Quando falamos sobre o que é hunting em RH, estamos nos concentrando em uma metodologia de recrutamento e seleção de talentos ativa, em que o Recursos Humanos estuda um mercado de trabalho específico na busca por profissionais especialistas para um determinado cargo.

Todo profissional de Recursos Humanos, que atua com recrutamento e seleção, sabe que encontrar candidatos ideais não é uma das tarefas mais fáceis. Principalmente, quando são cargos de alta gestão que exigem níveis de especialização profissionais bem elevados. É, justamente, aí que o conceito sobre o que é hunting em RH, entra em ação.

Diferente dos processos de seleção tradicionais, em que o candidato busca uma oportunidade na empresa, no hunting, a busca parte pela empresa. O RH fica responsável por:

  • procurar;
  • abordar;
  • oferecer uma proposta assertiva para recrutar esse profissional diferencial.

Isso acontece mesmo que o talento não esteja procurando por uma nova oportunidade.

Para entender melhor, vamos explicar neste post todas as funções dessa atividade e mostrar como saber o que é hunting em RH pode transformar o êxito do processo de contratação da sua empresa. Confira!

O que é hunting em RH?

Hunting é uma expressão da língua inglesa que significa “caçar”. O que é hunting em Recursos Humanos é literalmente “uma caça aos talentos”, que o setor de RH faz para achar candidatos qualificados, em casos específicos.

A prospecção é ativa, portanto, é a empresa que busca pelo profissional conforme seus objetivos organizacionais e  o que foi estabelecido pelas gestão de metas. Mas como o RH encontra esse especialista se ele pode não estar se candidatando para novos cargos?

Networking explica o que é hunting em RH! No processo de hunting, o recrutador é chamado de headhunter, que é, grosso modo, um “caçador de cabeças” com uma rede de network poderosa.

Ele é, em geral, muito bem relacionado e transmite confiança, por isso o processo de seleção por meio do networking é estratégico. A assertividade na busca por profissionais adequados para áreas executivas e lideranças é potencializada.

Qual a diferença entre Search e Hunting?

Ambos são processos de seleção, mas aplicados em contextos diferentes. Entenda:

Search

Search é o recrutamento tradicional, em que o setor de RH realiza o processo seletivo, considerando os candidatos disponíveis no mercado de trabalho.

Geralmente, é realizado um anúncio de vaga e o próprio candidato envia seu currículo ou preenche formulários em sites de emprego, para disputar a oportunidade.

O search é uma opção para vagas operacionais, que buscam um perfil profissional mais técnico. Isso porque são vagas com definições mais claras e diretas de suas exigências, permitindo a automatização do processo.

Hunting

O conceito sobre o que é Hunting em RH aborda um tipo de recrutamento para necessidades mais específicas, em que o departamento vai em busca do profissional, independente da sua atual colocação no mercado.

Como já explicamos, o headhunter caça os profissionais mais aptos, por meio da sua rede de network, considerando as principais necessidades da vaga.

Ele cria uma abordagem inteligente de venda do cargo, e dependendo das vantagens da proposta, o profissional decide se aceita ou não o recrutamento para essa nova oportunidade de trabalho.

É muito comum que, nesses casos, a oferta vá além do encontrado no mercado, uma vez que o objetivo é atrair o talento. Para isso é essencial para potencializar as vantagens desse negócio.

O que é hunting em RH é uma opção para vagas que possuem critérios de seleção mais subjetivos, como:

Além de critérios de seleção técnicos, como nível de formação e capacitação. Ou seja, altos cargos de liderança.

Leia também: Como desenvolver a inteligência emocional no trabalho: como e por que desenvolvê-la?

Como funciona o hunting em RH?

Agora que você já sabe o que é hunting em RH, é hora de colocar o mecanismo em ação.

O primeiro passo é conhecer o perfil da vaga e os seus critérios de preenchimento.

Considere as características mais importantes que o profissional deve ter para ocupar esse cargo.

Crie uma lista com requisitos para buscar esse profissional. Se a sua empresa não contar com um headhunter ou com ferramentas adequadas para efetivar com qualidade esse recrutamento, considere contratar uma consultoria de RH especializada.

Em um segundo momento, com um plano de ação estabelecido, é realizada a abordagem dos candidatos para conhecer quais são as suas reais competências e atuais situações no mercado. Assim, a elaboração da proposta pode ser feita com mais precisão e assertividade.

Feita uma análise dos profissionais considerados, uma lista com as opções mais adequadas deve ser apresentada para os gestores. Os pontos fortes e os pontos fracos de um profissional devem ser bem detalhados, considerando as necessidades da vaga em questão.

O próximo passo é elaborar uma proposta oficial que seja agressiva e coloque a sua empresa à frente da concorrência.

É muito provável que o candidato ideal já esteja atuando em outra organização, por isso a proposta precisa ser significativa.

>> Produzimos um livro digital que apresenta um passo a passo para a produção de um planejamento de recrutamento e seleção assertivo. Clique aqui e acesse agora mesmo!

Por que hunting em RH é importante para a sua empresa?

Custos excessivos com turnover,  ou rotatividade de funcionários, é um problema sério. Além de gastos com:

Isso tudo sem contar com a frustração pela falta de compatibilidade que prejudica a empresa.

O conceito sobre o que é hunting em Recursos Humanos é uma solução de recrutamento assertiva e cautelosa – é um investimento!

Esse mecanismo promove uma busca inteligente por profissionais de alto impacto, que possam potencializar os resultados organizacionais, ocupando cargos de gestão e liderança.

Entender o que é hunting em RH é essencial para transformar esse processo de busca e otimizar o trabalho do setor.

Uma contratação qualificada pode influenciar, inclusive, a confiança e satisfação de toda empresa.

Quais são os erros mais comuns no hunting?

O processo é robusto e complexo, fique atento para não cometer os seguintes erros:

1. Achar que qualquer um pode fazer

Know-how e networking definem bem o que é hunting em RH, por isso não é qualquer um que pode aplicar esse tipo de recrutamento.

O headhunter é um profissional especializado, que domina as técnicas mais estratégicas, confidenciais e éticas para selecionar os candidatos ideais.

2. Duvidar da eficiência do mecanismo

Hunting não é o LinkedIn. Essa rede social é uma ferramenta incrível para encontrar profissionais dos mais diversos tipos e níveis de capacitação. Contudo, não possui garantia de atualização de dados e nem todas as opções de currículos.

Profissionais que realmente podem ser um diferencial para o seu negócio podem não estar no LinkedIn. O processo seletivo por hunting vai além da rede social.

Esse mecanismo de recrutamento faz uso de uma rede de network estratégica, que encontra profissionais ideais, independente da sua situação no mercado e uso de redes sociais.

3. Não conhecer o mercado

Um estudo criterioso do mercado é indispensável para entender qual perfil de profissional está à disposição.

Não adianta idealizar um super-profissional, é preciso conhecer as melhores opções que o mercado oferece para a vaga da sua empresa.

O que é hunting em Recursos Humanos é uma ferramenta que vai além do processo de recrutamento tradicional e gera resultados mais precisos para a organização.

A médio e longo prazo, um quadro de funcionários de excelência, com maior engajamento e menor taxa de turnover, pode ser criado.

Saber o que é hunting em RH é fundamental para potencializar essa busca por lideranças transformadoras e levar a sua empresa a outro patamar. Com esse mecanismo estratégico, a “caçada” será pelo sucesso.

Uma plataforma de Recursos Humanos vai ajudar sua empresa a controlar de maneira mais eficaz todos os seus processos. Com a Xerpa sua empresa terá acesso a benefícios como:

  • reduzir o tempo nos seus processos de admissão de desligamento de funcionários;
  • ter um processo mais claro e seguro;
  • evitar penalizações, multas ou qualquer risco relacionado à questões legais e gestão de informação da empresa.

Xerpa é a única que entrega uma experiência incrível e ainda resolve o problema real que o cliente tem. Fale com um especialista e descubra como reduzir 30% dos custos do seu RH.

Gostou? Então, siga a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e veja mais conteúdos como esse.