o-que-e-dress-code

O que é dress code? Entenda a importância da roupa no ambiente de trabalho

Você já deve ter ouvido falar, mas sabe mesmo o que é dress code?

Dress code é um código de vestimenta que indica a maneira mais adequada para se vestir em determinada ocasião. Seja em eventos sociais, ambientes de trabalho ou mesmo para ir à escola ou faculdade.

O objetivo é padronizar o visual, fazendo com que todas as pessoas estejam em conformidade. Pode ser considerado um facilitador na hora de escolher a roupa mais adequada para cada situação.

A flexibilização na maneira de se vestir é uma realidade atual, observada tanto nas ruas como no ambiente de trabalho das mais diversas empresas.

Contudo,  a falta de um dress code pode funcionar bem para algumas empresas, mas ser um completo desastre para outras. Por isso, é preciso tomar cuidado e conhecer bem a cultura de cada companhia.

O que vemos atualmente é uma necessidade de valorização dos estilos pessoais, prezando pelo sentimento de segurança e autenticidade de cada pessoa. E isso é muito válido e importante, afinal cada indivíduo tem sua maneira de se vestir, de falar e, claro, de pensar e as roupas representam bem sua personalidade.

Mas, por mais livre que as pessoas queiram se sentir, ainda é preciso seguir um padrão de vestimenta. Infelizmente – ou felizmente, pois funciona muito bem, dependendo de cada caso – nem todas as ocasiões permitem tamanha liberdade. Sejam elas sociais ou profissionais.

E não estamos dizendo que você deve ignorar o seu estilo e seguir o que “a sociedade manda”. Dress code não significa, necessariamente, usar trajes extremamente rígidos e formais.

É totalmente possível adaptá-lo às suas peculiaridades. Quer saber como? Então, continue lendo esse artigo até o final e descubra o que é dress code e como usá-lo a seu favor. 

O que é dress code, afinal?

Você já se sentiu deslocado em uma reunião ou festa, pois a roupa que usada destoava da maioria das pessoas. Saiba que o dress code é adotado justamente para evitar esse tipo de situação.

Em tradução livre, dress code nada mais é do que um código de vestimenta. Uma indicação da forma mais apropriada para se vestir em diferentes ocasiões, seja em eventos sociais, ambientes corporativos, escolas ou festas, por exemplo.

O intuito é criar uma conformidade de vestimenta entre as pessoas que frequentam o mesmo ambiente.

Em muitos casos, o objetivo é mesmo criar uma padronização, como ocorre com o uso de uniformes. Mas no geral, o que se pretende é harmonizar as vestimentas de acordo com a ocasião e com o estilo da empresa.  

É também uma forma de impedir o excesso de informalidade ou uso de peças inadequadas.

A princípio, uma das principais funções do código de vestimenta era de diferenciar os nobres dos plebeus. Um bom exemplo é o uso da cor púrpura que na antiguidade era restrita aos reis, imperadores e alto clero.

Hoje ela virou elemento de moda e qualquer pessoa que deseje, pode vesti-la. Da mesma forma, muitos outros códigos e elementos foram sendo ampliados, modernizados e estão se tornando mais flexíveis.

Normalmente, é mais comum ver a especificação do dress code em convites de grandes eventos, como casamento e formatura, por exemplo.

Mas o dress code também está envolvido em qualquer ocasião, mesmo que de forma mais discreta e menos imperativa, como na roupa que você escolhe para ir ao teatro, a um show ou a um enterro, por exemplo.

O que significa dress code para o ambiente de trabalho?

fatores-dress-code-corporativo

Apesar ser vetado qualquer preconceito em relação à forma de se vestir de uma pessoa, toda empresa se reserva o direito de contratar ou não um profissional baseado na forma que ele se porta e isso inclui as roupas que ele veste.

É importante ressaltar que isso, na maioria das vezes, não tem nada a ver com preconceito, mas sim com a adequação da imagem do profissional à da organização. Afinal, ele se torna um representante da marca e assim deve seguir certas regras.

Por este motivo, existem empresas que adotam código de dress code rígido, exigindo o uso de uniformes ou traje social completo.

Já outras adotam códigos mais flexíveis, permitindo trajes mais esportivos, com camisetas e calça jeans. E, seguindo a tendência de flexibilização, algumas destas empresas mais “formais”, já permitem que seus funcionários usem roupas mais descontraídas na sexta-feira (casual Friday). 

Ultimamente, temos visto muitas empresas adotando o “no dress code”, ou seja, a ausência de uma política de vestimenta. Isso significa que você está realmente livre para escolher a sua roupa – pode, inclusive, ir de chinelo ou pijama, se quiser.

O intuito desta política é incentivar os funcionários a usarem roupas que os deixem à vontade, acreditando que com esta sensação de bem-estar, a produtividade e os resultados aumentem.

Entretanto, somente uma pequena parcela das empresas adota o “no dress code”. E não é porque este modelo está começando a ganhar força e sendo objeto de desejo de muitos profissionais que ele será unanimidade no futuro. Para muitas organizações isto não funciona.

Fatores que determinam o dress code

Empresas têm diferentes objetivos e o dress code é influenciado, inevitavelmente, pela profissão que você exerce, ambiente de trabalho e nível hierárquico.  

A formalidade tende a ser mais exigida quando a interação dos funcionários com os clientes é alta. Isso porque quem contrata a empresa espera encontrar profissionalismo e integridade – fatores muitas vezes associados à uma vestimenta mais formal.

Empresas de varejo tendem a adotar uniformes para facilitar que os clientes identifiquem os funcionários e para comunicar uma imagem corporativa mais séria.

Por outro lado, startups e empresas de tecnologia e comunicação, em geral, adotam dress code mais casual.

O código de vestimenta também pode estar relacionado à promoção da saúde e segurança. É o caso de profissionais que trabalham com manufatura, serviços de hotéis, alimentação, atendimento médico ou trabalho de laboratório.

A empresa precisa assegurar uma regra rígida para que os funcionários usem roupas e acessórios de proteção.

Importância do dress code no ambiente corporativo

A forma como você se veste reflete muito sobre a sua personalidade e tem impacto direto na forma como os outros percebem você. Em um ambiente de trabalho, o que as pessoas percebem de você influencia o que elas pensam sobre o seu desempenho profissional.

A verdade é que não se deve julgar o livro pela capa, mas no ambiente corporativo esse ditado não funciona perfeitamente.

A vestimenta comunica uma mensagem. E essa mensagem é responsável por transmitir os seus valores e os da organização, pois, ao se tornar funcionário, você se torna espelho de tudo o que a empresa quer comunicar para o mercado.

Ou seja, concorde você ou não, o dress code define a imagem e o posicionamento da empresa para os clientes e a sociedade em geral. Por isso, é tão valorizado no ambiente corporativo.

Assim como o gestual, as roupas são elementos estratégicos para uma comunicação eficiente.

Como se vestir adequadamente no ambiente corporativo

A primeira e mais valiosa dica para acertar no dress code da sua empresa é: use o bom senso!

O dress code não tem um padrão definido, ele é adaptável aos mais diversos segmentos, setores e hierarquias. Contudo, é essencial saber que empresas mais tradicionais exigirão roupas mais formais.

Nas empresas de advocacia e engenharia, por exemplo, a tendência é um dress code mais formal, sóbrio para transparecer a ideia de credibilidade e confiança.

Já empresas de tecnologia e comunicação não exigem tanta formalidade e permitem peças mais leves e descontraídas, remetendo à criatividade

Isso significa que seguir o dress code não é necessariamente adotar um estilo totalmente formal. O ideal é observar como os outros funcionários se vestem e tentar se manter dentro deste padrão.

Mais uma vez, vale lembrar que seguir as exigências de um dress code não é sinônimo de abandonar seu estilo pessoal. O importante é se adaptar às normas sem perder a essência da sua própria personalidade!

Organize melhor todos os critérios do seu RH

Além do dress code, o setor RH lida com um volume enorme de dados, políticas e outras ações que permitem ter uma gestão de pessoas eficiente.

Conheça a plataforma de Recursos Humanos da Xerpa e como ela pode ajudar sua empresa a otimizar as funções do departamento de RH.  Com a Xerpa sua empresa terá acesso a benefícios como:

  • reduzir o tempo nos seus processos de admissão de desligamento de funcionários;
  • ter um processo mais claro e seguro;
  • evitar penalizações, multas ou qualquer risco relacionado à questões legais e gestão de informação da empresa.

Xerpa é a única que entrega uma experiência incrível e ainda resolve o problema real que o cliente tem. Fale com um especialista e descubra como reduzir 30% dos custos do seu RH.

Gostou deste conteúdo? Siga a Xerpa nas redes sociais e fique por dentro de outras dicas! Estamos no Facebook, Instagram  e LinkedIn!

.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.