o-que-e-liquidez

O que é liquidez? Entenda como ela influencia o seu investimento

Liquidez é um conceito econômico que considera a facilidade com que um ativo pode ser convertido em dinheiro. A agilidade de conversão desse investimento, sem perda significativa de valor, mede a liquidez das operações.

Quem já buscou opções de investimento certamente já se deparou com o termo liquidez. No mercado financeiro, a liquidez é uma das características mais importantes de qualquer aplicação e possui alto poder de influência sobre o seu capital.

Se você quiser aprender mais a fundo sobre o mercado financeiro, recomendamos a leitura do artigo: ‘Mercado financeiro: o que é e como ele funciona.’

Para entender melhor o termo o que é liquidez e como criar uma carteira de investimentos completa e diversificada, acompanhe o post e conheça em detalhes. Boa leitura.

O que é liquidez financeira?

O conceito de liquidez é basicamente a capacidade que uma aplicação tem de se transformar em dinheiro na conta corrente. Ou seja, a possibilidade de resgatar os recursos do investimento. Quanto mais rápido esse processo acontecer, mais liquidez esse investimento possui.

Liquidez não é um tipo de investimento e sim uma característica dele. Desta forma, você pode aplicar o seu dinheiro em aplicações com mais ou menos liquidez.

Algumas instituições financeiras ainda usam códigos de identificação para avaliar a liquidez de um investimento. Um exemplo é o “D + Nº” (D é o dia de resgate e o Nº é o número de dias úteis para que o dinheiro seja liberado) que é usado para categorizar as aplicações conforme as preferências e convenções do mercado financeiro.

Entenda melhor na tabela abaixo:

Termo ExplicaçãoExemplo
Liquidez Diária ou D+1O dinheiro entrará na conta no próximo dia útil após a solicitação de resgate.Tesouro Selic.
Liquidez Imediata ou D+0O dinheiro entrará na conta no momento do resgate.Conta Corrente ou Fundos de Investimento D+0.
Liquidez no VencimentoO dinheiro só retorna no fim do prazo de vencimento do investimento.Títulos de Renda fixa sem liquidez imediata como LCI e LCA.
D+30O dinheiro só retorna após 30 dias da solicitação de resgate.Fundos de Investimento D+30.
Liquidez nulaO dinheiro não tem um prazo para entrar na conta.É o caso de quem vende um imóvel; o processo pode demorar meses e até anos.

Como escolher entre investimentos de alta e baixa liquidez?

Para entender a liquidez, o que é indispensável para assegurar um investimento atrativo, é preciso que você classifique a intensidade da sua aplicação e o objetivo da organização financeira.

No caso da intensidade, há as seguintes opções:

  • Baixa liquidez: são ativos cuja retirada imediata do valor sem perdas é mais difícil.
  • Média liquidez: são ativos cujo resgate do capital sem perdas não é garantido, nem acontece imediatamente, mas é possível.
  • Alta liquidez: são os ativos de resgate facilitado.

Já no caso dos objetivos, a liquidez está diretamente ligada a capacidade das organizações quitarem suas dívidas.  Assim, existem: 

  • Corrente: a capacidade de cumprir com obrigações de curto prazo.
  • Geral: a capacidade de arcar com determinações de médio e longo prazo.
  • Imediata: a capacidade de usar todos os valores disponíveis para  emergências financeiras.
  • Seca: assim como a liquidez corrente, é focada no curto prazo. Entretanto, não considera o estoque como um ativo circulante.

Qual a diferença entre liquidez e rentabilidade?

diferenca-entre-liquidez-rentabilidade

Um erro bastante comum é confundir a liquidez com a rentabilidade. Embora estejam atreladas, são conceitos econômicos diferentes.

Um título com alta rentabilidade não tem necessariamente uma alta liquidez. Por isso, é fundamental entender as suas particularidades para ser capaz de escolher o ativo mais adequado conforme a sua renda, planejamento e montante.

A rentabilidade se refere ao percentual de remuneração que você receberá ao aplicar em um título específico. E a liquidez se relaciona pela facilidade e rapidez com que esse percentual se converte em dinheiro.

Assim como dissemos, a rentabilidade e a liquidez não são necessariamente proporcionais. Por isso, é uma questão de estratégia, você deverá  definir o que deseja priorizar ao investir – rentabilidade ou liquidez.

Quer ver alguns exemplos?

Se você precisa do capital investido com urgência, independentemente dos motivos, a liquidez deve ser priorizada. Agora, se você tem um bom aporte financeiro e está seguro em investir parte do seu capital a longo prazo, a rentabilidade deve ser priorizada.

Se você estiver começando um investimento e não tem experiência no mercado financeiro, priorize a liquidez, pois é uma característica mais segura e relação a rentabilidade. Imprevistos acontecem e a inexperiência na área pode ser prejudicial.

Estando diante da necessidade de resgatar um investimento mesmo que ele renda 120% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), se ele tiver baixa liquidez o acesso é praticamente impossível e torna a aplicação pouco interessante.

Normalmente, quanto mais alto o rendimento, menor é a liquidez, o que é importante destacar. É preciso saber investir a curto, médio e longo prazo levando em conta as características necessária para atingir os seus objetivos.

Caso contrário, você poderá cair na inevitabilidade de buscar um empréstimo para resolver a situação, adquirindo dívidas e comprometendo a sua saúde financeira.

Características de liquidez dos principais investimentos financeiros?

Confira a seguir as características de liquidez dos principais investimentos financeiros do país:

Poupança

A poupança possui uma liquidez alta, pois o resgate do dinheiro é feito quase que instantaneamente. Basta solicitar o resgate na instituição financeira e o dinheiro está na sua conta.

Títulos públicos

Para os títulos públicos, a liquidez é média e só podem ser avaliados uma vez por semana. Ainda assim, não existe garantia de que o título será vendido. Além disso, existe uma data final para o resgate.

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

Outra aplicação em renda fixa de liquidez alta é o CDB (Certificado de Depósito Bancário), modalidade pela qual você empresta dinheiro aos bancos em troca de juros. A conversão desse investimento também é praticamente imediata.

Fundos de investimentos

Os fundos de investimentos contam com uma liquidez variante de alta para média, pois conforme for o tipo do fundo, o resgate não é imediato. Alguns fundos podem levar de um a quatro dias úteis para que o dinheiro esteja disponível na sua conta.

Imóveis

No caso dos imóveis, a liquidez é baixa e deve ter pouca prioridade. Normalmente, meses ou até anos são necessários para vendê-lo pelo preço que realmente vale. Portanto, aqui a rentabilidade deve ser o foco.

Ações

Para esse perfil de investimento, a liquidez é variante e deve ser considerada com atenção. Quando a ação é muito negociada, a venda é praticamente instantânea, ou seja, a liquidez é alta. 

Mas para ações pouco negociadas, vender o ativo pelo preço sugerido passa a ser um desafio. Portanto, a liquidez é menor. Para as ações, a liquidez depende da qualidade e valorização do ativo.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto conta com a liquidez garantida pelo Tesouro Nacional, portanto é ainda mais atrativo do que a poupança. Ao solicitar o resgate, no dia seguinte o dinheiro já estará disponível sem perda alguma de lucratividade.

Portanto, além de buscar informações sobre as diversas modalidades de investimento, é imprescindível que você entenda a liquidez dos ativos. 

Organize-se financeiramente para o que pode acontecer no curto, médio e longo prazo, e considere as situações emergenciais. A liquidez é comumente confundida com a rentabilidade, deve ser ponto de destaque nesse planejamento.

Dinheiro com segurança e custo baixo: o brasileiro não abre mão

Conheça a ferramenta Xerpay e saiba como funciona o sistema que implementa o pagamento sob demanda, ou seja, os colaboradores de uma empresa podem antecipar parte de seus salários quando precisarem.

Essa ferramenta está mudando a forma como os funcionários lidam com o seu salário e gerando mais satisfação e motivação no trabalho.

O Xerpay pode ser um dos benefícios mais valorizados por quem trabalha em sua empresa. Fale com um especialista e conheça mais!

Conseguiu sanar todas as suas dúvidas sobre a liquidez dos investimentos financeiros? Se ainda tiver alguma dúvida, deixe aqui pra gente nos comentários!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.