mau desempenho dos funcionários

Mau desempenho dos funcionários: como detectar e resolver o problema?

O desempenho individual de cada funcionário está ligado diretamente ao sucesso da empresa. No entanto, quando a situação é ruim e os empregados não estão rendendo, muitas organizações ficam de mãos atadas.

A maioria delas não percebe ou não sabe como lidar com aqueles colaboradores que estão passando por uma queda na qualidade de seu trabalho. Até que seja tarde demais.

O mau desempenho dos funcionários deve ser detectado no início. Assim será possível que a empresa tome as medidas necessárias para contornar a situação. Para identificar o problema, é necessário:

  • faça o diagnóstico correto;
  • realize análise de métricas e resultados;
  • peça o feedback do gestor.

Quando passa por situações difíceis, o primeiro instinto de um gestor é substituir o profissional, antes que ele prejudique o clima da equipe e contamine todos os seus colegas de trabalho.

No entanto,  a demissão pode trazer ainda mais prejuízos para a empresa, como os gastos com uma nova contratação e a rescisão de contrato com o funcionário atual, além de sobrecarregar a equipe até a chegada de outro profissional.

Para evitar que isso aconteça, a empresa deve agir para reverter a situação e melhorar os resultados do colaborador. Saiba como a seguir!

 

Como identificar o mau desempenho dos funcionários?

Exigir qualidade e satisfação no trabalho da equipe é uma tarefa complicada quando a empresa não sabe como motivar seus colaboradores para evitar possíveis demissões.

Ainda que a empresa possua um excelente processo de recrutamento e seleção, conseguindo contratar diversos talentos do mercado, nem todos irão se ajustar.

Com o tempo, a insatisfação ou incompatibilidade de alguns profissionais com seus cargos atuais ou equipe irão surgir.

A empresa deve estar alerta à essas situações para que isso não acabe virando um problema para seus gestores. Quando ignorados, podem piorar e causar grandes danos ao clima organizacional.

É fundamental saber que há diversos aspectos que podem ser aprimorados em relação ao mau desempenho dos funcionários no ambiente organizacional. No entanto, o primeiro passo é justamente identificá-los.

Portanto, antes de poder consertar um desempenho ruim, é necessário entender suas causas. Vem da falta de habilidade ou da baixa motivação? Saiba como identificar:

 

1. Faça o diagnóstico correto

Antes de agir, você precisa identificar os motivos do mau desempenho dos funcionários, pois um diagnóstico incorreto pode levar a muitos problemas mais tarde.

Você acha que o problema está na falta de capacidade do colaborador? Caso o problema seja esse e seja realmente necessário substituí-lo é preciso ter certeza. A baixa capacidade também pode estar associada a alguns pontos, como:

  • dificuldade de realizar tarefas difíceis;
  • baixa aptidão individual, habilidade e conhecimento
  • muito esforço, mas sem resultados;
  • falta de melhoria a longo prazo.

Pessoas com pouca habilidade podem ter sido mal preparadas ou promovidas muito cedo. Nesses casos, cabe à empresa oferecer o suporte necessário para capacitá-la ou decidir se ela deve ser realocada ou realmente substituída.  

Entretanto, muitas vezes o mau desempenho dos funcionários pode ser derivado da desmotivação entre o colaborador e seus líderes.

Normalmente, isso é causado por falta de comunicação ou comunicação agressiva, tratamento distante, críticas excessivas, falta de objetivo ou feedback.

Em outros casos, a infelicidade pode ser gerada por problemas estruturais da própria empresa, como:

 

2. Realize análise de métricas e resultados

Avaliações periódicas podem ajudar na identificação do problema. No entanto, envolvem muito mais do que olhar planilhas de resultados.

Há diferentes tipos de avaliações disponíveis para que sua empresa possa adotar, como no caso da avaliação 360º

Como seu nome já diz, ela leva ao conhecimento do funcionário as avaliações de todos os seus colegas, subordinados, superiores e até mesmo a de clientes. Além disso, ele também realiza sua autoavaliação.

Por meio desse tipo de análise é possível que a organização entenda melhor sobre o real cenário de seus colaboradores, compreendendo a situação de mau desempenho.

 

3. Peça o feedback do gestor

A pessoa mais indicada para falar sobre o mau desempenho dos funcionários é seu gestor. Ele acompanha sua equipe diariamente e poderá perceber mais facilmente quando a qualidade do serviço de alguém está caindo.

Junto ao funcionário, o gestor ainda poderá realizar um feedback para mostrar o comparativo de seus resultados com os anteriores. Dessa forma, o profissional pode entender melhor como seu desempenho está ruim.

Além do gestor desses funcionários, o RH é um grande aliado da empresa para reverter essa situação. Acompanhe!

 

Como o RH pode ajudar nessa situação?

O RH é um dos setores responsáveis por realizar a gestão de pessoas das empresas. Ele coordena, planeja e monitora o desempenho das equipes para que o empreendimento seja altamente produtivo.

Portanto, quando o mau desempenho dos funcionários é detectado, os profissionais de RH podem atuar de diferentes formas para ajudar na situação.

Entre suas principais ações, podemos listar:

 

1. Desenvolver programas de gestão de pessoas

A gestão de pessoas é primordial para qualquer empresa. Esse programa irá permitir que os colaboradores estejam no centro das preocupações, sendo mais vistos e, consequentemente mais avaliados.

Dessa forma, a empresa passará a ter um setor focado nas ações e reações de cada funcionário, podendo agir assim que algo estranho seja identificado.

 

2. Criação de programas de incentivo

Outro tipo de programa que pode ajudar com o mau desempenho dos funcionários é o de incentivo.

O RH é capaz de estruturar um programa de incentivos ou metas para alavancar a motivação dos colaboradores. Para isso, é importante entender quais são os benefícios buscados e necessitados pelo time.

Dessa forma, é possível formar um time produtivo que passe a se sentir satisfeito com seu trabalho, oferecendo um trabalho ainda melhor para a corporação.

 

3. Trace metas junto ao colaborador

Metas impossíveis de serem batidas contribuem diretamente com o mau desempenho dos funcionários.

Portanto, para entender melhor a capacidade de cada funcionário e poder ajustar a melhor meta para cada um, é importante traçá-las junto aos profissionais.

A empresa deve ser flexível em alguns pontos e deve haver um consenso entre as partes. Assim, o funcionário saberá que vale a pena se esforçar, pois a meta é alcançável.

 

4. Reconheça as melhorias

Assim como os resultados negativos devem ser apontados, as melhorias do funcionários devem ser reconhecidas.

Por isso, acompanhe de perto sua evolução e mostre que a empresa valoriza e reconhece seu esforço.

Mostrar que a organização está notando a evolução do colaborador e que se importa com ele é uma tática importante para motivar a equipe.

 

5. Incentive o desenvolvimento profissional

Caso o problema do mau desempenho dos funcionários seja por falta de conhecimento técnico, a empresa ainda pode incentivar e até proporcionar treinamentos de capacitação.

Além disso, é fundamental criar um ambiente que favoreça a evolução de cada um e dê espaço para que o colaborador se sinta seguro para crescer e desenvolver seus aprendizados.

 

Como você pode perceber, para lidar com o mau desempenho dos funcionários, sua empresa deve entender a raiz do problema antes de tentar implementar uma solução.

Para isso, conhecer seu time é fundamental. Após isso, será possível criar as melhores estratégias para motivar seu time e melhorar o desempenho de cada um deles.

 

Sua empresa já lidou com alguma situação de mau desempenho dos funcionários? Deixe seu comentário, contando pra gente!

 

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.