Mercado de ações é um ambiente de negócios, em que parte do capital social de empresas expostas em ações é comercializado. Qualquer pessoa pode investir nesses ativos e rentabilizar aplicações, desde que tenha conhecimento sobre suas políticas de investimentos e astúcia para driblar a sua volatilidade.

Esse tipo de investimento é o segundo mais procurado pelos brasileiros quando o assunto é uma alternativa para aumentar o seu rendimento, só fica atrás da poupança. Em tempos de juros baixos como o atual, é praticamente uma recomendação.

O mercado de ações oscila bastante, considerando que diversos fatores afetam as cotações das empresas. Mas o que poucas pessoas entendem é que é justamente essa instabilidade, que permite uma lucratividade mais alta do que a de outros tipos de aplicação.

Se você tem interesse em finanças e quer aprender a potencializar a capital da sua empresa, acompanhe este post. Conheça tudo sobre o mercado de ações e comece a planejar os seus ganhos agora mesmo!

Como funciona o mercado de ações?

O primeiro passo para investir em ações com responsabilidade é, sem dúvida, aprender como funciona o mercado.  

O mercado de ações é o ambiente, onde todo processo de compra e venda de capital social de empresas é realizado. Grosso modo, o mercado de ações funciona da seguinte forma:

  1. Ações (fragmentos de uma empresa) são postas à venda.
  2. A pessoa que compra uma ação se torna uma sócia acionista, e passa a ganhar dinheiro conforme o crescimento e os lucros da empresa.
  3. As ações são negociadas em uma Bolsa de Valores. No caso do Brasil, na BM&FBovespa.
  4. Os investidores enviar ordens de compra e venda à Bolsa pela corretoras de valores.
  5. Quando há uma ordem de venda no mesmo valor de uma ordem de compra, a  negociação é fechada.

Para as empresas, a vantagem de participar do mercado de ações é trocar um pequena parte dela por recursos, que serão usados para o seu próprio crescimento. Ou seja, vender ações, permitir que pessoas se associem, e assim, arrecadar fundos que serão revertidos em investimentos.

O que é uma ação?

Ação é a menor fração do capital social de uma organização. Logo, uma empresa é composta por um conjunto delas. É a valorização dessas ações que determina se haverá lucro ou prejuízo numa aplicação. 

Quando uma ação é adquirida, o comprador torna-se um o sócio acionista e passa a participar dos ganhos e das perdas que a oscilação desse investimento pode sofrer. Por isso, desenvolver um planejamento é indispensável. 

As ações são negociadas em uma Bolsa de Valores. Embora qualquer pessoa possa investir em ações, o contato com a Bolsa de Valores só pode ser feito por meio da mediação de uma corretora de valores.

As corretoras oferecem diversas tecnologias facilitadoras, como atendimento remoto no site (Home Broker), aplicativos móveis, dentre outros. Por isso, a compra e venda de ações podem ser feitas on-line de maneira prática e na comodidade da sua casa.

O que é Bolsa de Valores?

A Bolsa de Valores é o local que oferece condições e sistemas necessários para realizar negociações de compra e venda de títulos e valores imobiliários, de forma segura, eficiente e justa. É onde atuam as transações do mercado de ações, fundos de investimento e contratos futuros.

A Bolsa tem atividade de auto-regulação para preservar seus elevados padrões éticos de negociação e divulgar as operações executadas com rapidez, amplitude e todos os detalhes.

No Brasil, a Bovespa é a líder no ramo, sendo responsável por grande parte do volume de negócios realizados em toda América Latina.

O que é Corretora de Valores?

Corretora de valores é uma instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que executam as operações de compra e venda de ações ou derivativos na Bolsa de Valores.

Assim como já dissemos, embora qualquer pessoa possa investir em ações, é preciso uma corretora de valores habilitada para realizar os processos de negociação.

As corretoras são importantes porque contam com profissionais especializados nesse tipo de análise de mercado e podem auxiliar os investidores a escolher as melhores opções de investimento, conforme o seu perfil e interesses. 

Dada a ordem de compra ou venda, é a corretora que acessa o sistema de negociação da Bolsa de Valores e executa o processo de investimento, tanto no  Mercado Primário (negociação direto com a empresa) quanto no Mercado Secundário (negociação entre investidores).

Como investir no mercado de ações?

Agora vem a parte mais importante, saber como investir de fato no mercado de ações e buscar com garra a rentabilidade que a sua empresa merece. Vamo lá?

 

Abrir uma conta

Antes de mais nada é preciso abrir uma conta em alguma corretora de valores. É um processo muito fácil, basta preencher um cadastro on-line. Depois, transferir o valor disponível para a transação da sua conta para a da corretora.

 

Escolher a ação de compra

Para escolher uma ação apropriada para a sua realidade e objetivos, conte com o suporte de profissionais experientes e pesquise bem as empresas em que deseja realizar aplicações. 

Leia relatório de analistas, consulte o histórico de oscilação, estude os balanços da organização, e também faça cursos que o ajude a entender ainda mais o fluxo do mercado de ações.

Ainda mais no começo, a orientação de especialistas pode ser um diferencial estratégico, já que as corretoras apresentam carteiras com as ações mais recomendadas para o seu perfil de investidor.

 

Realizar uma ordem de compra

Envie uma ordem de compra pela Home Broker ou tecnologia disponível na sua corretora de valores, e informe o código do papel, número de ações e o preço. Se existir um vendedor que aceite a oferta e as condições, a Bolsa de Valores executa a ordem. 

 

Pagar o investimento

O investidor paga o valor combinado pela compra da ação e arca com as taxas da corretora e da Bolsa de Valores. A corretora é a responsável por creditar a ação adquirida na conta do investidor.

 

Finalizar a transação

Pronto! O investidor passa a ser um sócio acionista da empresa, e conforme for o rendimento da empresa, ele passa a receber parte dos lucros.

Fácil, né? Saber como investir no mercado de ações pode ser uma alternativa para rentabilizar os ganhos da sua empresa, sem contar a capacitação estratégica em conhecimento financeiro que a sua equipe pode desenvolver

Escolher ações com bom potencial de retorno pode parecer desafiador, mas você não está sozinho. Conte com a apoio de especialistas, domine o mercado de ações e faça a sua empresa decolar!

E você, já pensou em investir no mercado de ações? Conta pra gente a sua experiência aqui nos comentários!