melhores práticas de rh

Fique de olho nas melhores práticas de RH deste ano!

Cuidar dos recursos humanos tem se mostrado uma das ações mais eficientes do setor de RH. Por meio dessas melhores práticas, há como aumentar a satisfação coletiva, bem como a produtividade e o bem-estar geral, configurando-se em uma percepção de marca mais positiva para a empresa.

 

As melhores práticas de RH têm sido examinadas de perto há muitos anos, e continuam a ser um tema de debate quente nos círculos de negócios.

Então, qual é a definição das melhores práticas de RH?

Resumidamente, é a ideia de que existem princípios universais de RH que proporcionam às empresas um ótimo desempenho nos negócios, independentemente de qual organização ou indústria elas são aplicadas.

No entanto, também não podemos descartar o princípio do melhor ajuste. É importante alinhar as metas de RH com as metas gerais de sua organização, para que os negócios e estratégia estejam na mesma página.

Quando você combina essas ideias, as melhores práticas se encaixam melhor. O planejamento estratégico é o ponto-chave de um bom gerenciamento estratégico de recursos humanos.

Para ajudar a sua equipe a se alinhar a essas vantagens, compilamos uma lista de algumas das melhores práticas de RH!

Dê uma olhadinha, e experimente acrescentá-las às ações já aplicadas na sua organização. Boa leitura!

 

Como essas melhores práticas de RH foram reunidas para o post?

Nós compilamos as melhores práticas de RH usando o estudo da Bersin, que analisou 140 ações do setor para entender quais delas agregam os maiores impactos no desenvolvimento das empresas.

Também incluímos cases e exemplos de empresas que ocuparam o primeiro lugar entre as 100 melhores organizações corporativas de acordo com as edições 2013-2014 da revista Fortune e, também, dos vencedores 2014-2015 da Glassdoor do Employees ‘Choice Awards.

Vamos a elas, então?

 

Quais são as melhores práticas de RH?

Abaixo, sem mais delongas, você pode avaliar algumas ações que têm rendido muito mais valor agregado às corporações. Veja só!

 

Recrutamento e Seleção

Um bom processo seletivo faz a diferença para qualquer empresa. Isso porque existem muitas maneiras de avaliar se alguém será um bom candidato para a empresa. Aqui vão as principais:

 

1. Anúncios atrativos

Entenda o perfil de profissional que você procura. Isso ajuda na elaboração de anúncios atrativos e, principalmente, em locais estratégicos que chamem a atenção desses candidatos.

 

2. Mais investimento na publicidade

Para atrair talentos de elevado nível, foque os investimentos em divulgações que impactem, de fato e potencialmente, esse perfil.

Nada de economizar em anúncios, se o seu público-alvo só se informa em determinado meio em detrimento de outros, mais acessíveis, por exemplo.

 

3. Programas de estágio

Ao estruturar seu programa de estágio, você consegue atrair novos talentos do mercado e, consequentemente, retê-los se você compreende bem os caminhos para isso.

 

4. Entrevistas por vídeo

Essa pode ser uma ótima ferramenta para poupar tempo e permitir que você tenha uma ideia inicial do entusiasmo e paixão que um indivíduo tem pela sua organização antes de levá-lo para uma entrevista — além de ajudar a eliminar candidatos em potencial que não querem mesmo se candidatar.

 

5. Seletividade

Como um departamento de RH, você deseja contratar as melhores pessoas que irão contribuir com o valor de sua empresa, e não prejudicá-la.

Para isso, identifique o perfil profissional para cada cargo da empresa e esforce-se em selecionar apenas aqueles muito bem alinhados ao DNA da organização.

 

Viu como existem boas práticas que podem ajudar a desenvolver ainda mais a sua marca com algumas melhores práticas de RH? Mas, calma: ainda tem muito mais!

>> Recheamos esse livro digital com dicas para estruturar um processo de recrutamento e seleção na sua empresa. Clique aqui e confira! 

 

Treinamento e desenvolvimento de profissionais

Tudo bem, você reservou um tempo para encontrar funcionários que deseja contratar, mas sua responsabilidade para com eles está apenas começando.

É uma prática recomendada de RH o investimento em oportunidades de treinamento e desenvolvimento para melhorar sua força de trabalho atual.

Para isso, concentre-se no treinamento específico de habilidades e perceba o valor que os jovens trabalhadores atribuem à aprendizagem.

À medida que as indústrias avançam a um ritmo cada vez maior, você pode apoiar e incentivar seus funcionários a crescer também, mantendo-os engajados em seu trabalho e em sua organização.

Algumas das melhores práticas de RH, nesse sentido, envolvem a contratação de estagiários para reduzir os custos de treinamento antes de contratá-los em tempo integral.

Depois de encontrar os funcionários ideais, você precisará mantê-los no topo e, à medida que a tecnologia se desenvolve, a importância de treinar funcionários não pode ser negligenciada. Se você quer que seus profissionais sejam profissionais, você precisa treiná-los continuamente para isso.

Outro elemento crucial é o foco em formas específicas de treinamento. Você pode ter um ótimo programa de treinamento, mas se foca em ensinar habilidades que não se alinham aos requisitos de trabalho ou aos objetivos da empresa, você está perdendo tempo e dinheiro.

Além disso, os funcionários mais jovens valorizam aprendizado. As melhores práticas de RH para treinamento também devem considerar o fato de que os millennials e a geração Z valorizam mais o aprendizado do que as gerações anteriores.

Com isso, a taxa de turnover pode reduzir bastante, já que a fidelidade vai ser maior, bem como o engajamento e a produtividade desses profissionais satisfeitos e motivados.

 

Transparência

Uma prática crucial de RH é a transparência e abertura com os funcionários em relação ao sucesso e fracassos do seu negócio.

Organizações que promovem um ambiente aberto de feedback e comunicação fazem com que os funcionários se sintam confiáveis, respeitados e valorizados.

Para ser um departamento de RH de alto impacto, você deve:

  • promover a colaboração e o compartilhamento de ideias;
  • estimular as ideias e opiniões, sempre de maneira aberta, objetiva e transparente.

Como um setor de RH, você também deve evitar focar em eficiência e cortar custos acima de tudo, já que isso pode ser menos efetivo em longo prazo. Em vez disso, promova práticas que incentivem o compartilhamento de informações.

 

Benefícios dos funcionários

Há uma miríade de benefícios que você pode oferecer aos funcionários, mas quais fornecem o maior valor?

Os melhores planos de benefícios adotam uma abordagem estratégica para atingir as metas da empresa e manter ótimos funcionários, além de garantir que eles entendam seus benefícios.

Para isso, comece entendendo quais benefícios demonstram o valor dos empregados. Assim, gera-se assertividade e o posterior engajamento deles nessa nova prática.

Além disso, você pode considerar o uso de benefícios para solucionar problemas no local de trabalho. Um bom exemplo disso são os programas de bem-estar financeiro.

>> Entenda a relevância do bem-estar financeiro neste livro digital que disponibilizamos gratuitamente: clique aqui e acesse!

Assim, por mais que o colaborador tenha um problema externo, a empresa ajuda-o na resolução do mesmo e, com o tempo, esse alívio se converte em fidelidade, mais produtividade e comprometimento.

 

Incentivos aos colaboradores

Incentivos têm seus prós e contras. Para que sejam plenamente eficazes, essa prática deve ser implementada de maneira que você saiba o que motiva os funcionários.

Isso porque alguns empregadores descobriram que é útil motivar os funcionários usando a comissão ou a produtividade como um indicador de um aumento, e não limitar os aumentos a uma revisão anual ou bônus no final do ano, apenas.

Assim, você impacta o colaborador exatamente onde o motiva mais. Por isso, tenha criatividade com os incentivos. Não foque apenas nas recompensas monetárias: use a dica acima e considere o que pode gerar mais bem-estar, satisfação e qualidade de vida dentro e fora do ambiente de trabalho.

>> Confira as dicas de formas de incentivo que separamos neste post: 4 formas de incentivo para funcionários que você ainda não conhece!

 

Compliance

A melhor maneira de lidar com problemas de compliance é evitar tê-los, em primeiro lugar. Assim, pode ser difícil conciliar as complexidades da dessa questão com as tarefas diárias de executar outras práticas de recursos humanos no local de trabalho.

Aqui estão algumas das melhores práticas de RH no contexto de compliance:

  • utilize softwares de gestão de RH;
  • designe uma pessoa pontual para sua equipe de RH, para que ela avalie, monitore e acompanhe as regulamentações e mude as regras de acordo com as necessidades da empresa e novas situações que apareçam.

Com isso, você tem mais controle sobre o que acontece na empresa, e garante que todos os colaboradores estão cientes dos processos, e se certificam de segui-los à risca.

 

Quais outras melhores práticas de RH aplicar na empresa?

Neste artigo, vimos que as melhores práticas de RH, atualmente, são concentradas na idealização de um bem-estar coletivo para os colaboradores.

O desafio, entretanto, está na sua elaboração a partir de ações mais personalizadas, focadas em necessidades e nos objetivos desse perfil médio da organização.

Só que, para que as nossas melhores práticas de RH façam ainda mais sentido, gostaríamos de ouvir também a sua opinião!

Quais delas podem ser aplicadas efetivamente, no dia a dia da sua organização, e quais estratégias você implementou e não foram citadas aqui? Compartilhe as suas experiências conosco, no campo de comentários!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.