melhores empresas para trabalhar

O que as melhores empresas para trabalhar tem em comum?

Todos os anos, um ranking com as melhores empresas para se trabalhar no país é divulgado. Essas organizações são assim reconhecidas porque adotam um conjunto de práticas e estratégias que valorizam a qualidade do ambiente de trabalho e a satisfação de seus colaboradores.

Consequentemente, seus resultados são surpreendentes e a disputa por uma vaga de trabalho é ultra competitiva, o que assegura a admissão dos melhores talentos do mercado. 

Mas afinal, o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum para atingir tais saldos? Algumas das práticas fundamentais adotadas por elas são:

  • gestão de pessoas bem estruturada;
  • plano de carreira arquitetado;
  • capacitação estimulada constantemente;
  • benefícios personalizados;
  • vida pessoal e profissional equilibradas;
  • ambiente de trabalho saudável;
  • políticas organizacionais flexíveis;
  • compromisso social e ambiental.

Se você quiser conhecer boas práticas para atingir melhores resultados, recomendamos a leitura deste artigo aqui.

Agora, para entender mais a fundo o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum, continue acompanhando este post. Separamos as principais informações sobre as condutas adotadas por elas, para ajudar a sua empresa a transformá-las em um chamariz de novas oportunidades. Boa leitura!

Quais são as melhores empresas para se trabalhar no Brasil em 2020?

Segundo a plataforma da Glassdoor, uma das muitas empresas que realizam o ranking anual, o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é a preocupação com a sua força de trabalho.

Ou seja, investem em diversas operações e oferecem benefícios que impactam diretamente a sua satisfação em relação a empresa. Mais adiante vamos explorar essas qualidades em detalhes. 

Veja a seguir 15 empresas brasileiras das 50 apontadas como as melhores opções para trabalhar no Brasil pelo ranking em questão:

  1. CI&T
  2. Petrobras
  3. Nubank
  4. Magazine Luiza
  5. Loggi
  6. Azul – Linhas Aéreas Brasileiras
  7. Globosat
  8. Ambev
  9. Banco BV
  10. Icatu Seguros
  11. B3
  12. Suzano
  13. Senior Sistemas
  14. Braskem
  15. BRQ

O que as melhores empresas para trabalhar tem em comum?

Assim como dissemos, o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum, incluindo as citadas anteriormente, é um conjunto de práticas e estratégias que valorizam o seu principal instrumento de valor, o colaborador.

Conheça agora as ações mais importantes e aprenda a transformá-las em ferramentas de otimização para o seu negócio.

Gestão de pessoas bem estruturada

Como o foco é o colaborador, o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é um departamento de Recursos Humanos (RH) estratégico e bem estruturado. 

Isso significa que a sua capacidade em atender as reais necessidades, demandas, anseios e preferências dos colaboradores é expressiva. A gestão de pessoas assegura essa qualidade.

Um exemplo de empresa que se destaca por ter uma relação singular com a própria força de trabalho é a Magazine Luiza. A rede varejista conta com uma cultura organizacional que estimula esse cuidado constantemente, por isso difunde programas de qualidade de vida, capacitação técnica, evolução pessoal, reforça valores essenciais, e assim por diante. O seu RH é visto como referência em todo país.

Plano de carreira arquitetado

Outra atribuição que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é a oferta de um plano de carreira, ou seja, a oportunidade de crescimento dentro do negócio.

Grande parte dos cargos dessas empresas exigem alto desempenho e comprometimento absoluto, por isso é essencial atrair e reter os melhores talentos do mercado. Uma estratégia adotadas para isso é arquitetar uma rápida ascensão profissional para os profissionais em destaque.

Um exemplo de empresa que se destaca pelas oportunidades de carreira é a Ambev. A cervejaria, que chega a ter mais de quatro mil candidatos por vaga para um programa de trainee, oferece salários altos desde o começo da carreira e estende treinamentos especializados, que podem levar esse novo funcionário rapidamente a um cargo de gestão.

Capacitação estimulada constantemente 

O que as melhores empresas para trabalhar tem em comum também é o investimento no aprendizado da sua força de trabalho.

Além de estruturar o seu plano de carreira, a oferta de programas de capacitação, treinamentos, cursos, workshops, imersões, palestras, dentre outros, é do mesmo modo um estímulo significativo para reter talentos

Uma empresa que se destaca por essa oferta é a Suzano. A empresa de papel e celulose estende diversos programa de aprendizagem, tais como o Suzano Talks, um evento que convida empreendedores de diversas áreas de atuação para compartilhar conhecimento estratégico; o ELOS, um treinamento voltado para profissionais de alta performance e potencial; treinamentos gerais (de segurança, qualificação técnica, liderança, dentre outros). 

Benefícios personalizados

Outro comportamento que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é o investimento em benefícios. Mais do que ofertar vantagens volumosas, as melhores organizações estendem opções personalizadas, considerando as reais demandas da sua força de trabalho.

Como vimos, elas contam com equipes de RH altamente preparadas que conhecem a fundo essas necessidades. Assim, sua carteira de benefícios se tornam um de seus grandes diferenciais competitivos.

Uma empresa que oferece benefícios estratégicas é a Azul. Além dos benefícios exigidos por lei, a companhia aérea ainda garante passagens gratuitas e ilimitadas aos seus colaboradores e dependentes (filhos e cônjuge), para todos os destinos que ela opera. Somente a taxa de embarque é cobrada e as reservas são feitas no regime Stand By.

E mais, a Azul ainda possui acordos com outras empresas internacionais e estende descontos em hotéis, aluguel de carros, dentre outros.

Vida pessoal e profissional equilibradas

Toda empresa que entra no ranking permite que os seus colaboradores equilibrem a vida pessoal e profissional. Afinal, o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é a preocupação com a felicidade da sua força de trabalho.

Em outras palavras, essas organizações são flexíveis, socialmente diversificadas, mais informais, inovadoras, estendem benefícios que atendam as demandas da vida pessoal (auxílio creche, licença maternidade e paternidade, jornada de trabalho maleável, auxílio cultura, etc), dentre outros. 

A Nubank é um exemplo claro dessa configuração estratégica. A fintech possui uma cultura organizacional jovem, que é bastante voltada às questões pessoais. Além de investir em diversidade e humanização, ela ainda oferece diversas atividades que estimulam o prazer e o bem-estar no local de trabalho (foodtrucks, vestimenta casual, debates sobre filmes, vôlei, tricô, aulas de idioma, etc).

Portanto, além de considerar o desenvolvimento profissional, o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é o investimento na contemplação e satisfação da sua equipe profissional.

Ambiente de trabalho saudável

A qualidade do ambiente de trabalho, dos relacionamentos interpessoais e da infraestrutura espacial está diretamente ligada a produtividade dos profissionais, não é mesmo? Portanto, outra atribuição que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é o cuidado com o clima organizacional.

 Os gestores dessas organizações estruturam o ambiente laboral de maneira estratégica, visando sempre o desenvolvimento do time operacional para assegurar os resultados do negócio.

Um exemplo desse tipo de investimento é da CI&T. A multinacional brasileira de soluções digitais assegura um ambiente saudável desde a seleção criteriosa dos seus colaboradores.

A sua cultura é um guia fundamental que preza por um ambiente de respeito para todas as pessoas, independente de idade, gênero, orientação sexual, deficiências, aparência física, dimensões corporais, raça ou religião. O estímulo é pela união, importância singular e pela voz que ela dá a sua força de trabalho.

Políticas organizacionais flexíveis

O que as melhores empresas para trabalhar tem em comum também é a flexibilidade. Mudanças no planejamento, tráfego congestionado de rede, altos níveis de estresse, trânsito intenso nas grandes cidades; as imprevisibilidades são incontáveis, por isso essas empresas adotam políticas organizacionais flexíveis.

A atual crise econômica trazida pela pandemia do novo coronavírus e as medidas adotadas como soluções emergenciais são uma prova da importância da flexibilidade para a sobrevivência do negócio em um mercado em constante transformação.

Uma empresa que merece destaque pela adoção de estratégias flexíveis é a Loggi, uma startup de logística. Com a chegada da quarentena, a empresa inovou um de seus principais programas de ingresso e boas-vindas, o Xboarding, tornando-o 100% on-line. 

Mesmo sendo executado a distância, todos os envolvidos preservaram a sua participação, até mesmo a presidência. Ou seja, a flexibilidade permitiu que a empresa continuasse a contratar e capacitar seus colaboradores, adequando-os à sua cultura e propósito fundamental. 

Compromisso social e ambiental

Por fim, o último atributo que as melhores empresas para trabalhar tem em comum, que vamos abordar aqui, é o seu compromisso socioambiental.

Diante da necessidade crescente e urgente de preservar os recursos naturais do planeta, o compromisso social e ambiental das empresas se tornou um quesito fundamental na escolha da atual geração de profissionais. Isso porque a falta desse cuidado pode revelar o despreparo da empresa em lidar com as próprias questões humanas.

Um exemplo de empresa que já se compromete com esses cuidados é a petroquímica Braskem. Com o intuito de melhorar a vida das pessoas por meio de soluções sustentáveis, a empresa investiu cerca de R$ 26 milhões em projetos de responsabilidade social no Brasil.

Além de ações que fomentam a indústria petroquímica nacional, a empresa apoia projetos socioambientais, culturais e esportivos.

Por que investir nesse conjunto de práticas é importante?

É fato que muitos empresários ainda têm dúvidas se o investimento em um ambiente de trabalho mais agradável tem realmente um retorno tão relevante.

Contudo, a comprovação é bastante óbvia. Um local de trabalho saudável, que fortaleça um clima organizacional prazeroso, melhore o relacionamento interpessoal, estimule a criatividade e dê mais autonomia e liberdade, impacta evidentemente o bem-estar e a satisfação do colaborador.

Estando plenamente contentes com o ambiente, a produtividade, motivação, comprometimento, são consequências inevitáveis.

Portanto, seja qual for o segmento, perfil ou tamanho do negócio, o que as melhores empresas para trabalhar tem em comum é a maneira estratégica com que elas lidam com às necessidades da sua força de trabalho.

A sua empresa também pode estruturar práticas como essas, melhorar os seus resultados e a reputação diante de candidatos e do próprio mercado. Quem sabe ela também não venha a entrar nesse ranking futuramente?

 

Gostou do artigo? Então, compartilhe-o nas redes sociais com amigos que também possam se interessar!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.