A maioria das pessoas têm dificuldade com dinheiro, e isso cedo ou tarde afeta a vida profissional.

O estresse causado por dívidas faz com que os colaboradores percam o foco e até forcem a demissão para conseguir o dinheiro da rescisão. Por isso, é fundamental conhecer os maiores problemas financeiros de seus funcionários e como ajudar.

Pensando nisso, reunimos neste artigo tudo o que você precisa saber para promover o bem-estar financeiro na sua empresa. Quer saber mais? Continue conosco!

Quais são os problemas financeiros mais comuns entre os funcionários?

Em uma pesquisa da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), foram entrevistados 2 mil funcionários de cem empresas. Entre eles, 84% disseram ter dificuldades em lidar com o dinheiro, sofrer prejuízos ou não entender de finanças.

Os efeitos disso no trabalho também são comprovados por números. Um levantamento da Blue Numbers aponta que profissionais com esse tipo de problema gastam até 1 hora por dia no telefone ou e-mail em negociações de dívidas.

Mas afinal, quais são os maiores problemas financeiros de seus funcionários e como ajudar? Confira a seguir os detalhes sobre cada um deles.

Descontrole de gastos

A maioria das pessoas não controla quanto entra e quanto sai da conta bancária. Sem perceber, acabam gastando muito mais do que ganham e começam a enfrentar problemas por causa disso.

Muita gente não separa uma parte do salário para as despesas básicas, como aluguel, luz, água e supermercado. Dessa forma, gastam a maior parte do salário com lazer e ficam sem dinheiro para as contas.

Uma boa forma de evitar essa situação é colocar o orçamento mensal em uma planilha, caderno ou aplicativo. Assim, a pessoa sabe exatamente quanto poderá gastar para cada finalidade, evitando o descontrole e dívidas desnecessárias.

Acúmulo de dívidas

Pode ter certeza que o acúmulo de dívidas está entre os maiores problemas financeiros de seus funcionários.

O cartão de crédito e o cheque especial são os maiores vilões das finanças pessoais.

É muito fácil fazer uma compra por impulso para pagar só no mês que vem, ou então usar o empréstimo automático como extensão do próprio salário.

Só que os juros são os mais altos do mercado, o que faz débitos pequenos se transformarem em dívidas enormes.

A preocupação com juros, parcelas e o que fazer para quitar a dívida causam um alto estresse na pessoa, o que faz seu rendimento no trabalho cair drasticamente.

Empréstimos e financiamentos

Empréstimos e financiamentos muitas vezes são necessários para abrir um pequeno negócio, comprar um carro ou adquirir uma casa. Porém, muita gente toma esse tipo de crédito sem nenhum planejamento.

Isso faz com que a pessoa seja pega de surpresa em alguns momentos e tenha dificuldade de arcar com as parcelas.

Ao mesmo tempo, as despesas básicas continuam aparecendo mês a mês, e a situação toda pode se tornar uma bola de neve caso não exista um mínimo de conhecimento sobre finanças pessoais.

Gastos emergenciais

Os gastos emergenciais provavelmente estão entre os maiores problemas financeiros de seus funcionários.

Afinal, todo mundo precisa lidar com imprevistos de vez em quando. Pode ser uma doença na família, um acidente de carro ou até uma viagem inesperada.

Tudo isso demanda gastos extras, por isso o ideal é ter uma reserva de emergência para essas situações. Caso contrário, a pessoa precisará gastar o que não tem e fará uma nova dívida, seja por um empréstimo, cartão de crédito ou cheque especial.

Essa é sempre uma péssima notícia, já que os altos juros podem aumentar o valor do débito em pouco tempo.

Como a empresa pode evitar problemas financeiros de funcionários?

Muitas empresas deixam de lado o bem-estar financeiro dos funcionários, sem perceber que esse é um fator fundamental na produtividade e na satisfação da equipe.

Para não cometer esse erro, é possível tomar algumas medidas como:

  • Implementar um programa de educação financeira;
  • Oferecer um bom pacote de benefícios;
  • Fazer pagamentos por dia;
  • Manter uma remuneração adequada;
  • Montar um plano de carreira.

Confira a seguir todos os detalhes sobre essas ações.

Programa de educação financeira

Implementar um programa desse tipo ajuda a conhecer os maiores problemas financeiros de seus funcionários e como ajudar.

A iniciativa envolve o diagnóstico do perfil de gastos de cada funcionário e conteúdos direcionados para ajudá-los com suas dificuldades.

Pode ser no formato de aulas online, palestras com especialistas e até o acompanhamento de coaches.

Isso gera uma estrutura de apoio e instrução para os colaboradores, que aprendem a administrar melhor os recursos que recebem e a respeitar os limites do seu padrão de vida.

A empresa também ganha com isso, já que a equipe passa a trabalhar com mais prazer, foco e tranquilidade.

Pacote de benefícios

Um bom pacote de benefícios pode ajudar a resolver os maiores problemas financeiros de seus funcionários.

Ofereça vantagens que substituam gastos do cotidiano, como vale-alimentação, auxílio-gasolina ou auxílio-creche para pais de crianças pequenas.

Assim, a pessoa não precisa usar o salário para essas finalidades e consegue organizar melhor seu orçamento.

Pagamento on-demand

Outra tendência nas organizações é o pagamento on-demand. Nesse sistema, o colaborador tem a opção de resgatar parte do seu salário a qualquer momento, sem precisar esperar uma data oficial.

Assim, tem mais controle sobre o próprio dinheiro e as datas de vencimento de suas contas.

Remuneração adequada

Nem sempre o estresse financeiro tem a ver com o valor do salário, mas é inegável que esse fator tem grande influência na percepção do funcionário sobre o problema.

Isso, inclusive, pode aumentar o turnover da empresa, já que muita gente nessa situação busca outras oportunidades ou simplesmente força a demissão pelo dinheiro da rescisão.

Por isso, valorize sua equipe e ofereça os melhores salários que puder para cada posição.

Uma boa dica é estudar o mercado e manter os valores na média ou acima. Assim, você ganha vantagem sobre a concorrência e consegue reter os melhores talentos.

Plano de carreira

Ter plano de carreira para os funcionários também é essencial. Dessa forma, a pessoa sabe que tem chance de crescer na empresa e conquistar uma remuneração melhor, mesmo que esteja insatisfeita com o salário atual.

Basta entregar os resultados preestabelecidos que o reconhecimento virá no futuro.

Agora que já conhece os maiores problemas financeiros de seus funcionários e como ajudar, é hora de colocar o que aprendeu em prática. Faça um diagnóstico da situação financeira dos colaboradores, conheça as dificuldades de cada um e trace um plano efetivo para ajudá-los. Assim, a qualidade de vida de todos aumentará, junto com a produtividade e os resultados do negócio!

Faça um diagnóstico da situação financeira dos colaboradores, conheça as dificuldades de cada um e trace um plano efetivo para ajudá-los. Assim, a qualidade de vida de todos aumentará, junto com a produtividade e os resultados do negócio!

Se você gostou do post, deixe um comentário com suas dúvidas e opiniões. Conte-nos como você lida com o bem-estar financeiro dos funcionários na sua empresa!