média salarial aos 30 anos

Qual a média salarial para jovens na casa dos 30 anos?

Ao sair do Ensino Médio (EM), um universo de possibilidades se abre para o jovem em busca de formação superior. E com ele, a resposta da pergunta mais ouvida durante toda sua vida é exigida. Afinal, “o que você quer ser quando crescer”? “E quando eu chegar aos 30 anos, qual será minha média salarial”?

Diversas são as questões que devem ser consideradas nessa escolha, tais como as pré-disposições, talentos, preferências, ambições, e assim por diante. 

Como se trata de uma decisão que exigirá um compromisso a longo prazo e influenciará toda formação de sua identidade social, pontos como a remuneração média e o possível patamar financeiro alcançado com uma determinada profissão também deverão ser considerados.

Para validar essa importância, veja a lista com a média salarial para profissionais com cerca de 30 anos das principais carreiras do mercado em 2020:

  • administrador – R$ 4.591,74;
  • advogado – R$ 4.657,43;
  • agrônomo – R$ 7.537,73;
  • arquiteto – R$ 6.317,82;
  • cientista de dados – R$ 7.059,77;
  • consultor de investimentos – R$ 5.511,41;
  • contador – R$ 4.528,19;
  • educador físico – R$ 1.547,56;
  • enfermeiro – R$ 3.440,04;
  • engenheiro civil- R$ 7.752,86;
  • engenheiro de produção – R$ 8.341,37;
  • segurança do Trabalho – R$ 7.642,26;
  • médico – R$ 7.518,45;
  • médico veterinário – R$ 4.145,82;
  • nutricionista – R$ 2.866,80;
  • profissional de marketing – R$ 3.455,00;
  • publicitário – R$ 2.990,00;
  • psicólogo – R$ 2.807,00.

30 anos de idade pode dizer muito ou pode dizer nada, as cobranças e comparações sociais desconsideram diversas questões que influenciam o status financeiro. Continue acompanhando o post e entenda melhor as especificações de cada profissão citada e a lógica por trás da definição dessa média salarial.

Boa leitura!

O que é levado em conta para estipular o salário?

A faixa salarial de jovens que se encontram na casa dos 30 anos no Brasil é bastante variável. Isso porque esse valor depende diretamente de algumas especificações laborais como:

  • curso;
  • área de atuação;
  • nível de escolaridade;
  • mérito social da instituição de ensino;
  • hierarquia de cargos ou posições;
  • perfil da organização contratante;
  • experiências prévias;
  • tempo de atuação na área;
  • habilidades específicas;
  • capacitações pessoais;
  • demandas do mercado.

Dessa forma, mesmo que os profissionais tenham a mesma idade e o mesmo curso superior, essas e outras características influenciam na definição do seu salário. Em outras palavras, para se definir uma média salarial, 30 anos de idade não é uma referência muito justa; suas qualificações individuais são expressivamente mais importantes.

Toda empresa busca colaboradores talentosos, empenhados e que tenha uma noção sobre o seu próprio plano de carreira. Por isso, é importante que o jovem conheça as ofertas trabalhadas no mercado e se dedique a potencializar as suas habilidades para assegurar uma remuneração ainda mais atrativa.

Se você quiser saber mais sobre definição salarial, recomendamos a leitura deste artigo aqui.

Qual a média salarial profissões mais populares do mercado?

Diante dessas particularidade e tomando como base jovens com nível superior completo, que já possuam experiência de cerca de 5 a 7 anos, confira a média salarial de algumas das principais carreiras do mercado atual. 

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Administrador

Média salarial: R$ 4.591,74

Grosso modo, a função do administrador é assessorar a elaboração e implementação de planos estratégicos e operacionais de uma organização. 

Por conta de natureza versátil, o administrador é um profissional essencial para negócio de todos os tipos, portes e interesses.

Advogado

Média salarial: R$ 4.657,43

Desde que aprovados na prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o advogado pode atuar nos mais variados casos jurídicos (trabalhista, civil, penal, eleitoral, ambiental, etc). 

Nesse caso, outro fator que influencia o valor da média salarial, 30 anos de idade confirmados em documento ou não, é o estado de atuação. São Paulo, Distrito Federal e o Sergipe são os que apresentam a melhor remuneração.

Agrônomo

Média salarial: R$ 7.537,73

A agronomia é uma área multidisciplinar, que engloba subáreas das ciências naturais, exatas, sociais e econômicas para otimizar a atividades da agricultura e da pecuária. 

Adubação, irrigação, controle de pragas, criação, reprodução,  dentre outros, são atribuição características da profissão.

Arquiteto

Média salarial: R$ 6.317,82

Arquitetos são os profissionais responsável pela projeção de espaços urbanos, internos e externos, residenciais ou comerciais, públicos ou privados. Além de considerar a funcionalidade e a estética do ambiente, o arquiteto também deve avaliar a viabilidade financeira e ambiental de cada projeto. 

Mesmo para profissionais com mais experiência, a média salarial aos 30 anos feitos ou superados, é estabelecida considerando a reputação do escritório de arquitetura.

Cientista de dados

Média salarial: R$ 7.059,77

Os cientista de dados são um dos profissionais mais buscados no mercado atual. Especialista analíticos em tecnologia da informação (TI), eles dominam recursos modernos e essenciais para a gestão digital como a inteligência artificial (IA), Big Data, segurança virtual, machine learning, linguagem Python, JavaScript, programação geral, e assim por diante.

A escassez de mão de obra qualificada é um questão preocupante para empresas em todo país.

Consultor de investimentos

Média salarial: R$ 5.511,41

O consultor de investimentos é aquele profissional que ensina a fazer uso inteligente do dinheiro, principalmente quando se trata de aplicações. Com um profundo conhecimento do mercado financeiro, planejamento econômico, finanças e educação pecuniária, o consultor oferece as melhores estratégias de investimento para cada perfil de cliente. 

Para profissionais com menos experiência prática, a média salarial pode sofrer grandes variações. Por ser um trabalho de risco evidente, a bagagem e capacitação profissional fazem toda diferença na remuneração.

Contador

Média salarial: R$ 4.528,19

O contador ou contabilista é o profissional que estrutura a gestão das Ciências Contábeis de uma organização. Isso quer dizer que ele é o responsável por atividade essenciais para manter o negócio saudável e dentro das conformidades legais. 

Dentre as atividades realizadas por esse profissional, estão a análise contábil, análise fiscal, controle financeiro, controle legal, análise trabalhista, controle patrimoniais e tributárias, e assim por diante.

Educador Físico

Média salarial: R$ 1.547,56

Além de possui uma variada média salarial, 30 anos de idade pode ser um fator interessante para o profissional de Educação Física (EF). 

Aulas de EF em escolas, clubes recreativos, academias ou personal trainers autônomos, são algumas das práticas que eles podem exercer. No entanto, como cada uma possui uma realidade prática singular, a remuneração é bastante variável. E em atividades que envolvem públicos mais descontraídos e dinâmicos, a jovialidade pode ser um fator favorável.

Enfermeiro

Média salarial: R$ 3.440,04

O salário do profissional de Enfermagem também pode variar de um estado para outro. O Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e o Rio de Janeiro são os estados com as melhores remunerações na área.

Enfermeiros podem atuar em hospitais, clínicas, centros de saúde e até em residências como autônomos.

Engenheiro Civil

Média salarial: R$ 7.752,86

Para engenheiros, a área de especialização também pode influenciar a média salarial. 30 anos de idade pode ser uma característica que prejudique trabalho autônomos, mas é indiferente para empregos convencionais na área. 

No caso da especialização civil, o profissional é o responsável pelo desenvolvimento de projetos de construção e reforma de diversos tipos de estabelecimento.

Engenheiro de Produção

Média salarial: R$ 8.341,37

Para essa outra área de especialização da engenharia, o foco é a linha de produção. Portanto, o engenheiro de produção é o responsável pela concepção, melhoria e implementação de sistemas em uma linha de produção, que envolve pessoas, materiais, informações, equipamentos, energia, dentre outros.

Essa especialização combina a tecnologia de fabricação, ciências da engenharia e ciência da administração, por isso é indispensável para corporações com escalas de serviços e produtos.

Engenheiro de Segurança do Trabalho

Média salarial: R$ 7.642,26

A segurança do trabalho é outra especialização da engenharia. Existem cursos técnicos na área, mas as melhores remunerações são de profissionais formados em engenharia. Além de dominar normas regulamentadoras de segurança e Sistemas de Gestão Integrados (SGI), esse profissional deve entender de cultura organizacional e gestão. 

Suas atribuições mais comuns são coordenar e efetuar análises de projetos para eliminar ou minimizar riscos de acidentes e doenças ocupacionais, fiscalizar o uso de equipamentos de proteção, realizar inspeções e fornecer as orientações necessárias para o bem-estar físico dos colaboradores.

Médico

Média salarial: R$ 7.518,45

Assim como outras profissões, a medicina possui uma vasta área de especialização, portanto conta com uma variada média salarial. 30 anos de idade também pode ser um fator que influencie a reputação profissional, principalmente por se tratar de um trabalho de elevado risco e que lida diretamente com um público bastante heterogêneo.

A medicina se ocupa da saúde humana, prevenindo, diagnosticando, tratando e curando patologias (físicas e mentais), que exigem conhecimento detalhado e rigoroso de disciplinas como a anatomia e a fisiologia.

Médico Veterinário

Média salarial: R$ 4.145,82

A medicina veterinária, por sua vez, lida com a saúde de animais, sejam eles domésticos, silvestres ou de rebanho. Esse profissional presta atendimentos de prevenção, controle, erradicação e tratamento de doenças, traumatismos ou qualquer outro agravo à saúde dos animais.

O médico veterinário também pode realizar o controle da sanidade de produtos e subprodutos de origem animal para o consumo humano. 

Nutricionista

Média salarial: R$ 2.866,80

O profissional de nutrição define cardápios alimentares que atendam às diversas necessidades e demandas do cliente, seja ele individual ou coletivo. Podendo atuar de maneira autônoma ou empresarial (escolas, empresas, hospitais, academias, etc.), o nutricionista estimula a saúde e a segurança física e mental, por meio de dietas e planos alimentares.

Aqui, a unidade federativa também influencia a média salarial, Pernambuco, São Paulo e o Maranhão oferecem as melhores remunerações no país.

Profissional de marketing

Média salarial: R$ 3.455,00

O profissional de Marketing é o responsável pelas estratégias de comunicação e vendas de uma organização. Sua função é essencial porque lida diretamente com o posicionamento de uma marca no mercado, criação de um relacionamento com o cliente, estratégias de fidelização comercial, estruturas de investimento e retorno financeiro com comunicação, e assim por diante.

Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e o Distrito Federal são os que oferecem a melhor média salarial. Além disso, ter 30 anos de idade não é um fator decisivo para a profissão, uma vez que ela engloba qualidades como a inovação, tecnologia e estratégia digital.

Publicitário

Média salarial: R$ 2.990,00

O curso superior em Publicidade e Propaganda habilita os profissional a trabalhar em diferentes áreas da comunicação, principalmente as que envolvem a criação, atendimento, acompanhamento e análise de campanhas e projetos de divulgação comercial. 

Os estados de  São Paulo, Distrito Federal e Rio de Janeiro também oferecem a melhor média salarial. 30 anos de idade identificados em documento pouco interferem nessa área profissional, as habilidades criativas, proatividade e noções de mercado são muito mais importantes.

Psicólogo

Média salarial: R$ 2.807,00

Psicólogos têm muitas possibilidades de atuação, seja no meio acadêmico, clínico, empresarial (Recursos Humanos, Gestão de Pessoas, etc.), serviços sociais, dentre outros.

Devido a tendência crescente de doenças mentais relacionadas ao bem-estar no trabalho, a profissão vem sendo cada vez mais requisitada no mercado. Os estados do Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Rio de Janeiro são os de melhor remuneração.

Desta forma, é certo afirmar que a média salarial das profissões mais populares do mercado em 2020 é bastante diversa. O profissional com 5 a 7 anos de experiência, que acabam de chegar a casa dos trinta, podem ter uma noção mais clara sobre a própria situação no desenvolvimento de suas carreiras.

Além disso, podem entender que cada profissão possui um patamar financeiro diferente e comparações cegas são prejudiciais, injustas e contraproducentes.

 

E aí, curtiu? As médias salariais aos 30 anos foram um susto ou apenas uma confirmação pra você? Compartilhe nas suas redes sociais e veja a reação de seus amigos.

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.