Inscreva-se

O que é plano de desenvolvimento individual: como e porque investir em seus colaboradores?
Cultura da Empresa

O que é plano de desenvolvimento individual: como e porque investir em seus colaboradores?

O que é plano de desenvolvimento individual? Também chamado de PDI, o plano de desenvolvimento individual é um projeto que sistematiza ações a serem tomadas com o objetivo de alcançar um determinado propósito através do desenvolvimento pessoal e profissional. 

Pode-se dizer que o PDI nada mais é do que um roteiro a ser desenvolvido pelo indivíduo a fim de que ele se movimente e caminhe no sentido de onde ele gostaria de estar ou quem ele gostaria de ser. Ou seja, é um projeto que visa o desenvolvimento de uma pessoa.

A seguir, vamos entender melhor o que é plano de desenvolvimento individual e como você pode construir um para a sua carreira. e para seus colaboradores Continue lendo!

O que é plano de desenvolvimento individual?

O processo de como fazer um plano de desenvolvimento individual começa com uma análise da situação atual do colaborador, para isso é preciso:

A seguir, listamos as vantagens de investir em um plano de desenvolvimento individual para os colaboradores da sua empresa, bem como dicas de como ações de desenvolvimento individual podem auxiliar no crescimento do seu negócio. Confira!

Como fazer um plano de desenvolvimento individual e suas vantagens

1. Impulsiona a carreira dos profissionais

Sem dúvida, a primeira e mais nítida vantagem trazida pelo plano de desenvolvimento individual é que ele se trata de uma excelente ferramenta de impulsionamento para o plano de carreira de um profissional.

Trazer para dentro da sua empresa ferramentas e estratégias que busquem o incremento da carreira dos seus colaboradores é um diferencial significativo para o relacionamento mantido com o seu time.

Uma empresa que investe e se interessa pelo desenvolvimento profissional dos seus colaboradores está investindo também em:

  • comunicação interna eficiente;
  • facilitação de processos e relacionamento;
  • empatia com aqueles que compõem o seu capital humano;
  • soluções que visem trazer benefícios para a própria organização.

Quando um gestor começa a utilizar o que é plano de desenvolvimento individual, ele está demonstrando para os seus profissionais que tem interesse no seu desenvolvimento, bem como na continuidade da relação profissional mantida com ele.

2. Oferece direcionamento

Oferecer direcionamento significa orientar o seu colaborador no sentido de auxiliá-lo a identificar qual é o melhor caminho a ser seguido por ele, dentro de um contexto que analisa as suas particularidades e diferenciais.

Nesse sentido, o conceito sobre o que é plano de desenvolvimento individual é um processo que se inicia com a análise e mapeamento dos aspectos pessoais do colaborador. Nesse momento, é realizado um mapeamento que analisa as principais características do avaliado, como as suas forças e fraquezas, por exemplo.

Essas informações são muito importantes pois trazem à tona características e aspectos determinantes no direcionamento do profissional dentro da organização.

Elas levantam questões como:

O colaborador está alocado no setor correto?

Ele tem condições de se tornar o gestor do seu setor?

Quais características podem ser “aproveitadas” dentro da organização?

O PDI permite identificar, por exemplo, traços específicos como a capacidade de exercer liderança. Reconhecer características como essa é extremamente interessante para a empresa e para o próprio colaborador, já que ele pode ser direcionado para setores ou funções que melhor se adaptam ao seu perfil.

Leia mais: Como desenvolver a liderança nas empresas em 8 passos

Assim, tanto a empresa quanto o profissional saem ganhando, já que um direcionamento adequado está relacionado ao aumento da produtividade e à qualidade dos serviços prestados.

3. Autoconhecimento

Todo processo de elaboração do plano de desenvolvimento individual exige uma investigação profunda acerca do indivíduo analisado.

Toda essa investigação é salutar para o profissional, já que ela traz à tona aspectos e situações importantes para o desenvolvimento do seu autoconhecimento.

Para você entender melhor a relação entre autoconhecimento e plano de desenvolvimento individual, vale a pena conhecer algumas perguntas e situações que são levantadas ao colaborador através do PDI:

  • Quem você é e onde você quer chegar?
  • Quais são as suas melhores competências?
  • Quais são as suas maiores dificuldades?
  • Quais são as suas metas de desenvolvimento?
  • O que é mais importante na sua carreira?
  • O que você tem feito para desenvolver a sua carreira?
  • Qual é o seu nível de motivação para empreender mudanças na sua carreira?

Esses exemplos de questões levantadas e discutidas em um plano de desenvolvimento individual tornam o entendimento acerca da relação com o autoconhecimento muito mais claro.

Como você pode ver, são aspectos profundos e que vão auxiliar o profissional a aprender muito sobre si mesmo.

Autoconhecimento é sempre muito importante! Por isso, uma empresa que investe no desenvolvimento pessoal dos profissionais que integram o seu time está investindo também no desenvolvimento e aperfeiçoamento do seu próprio negócio.

Leita também: 6 dicas de desenvolvimento profissional para carreira de RH

4. Diferenciação no mercado

Por fim, a quarta vantagem que merece destaque ao tentarmos explicar o que é plano de desenvolvimento individual, é a questão da diferenciação de mercado.

Hoje, o mercado encontra-se cada vez mais competitivo, o que exige dos profissionais mais conhecimento e experiência, além da necessidade de constante busca de atualização e aperfeiçoamento.

Assim, é necessário que o profissional se destaque dos demais, já que a competitividade só cresce e, todo dia, novos profissionais ingressam no mercado de trabalho.

Com o PDI, o indivíduo tem elementos que permitem conhecer melhor seus pontos fortes, ressaltando o seu diferencial e trabalhando para desenvolvê-los ainda mais.

Com esse conhecimento, fica muito mais fácil para a empresa perceber a importância daquele colaborador, dando o destaque que ele merece.

Descubra como reter os melhores talentos! Baixe esse eBook gratuito:


5. Invista no plano de desenvolvimento individual!

Como você pode ver, investir em PDI é uma excelente estratégia para o aperfeiçoamento do capital humano de uma empresa. Os gestores e colaboradores que atuam nesse tipo de estudo costumam chegar ao final dele muito entusiasmados.

Isso porque ele impacta não só no crescimento e na motivação dos colaboradores, mas também demonstra que essa experiência reflete fortemente no desenvolvimento do negócio.

Além de permitir conhecer melhor as competências e capacidades dos funcionários, as empresas acabam obtendo informações que podem auxiliar no seu planejamento estratégico e no próprio planejamento de carreiras, criando e ajustando descrições de cargos e na gestão de competências.

Agora que você entendeu o que é plano de desenvolvimento individual e como fazer um, consegue me dizer em que ponto sua empresa está?

Você já adota o PDI para impulsionar o crescimento profissional dos seus colaboradores?

Quais são as medidas que tem utilizado para investir na gestão de talentos da sua equipe? Como está o planejamento e os indicadores de gestão de recursos humanos que medem o desenvolvimento de carreiras dentro da empresa?

Colocar essas questões em discussão é importante para o crescimento e desenvolvimento da sua empresa, inclusive no que diz respeito à concorrência com outras empresas.

O mercado está cada dia mais preocupado com o seu capital humano e os gestores cada vez mais ocupados investindo em ações de desenvolvimento dos seus profissionais. Por isso, invista no treinamento da sua equipe  e ofereça ferramentas de desenvolvimento pessoal e profissional: o seu negócio só tem a ganhar com isso!

O RH da sua empresa possui um papel estratégico em todo o processo de como fazer um plano de desenvolvimento individual, afinal, possui competências para:

  • fazer uma boa gestão de pessoas;
  • traçar metas que visam o aprimoramento das capacidades de cada funcionário;
  • criar um ambiente ideal de trabalho.

Para que isso seja possível, é importante que a equipe dos Recursos Humanos tenha uma participação ativa no controle de todos os departamentos para ser capaz de identificar as falhas e necessidades de cada setor. E, assim, aplicar as medidas necessárias para desenvolver as competências de seu time.

Está em busca de uma plataforma de Recursos Humanos eficiente para sua empresa? Conheça a Xerpa, o melhor software para RH do Brasil!

Xerpa é a única que entrega uma experiência incrível e ainda resolve o problema real que o cliente tem. Fale com um especialista e descubra como reduzir 30% dos custos do seu RH.

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *