musica-no-ambiente-de-trabalho

Música no ambiente de trabalho: produtividade ou distração?

Você costuma ouvir música no ambiente de trabalho ou prefere o silêncio para trabalhar?

Enquanto muitos se concentram melhor ouvindo sua playlist favorita, outros não conseguem focar na realização das tarefas quando há algum som no ambiente.

Essa concepção varia de pessoa para pessoa e, acredite, até mesmo de um tipo de música para outro.

Talvez aquela banda que você adore ouvir no carro faça com que o seu trabalho seja bem prejudicado. Em contrapartida, música instrumental ou clássica pode aumentar muito a sua criatividade e foco, aumentando a produtividade.

Para saber mais sobre o uso da música no ambiente de trabalho, continue lendo este post.

Efeitos da música no cérebro

A música afeta uma área do cérebro responsável pela produção de dopamina, substância conhecida como neurotransmissor do prazer.

Esse mesmo hormônio é liberado quando comemos a nossa comida favorita, por exemplo.

Alguns dos efeitos da dopamina, além da sensação de prazer, são:

  • o aumento do foco;
  • redução do estresse;
  • maior motivação;
  • fortalecimento do sistema imunológico.

Ouvir música no trabalho ajuda ou atrapalha?

Ouvir música traz então uma série de benefícios ao corpo humano.

Pode aumentar a capacidade de concentração, dar mais pique para a realização de um exercício ou tarefa complexa.

A pesquisa ‘Assobie enquanto trabalha: impacto da música na produtividade’, publicado na área de negócios do Linkedin, trouxe algumas informações interessantes sobre o assunto:

  • 61% dos funcionários escutam música no trabalho para se sentirem mais felizes e produtivos;
  • 88% realizam o trabalho de maneira mais precisa quando estão ouvindo música;
  • Ambientes com música aumentam a precisão na inclusão de dados em 92%;
  • 58% das pessoas completam tarefas relacionadas ao processamento de dados mais rapidamente quando escutam música pop.

Mas apesar desses dados, vale lembrar que os efeitos da música no ambiente de trabalho vão depender do tipo de canção escolhida. As músicas causam reações diferentes nas pessoas, despertando sentimentos ou emoções familiares.

Enquanto para alguns determinadas faixas vão ajudar na concentração, para outros são uma verdadeira distração. Por isso, é praticamente impossível escolher uma trilha sonora que agrade a todos presentes em uma sala.

Estilo ideal de música no ambiente de trabalho

Apesar das reações provocadas pela música variarem de acordo com as pessoas, podemos afirmar que alguns ritmos podem ser escolhidos de acordo com o tipo de resultado que se deseja obter.

Música clássica, por exemplo, é excelente para cálculos e atenção aos detalhes. Música pop ajuda muito na manipulação de dados e informações.

Se o trabalho que você está realizando requer domínio linguístico, como a escrita, por exemplo, a melhor escolha são músicas instrumentais, já que as letras das músicas podem afetar a qualidade da tarefa.

Mas, se você precisa desenvolver um trabalho que requer muito foco e atenção, o melhor é escolher canções conhecidas e familiares. Músicas novas podem te surpreender e provocar distrações.

A diminuição do estresse provocada pela música no ambiente de trabalho pode ajudar na tomada de decisões, já que com um estado de espírito positivo é possível pensar em mais opções para a solução de problemas.

Outra vantagem interessante trazida pelo uso da música no ambiente de trabalho, independentemente do estilo escolhido, é a capacidade de trazer o cérebro para o momento presente.

Nossa mente tende a vagar para outros momentos, que na maior parte do tempo não são agradáveis.

A música no ambiente de trabalho vai ajudar a trazer o funcionário para a atividade do trabalho, tirando o foco de problemas pessoais.

E a política da empresa em relação à música no ambiente de trabalho?

Como já citamos anteriormente, a música no ambiente de trabalho afeta as pessoas de maneira distinta.

Proibir totalmente o seu uso no local de trabalho pode atrasar a conclusão de tarefas. Mas, ao mesmo tempo, liberar totalmente a música no ambiente pode causar divergências entre os funcionários e atrapalhar algumas pessoas.

O ideal é incentivar o uso de um fone de ouvido e que as músicas sejam escutadas em tom moderado.

Quando a sua playlist favorita é ouvida em volume muito alto, esse som vaza. Isso pode atrapalhar o colega da mesa ao lado que precisa de silêncio total para executar uma tarefa mais complexa, por exemplo.

Poucas empresas têm uma política fundamentada sobre o uso da música durante o horário de trabalho. Porém, é interessante pensar nesse aspecto na hora de redigir o código de conduta ou a cultura organizacional.

Também é importante promover a individualidade e permitir que cada um tenha a liberdade de escolher a música mais adequada para si.

Impor uma rádio ou uma playlist para a sala toda pode incomodar alguns funcionários. Além de ser uma atitude totalmente despersonalizada.

Isso vai contra as tendências atuais de gestão de pessoas e relacionamento com os colaboradores.

Em relação à postura individual do funcionário, cabe a cada um avaliar que tipo de música escolher para ajudar a alcançar resultados.

Claro que em alguns intervalos, é interessante ouvir algo que possa divertir e aliviar o estresse.

Porém, passar o dia todo mais preocupado com a música do que com o trabalho pode prejudicar seriamente o seu desempenho na empresa.

Estabeleça uma política para a sua empresa agora mesmo

Agora que você já sabe mais sobre a importância da música no ambiente de trabalho, vale pensar em como estabelecer políticas que vão permitir o seu uso, sem causar desgastes nas relações de trabalho ou tornar essa ferramenta um problema.

Aproveite para assinar a nossa newsletter e receber mais informações sobre gestão de pessoas. Assim você vai potencializar a produção da sua empresa e engajar ainda mais os funcionários.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.