Inscreva-se

O que é holerite e quais os modelos de holerite mais comuns no mercado?
Contabilidade

O que é holerite e quais os modelos de holerite mais comuns no mercado?

Holerite é o documento emitido pela empresa que comprova o pagamento mensal aos colaboradores pelo serviço prestado. Esse documento é fundamental para o controle financeiro da empresa e também do profissional.

É através do holerite que o colaborador pode saber o que tem direito a receber e quais os descontos serão feitos em seu salário bruto.

Além disso, o holerite serve também como comprovação de renda para a pessoa física. Sendo objeto fundamental em abertura de contas, empréstimos, financiamentos e etc.

Existem dois modelos de holerite no mercado e preparamos para você um material explicando como as equipes de RH utilizam cada um deles. Confira!

Assim que finalizar a leitura, recomendamos que você baixe esse eBook gratuito. Nele você descobrirá dicas essenciais para evitar multas na sua empresa! Responda o formulário e receba agora mesmo:


A origem da palavra holerite

A palavra holerite é derivada do nome do empresário americano Herman Hollerith, criador de uma máquina chamada “hollerith”. Essa tecnologia na época realizava tabulações e contagens estatísticas, através do cartão perfurado.

O cartão perfurado foi o precursor da memória dos computadores e surgiu no final do século XIX. Ele era utilizado para emissão de dados em massa, onde os técnicos inseriam informações e dados de comando nas máquinas.  

 

O que diz a lei sobre a emissão do holerite

A lei da CLT faz menção ao holerite em seu artigo 464 e determina que a empresa deve emitir o recibo que comprova o pagamento de salário ao colaborador. Nesse caso, ele é feito por meio do holerite.

Apesar disso, ele não é obrigatório, mas deve ser emitido como uma forma de resguardo financeiro da empresa e para controle do funcionário.

Art. 464 – O pagamento do salário deverá ser efetuado contra recibo, assinado pelo empregado; em se tratando de analfabeto, mediante sua impressão digital, ou, não sendo esta possível, a seu rogo.

Parágrafo único. Terá força de recibo o comprovante de depósito em conta bancária, aberta para esse fim em nome de cada empregado, com o consentimento deste, em estabelecimento de crédito próximo ao local de trabalho. (Parágrafo incluído pela Lei nº 9.528, de 10.12.1997)

Art. 465. O pagamento dos salários será efetuado em dia útil e no local do trabalho, dentro do horário do serviço ou imediatamente após o encerramento deste.

 

Informações necessárias nos modelos de holerite

A criação de um holerite depende de alguns fatores que exigem muita atenção do RH. Qualquer problema com um dos modelos de holerite pode gerar problemas com a justiça trabalhista.

É necessário ter como base para o preenchimento dos dados a folha de pagamento, para se fazer todos os descontos e deduções corretamente.

Além disso, é necessário se atentar a categoria em que o colaborador está inserido, para que assim sejam cumpridas todas as regras obrigatórias.

Dentre as informações necessárias que precisam conter nos modelos de holerite estão:

 

Modelos de Holerite

Dois modelos de holerite aparecem como os mais comuns dentro das empresas. Um se utiliza de uma cultura mais antiga e outra se aproveita da tecnologia para otimização do tempo e economia de gastos com impressão, são eles:

  • holerite versão impressa
  • holerite versão online

Abaixo detalhamos cada um desses modelos de holerite. Confira!

 

Holerite versão impressa

Entre os modelos de holerite mais comuns está o que é impresso em papel. É comum que eles sejam construídos a partir de uma planilha de Excel.

Com o formato em Excel, os gestores têm em mãos vantagens como:

  • controle de gastos com a automatização das planilhas;
  • visão ampla dos custos;
  • projeções de contratações e dispensas.

Ainda utilizado por muito tempo, dentre os modelos de holerite, esse exigia da empresa que fossem impressas duas vias e assinadas por colaborador e empresa.

Empresas que ainda utilizam o holerite em formato impresso, conseguem definir com gráficas especializadas um formato padrão para impressão.

Dessa forma, mensalmente, apenas se troca os dados de pagamento, eliminando a parte mais burocrática de preenchimento de dados.

Porém, com a evolução da tecnologia as empresas começaram a adotar o modelo online. Isso porque além de economizar com gastos de impressão, eles podem facilmente ser corrigidos.

 

Holerite versão online

Com a evolução dos modelos de holerite ao longo do tempo, a versão online começou a se tornar mais comum e vantajosa para as empresas.

Isso porque além de ser uma economia para a organização, é uma forma de preservação do meio ambiente por evitar impressões em papel.

Normalmente a versão online é como se fosse a antiga versão impressa, mas digitalizada, facilitando o acesso do colaborador. Nesse documento digital é possível ter acesso a todas informações necessárias, pelo celular, tablet ou PC.

Em relação ao envio, as empresas costumam mandar o holerite via e-mail ou compartilhando na nuvem, no Google Drive, por exemplo.

Assim, fica até mais fácil o armazenamento e o controle dos documentos por parte dos colaboradores e da empresa, sem que haja a chance de um papel que pode se perder.

 

Automatize seus processos com a Xerpa

Criou seu holerite corretamente, mas não sabe como distribuí-lo? A Xerpa te ajuda e resolve seu problema num passe de mágica. Na Xerpa você otimiza o envio do holerite para os seus colaboradores e pode reservar mais tempo para estratégia e menos para burocracia.

Com a solução da Xerpa, os seus holerites são enviados via whatsapp de forma rápida, tecnológica e sem esforços. Todos os holerites organizados em um só lugar e enviados por whatsapp, em poucos minutos para um número ilimitado de funcionários.

 

Holerite faz parte da organização da empresa

Independente dos modelos de holerite é fundamental que as empresas vejam esse documento como obrigatório em suas rotinas.

Organização é a palavra-chave para quem adota os modelos de holerite nos processos internos. Mesmo que a lei não exija a entrega dele para o colaborador, essa é uma forma de ter controle sobre os seus gastos.

Controlar os custos com pagamento e recebimento da empresa pode ser uma forma de minimizar gastos desnecessários e evitar possíveis processos trabalhistas.

Para o colaborador é uma forma tanto de comprovar sua renda, como de ter um acesso exato de quanto está recebendo pelo trabalho executado.

 

Conte para nós, deixando um comentário, sobre qual o modelo de holerite você utiliza na sua empresa e quais as principais dificuldades.

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *