Quer saber o que as empresas fazem para motivar seus funcionários? Com base na cultura da sua marca e no perfil dos colaboradores, uma série de ações estratégicas pode ser realizadas, como:

  • dia offline;
  • show do intervalo;
  • ambiente de trabalho informal;
  • horário flexível;
  • anywhere work;
  • prêmios e bônus;
  • planos de carreira;·         
  • programas de bem-estar financeiro.

Continue a leitura e descubra os detalhes de cada uma delas!

Um olhar apurado para as movimentações do mercado é uma estratégia fundamental para antecipar tendências, ajustar as suas próprias ações e manter-se competitivo.

Até por isso, o seu setor de RH deve estar por dentro de tudo o que as grandes empresas fazem para motivar seus funcionários.

Dessa maneira, soluções personalizadas e diferenciadas podem ser elaboradas, visando um alinhamento essencial com o perfil de suas equipes.

Consequentemente, isso irá gerar resultados de qualidade na manutenção do engajamento e da motivação coletiva.

Quer saber, então, o que as grandes empresas fazem para motivar seus funcionários e identificar novas oportunidades internas? Basta seguir com a leitura deste post!

O que as empresas fazem para motivar seus funcionários?

Muitas marcas estão focadas, atualmente, na manutenção da satisfação coletiva em trabalhar nessas empresas. é o caso de grandes corporações como:

  • Microsoft;
  • Google;
  • Coca-Cola;
  • Guia Bolso;
  • Netflix;
  • Airbnb;
  • Dropbox.

Alguns exemplos de motivação no trabalho focam na qualidade de vida e no bem-estar do quadro de funcionários e, como resultados, benefícios diversos são colhidos.

Por exemplo: a produtividade é maior, bem como a fidelidade do colaborador, que vai retribuir a atenção da empresa com mais engajamento e afinco nas suas responsabilidades.

Vale destacar também que o que as empresas fazem para motivar seus funcionários também contribui com a atração de talentos, a redução do absenteísmo e também os elevados custos decorrentes da alta taxa de turnover.

Daí a importância de se inspirar em algumas das ações motivacionais que essas marcas empreendem internamente. Veja, a seguir, algumas delas:

1. Dia offline

Aí está um desafio interessante em plena era digital: um dia — por mês ou bimestral — em que toda a empresa trabalha offline.

Claro que isso tem que ser dosado de maneira que o fluxo de trabalho não seja prejudicado, mas o objetivo dessa ação é evitar que as pessoas recorram, a todo instante, às redes sociais e outras ferramentas que minam a produtividade.

Como efeito, os colaboradores vão interagir mais entre si, os líderes vão se aproximar dos membros de suas respectivas equipes e o espírito colaborativo pode ser renovado.

2. Show do intervalo

Reuniões, apresentações, avaliações. Com tantas situações formais que impelem os colaboradores a serem mais rígidos, um pouco de flexibilidade pode cair bem na rotina.

Uma das alternativas que as empresas fazem para motivar seus funcionários é o show do intervalo: o uso criativo e informal desse tipo de ocasião que tende a ser mais tensa.

Alguns exemplos são:

  • avaliações de desempenho desenvolvidas em formato televisivo, como um show de talentos;
  • reuniões conduzidas como se fosse um telejornal;
  • apresentações de resultados promovidas por personalidades que conduzem o evento de maneira criativa, com um storytelling, e que promova o engajamento dos participantes.

Um pouco de descontração faz bem ao ambiente, e é bom saber o que as grandes empresas fazem para motivar seus funcionários nesse sentido.

3. Ambiente de trabalho informal

Mais uma possibilidade de agregar leveza e harmonia à rotina corporativa por meio de uma solução simplificada: o ambiente informal.

Aqui, podemos considerar tanto uma avaliação de ambiente, desconstruindo os tons e móveis frios ou sóbrios por cores alegres, vívidas e que estimulem a produtividade.

Vale destacar, contudo, que essa transição tem que ocorrer ainda dentro dos pilares da cultura organizacional da empresa.

Não adianta investir em identidade jovial e informal se esse perfil simplesmente não encaixa no DNA da organização.

Além, é claro, do perfil dos colaboradores que — desde o processo de contratação — deve ter a ver com a identidade da empresa. Por isso esse trabalho deve ser desenvolvido com boa dose de planejamento, e não apenas porque grandes marcas, como a Coca-Cola e o Google, investiram.

4. Horário flexível

O horário flexível é outra dica interessante do que as empresas fazem para motivar seus funcionários e que se encaixa bem nas que já lidam com uma rotina fuida e que pode ser gerida de qualquer lugar.

Assim, os gestores agregam mais autonomia aos colaboradores, que vão construir o seu dia a dia com base em suas responsabilidades, mas respeitando os horários em que eles são mais produtivos e rendem mais, por exemplo.

Vale destacar, ainda, que esse tipo de ação fomenta a satisfação do colaborador em trabalhar na empresa. Principalmente, porque eles podem flexibilizar a rotina para equilibrarem seus anseios pessoais e desejos profissionais dessa maneira.

5. Anywhere work

Complementando à dica anterior, o anywhere work é uma modalidade que torna toda a empresa mais remotaseus profissionais podem trabalhar de onde estiverem.

Não à toa, a necessidade de se deslocar diariamente é reduzida, o planejamento do dia de trabalho é mais elástico e o colaborador ganha muito mais atrativos para desenvolver-se na empresa e de acordo com os seus horários livres.

6. Prêmios e bônus

Método simples e eficaz entre o que as empresas fazem para motivar seus funcionários: recompensas.

Importante destacar que isso pode surgir por meio de gratificações anuais — como a tradicional participação nos lucros — ou mesmo com base em metas específicas. Sem falar nos seus objetivos.

Um exemplo: se a meta é reduzir o absenteísmo, as premiações para quem tiver mais frequência já pode estimular o engajamento dos que mais faltam ao trabalho.

7. Planos de carreira

Quando o RH idealiza um plano de carreira, a motivação e o clima organizacional tendem a subir naturalmente. Afinal de contas, muitos colaboradores pedem demissão porque não veem mais espaço interno de crescimento.

Agora, se a organização trabalha para que todos tenham os seus esforços devidamente recompensados, o cenário muda. Além de reter os talentos, a sua marca também vai atrair interessados que tiveram experiências frustradas na concorrência.

8. Programas de bem-estar financeiro

Por fim, uma boa solução que as empresas fazem para motivar seus funcionários consiste no desenvolvimento de um programa de bem-estar financeiro.

São soluções teóricas e/ou práticas que ajudam a reduzir o estresse financeiro e devolvem a produtividade e o engajamento do colaborador endividado e que, por conta disso, perdeu o seu foco nas atividades profissionais.

Os resultados são benéficos para todos os envolvidos e essas ações têm tudo para agregar muito mais valor à reputação da empresa, na manutenção da satisfação e na felicidade dos seus colaboradores.

Que tal motivar os seus funcionários também?

E então, o que achou das soluções que as empresas fazem para motivar seus funcionários?

Já passou por alguma situação específica ou empreendeu dicas que não exploramos ao longo deste artigo? Compartilhe-as conosco, no campo de comentários do post!

Aproveite e conheça também a plataforma de Recursos Humanos que vai ajudar sua empresa a ter uma gestão de pessoas muito mais eficaz. Com a Xerpa sua empresa terá acesso a benefícios como:

  • reduzir o tempo nos seus processos de admissão de desligamento de funcionários;
  • ter um processo mais claro e seguro;
  • evitar penalizações, multas ou qualquer risco relacionado à questões legais e gestão de informação da empresa.

Xerpa é a única que entrega uma experiência incrível e ainda resolve o problema real que o cliente tem. Fale com um especialista e descubra como reduzir 30% dos custos do seu RH.

.