile MS também possui um sistema de métricas que permite à empresa visualizar a taxa de desistência (churn), tempo médio em que o cliente permanece na empresa (Lifetime Value) e a receita recorrente mensal (Monthly Recurring Revenue).

Vindi

Uma plataforma de automatização de pagamentos on-line. 

Permite a gestão de cobranças via boleto, cartão de crédito ou débito no pagamento recorrente. Automatiza esse modelo em gestões de assinatura, pagamentos personalizados e é integrada com um sistema antifraude.

Ela também permite a integração com outras soluções de emissão de nota fiscal e gestão de inadimplência, até mesmo se utilizando de um sistema de cobrança automatizada via SMS.

Pagamento recorrente: por que optar por ele?

O pagamento recorrente se tornou uma boa opção para que as empresas consigam gerir melhor seu negócio. Desde facilidades no controle financeiro, além de um leque de oportunidades para atrair novos clientes por meio de descontos e planos diferenciados. 

Sem contar que possibilita uma diminuição nas taxas de inadimplência. Por meio do pagamento recorrente, inclusive, o próprio cliente tem uma facilidade maior em seu orçamento por saber exatamente quanto pagará por aquele serviço desde o início. 

Sem contar em sua facilidade de pagamento, podendo optar por cobranças automáticas via cartão.

Podemos ver o crescimento do pagamento recorrente ao nos depararmos com empresas como Spotify, Netflix e Amazon que se utilizam desse modelo. 

Cada uma delas conseguiu colocar o pagamento recorrente na sua rotina e ano a ano atraem novos clientes e fidelizam boa parte dos que são fregueses.

No primeiro trimestre de 2020 a Netflix dobrou o seu lucro em relação a 2019, chegando a casa dos US$ 5,8 bilhões, e ganhou 15 milhões de novos assinantes.

A boa notícia é que não é só a Netflix ou grandes empresas que podem optar por esse modelo. O pagamento recorrente se expande a todas que planejam de alguma forma fidelizar seus clientes com estratégias que se mostram eficazes no mercado.

 

E você, já aderiu o pagamento recorrente na sua empresa? Deixe um comentário abaixo e conte para nós. 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.