O que são bancos digitais

O que são bancos digitais: como funcionam e quais os maiores nomes do mercado?

Bancos digitais são instituições financeiras fundamentalmente online, que oferecem serviços bancários comuns, mas não possuem agências físicas e mantêm o atendimento e relacionamento com o cliente por canais digitais ou por telefone. Esse modelo de negócios está cada vez mais comum e sua popularidade gera curiosidade e cada vez mais pesquisas sobre o que são bancos digitais? 

Acompanhamos, atualmente, não só a inovação nos meios de pagamento, mas a total revolução do mercado financeiro e a sua relação com os consumidores.

Exemplo claro disso é a popularização dos bancos digitais no país e ao redor do mundo.

No Brasil, eles ainda são novidades — foram regularizados em 2016, apenas, por meio do Conselho Monetário Nacional (CMN). Desde então, muitas mudanças nos serviços e produtos financeiros deram um fôlego ao setor, como um todo.

Para saber o que são bancos digitais, como funciona e quais são os maiores bancos digitais do Brasil, convidamos você a seguir com a leitura deste post!

Nos tópicos abaixo, vamos entender melhor sobre essas empresas e os motivos pelos quais milhões de consumidores já estão optando por elas!

O que são bancos digitais?

Talvez o termo fintech seja, hoje em dia, mais familiar para você. Afinal, os bancos digitais nasceram por meio desse termo — startups que focam no mercado financeiro, exclusivamente.

No geral, são instituições que nutrem algumas características em comum, independentemente dos seus nichos de especialização, como:

  • empresas fundamentalmente online, sem uma agência física;
  • independem do uso de caixas eletrônicos — terceirizam o serviço em caixas independentes;
  • figuras centralizadoras, como o gerente bancário, deixam de existir também;
  • o atendimento e relacionamento com o cliente são feitos por canais digitais ou por telefone.

Há, também, outras questões sobre o que são bancos digitais que debateremos mais adiante, e que trazem ainda mais popularidade a esse modelo de instituição, principalmente, quando comparamos com os bancos tradicionais.

O que são bancos digitais

Banco digital: como funciona?

Além das características que apresentamos acima, os bancos digitais se diferenciam por buscarem a contínua inovação, criando uma estrutura em grande contraste com os bancos tradicionais — mesmo que estejam se digitalizando mais.

Por exemplo: uma plataforma digital e aplicativos com canais interativos não são suficientes para tornar as instituições mais antigas do país em bancos digitais.

Como vimos, toda a infraestrutura desse modelo de empresa é pautada no universo online — fisicamente, inclusive. Não há agências, por exemplo, como dissemos.

Outros pontos interessantes que podem ser destacados com relação aos bancos digitais são:

  • a presença do correntista não é necessária. Mesmo para abrir uma conta, documentos e informações são capturados digitalmente;
  • a inclusão bancária é uma meta coletiva desse tipo de empresa. Um em cada três brasileiros não possui conta em bancos, e isso pode mudar com a desburocratização e facilidade de acesso promovida por essas empresas;
  • a especialização em poucos (ou apenas um) serviços mostra o cuidado em se tornar referência no seu setor de atuação, diferentemente de bancos tradicionais que oferecem dezenas de produtos e serviços.

Outro ponto de atenção sobre o que são bancos digitais: eles já causaram impacto no setor. Atualmente, houve um crescimento de 147% no número de empresas desse tipo no país. Sinal claro de que o consumidor absorveu os benefícios apontados por essas instituições.

Para saber um pouco mais sobre elas, recomendamos a leitura do artigo, “Conheça as 11 maiores fintechs do Brasil. Aproveite para lê-lo assim que finalizar este post 🙂

Quais são os maiores bancos digitais do Brasil?

Agora que já vimos as principais características dessas empresas do setor financeiro, que tal conhecermos alguns dos nomes dos melhores bancos digitais do Brasil e conhecer as instituições que têm feito a diferença, no país, atraindo milhares de pessoas?

Os maiores bancos digitais do Brasil são:

  • Nubank;
  • Inter;
  • Neon;
  • Original;
  • Agibank.

A seguir, leia mais sobre cada um deles.

Nubank

O sucesso inicial do Nubank explica-se pela inovação em oferecer um cartão de crédito sem anuidade — algo que muitos consumidores queixavam-se à exaustão com as instituições bancárias tradicionais.

Com o seu crescimento, a empresa desenvolveu novos métodos para desburocratizar a relação com o consumidor, como a abertura de conta corrente sem taxa de manutenção ou custos para transferências entre bancos.

Banco Inter

Nascido do que era o Banco Intermedium, o Inter desponta como um dos primeiros bancos digitais do Brasil.

Em comparativo com o Nubank, ele também não cobra:

  • tarifas de manutenção;
  • saque em caixas eletrônicos;
  • por transferências entre diferentes instituições.

Neon

Mais um, entre os bancos digitais, que não cobra anuidade ou mensalidade dos seus clientes — entretanto, existem serviços que podem ser pagos pelos clientes.

Isso porque, o Neon permite gratuidade apenas para os seguintes serviços a cada mês:

  • primeiro saque;
  • primeira transferência;
  • primeiro depósito por boleto.

Assim, quem usa esses serviços mais de uma vez, por mês, tem que arcar com as despesas e taxas relativas a cada um deles.

Original

Além de se portar como um banco digital desde a sua estrutura, o Original tem um diferencial que poucas empresas têm trabalhado, hoje em dia, e é uma tendência em constante expansão: o cashback.

Para quem não tem familiaridade com o termo, trata-se de um programa em que as pessoas acumulam pontos ao realizarem compras no cartão e, em seguida, podem convertê-los em créditos na sua própria conta, no mês seguinte.

Agibank

O Agibank também oferece a abertura de conta corrente sem custos, para os seus clientes, mas tem apostado na diversificação da sua cartela de serviços. Alguns exemplos disso:

  • investimentos em CDB (Certificado de Depósito Bancário);
  • consórcios;
  • seguros;
  • empréstimos.

Outro ponto interessante é que o banco digital permite aos correntistas que recebam os seus salários diretamente na conta corrente. Um atrativo e tanto para quem deseja economizar na sua relação com as instituições financeiras, fazendo render o seu dinheiro.

Como usar os novos meios de pagamento

Os bancos digitais não são a única novidade no mercado financeiro digital. O salário sob demanda é um dos modelos de negócio que fazem parte do futuro dos meios de pagamento no Brasil. Um futuro que já é presente, na verdade.

O salário sob demanda é a possibilidade de fazer com que os seus funcionários solicitem o saldo de dias já trabalhados quando precisarem ou desejarem, de maneira rápida e eficiente.

Por meio do salário on-demand os colaboradores não dependem mais de datas fixas para o recebimento dos dias trabalhados e esse é um importante benefício para manter a saúde financeira e a produtividade dos colaboradores.

Vale destacar que esse modelo tem sido amplamente considerado, Brasil afora, como um jeito de inovar corporativamente sem que, com isso, a folha de pagamento seja alterada.

O futuro dos meios de pagamento no Brasil já chegou para a Xerpa! Com o Xerpay, as pessoas têm acesso ao saldo dos seus salários quando precisarem. Tudo por meio de um aplicativo que transfere, em poucas horas, o valor para as suas respectivas contas bancárias.

E, o melhor: sem modificar em nada a rotina financeira da sua empresa. Temos um artigo que explica certinho como isso tudo funciona! Para saber mais a respeito, dê uma olhadinha em tudo o que você precisa saber sobre o Xerpay!

E então, deu para conhecer um pouco mais a respeito dos bancos digitais e como eles oferecem serviços e produtos com mais facilidades aos seus clientes? Agora, se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, ou queira compartilhar as suas experiências conosco, deixe um comentário, no campo logo abaixo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.