má gestão

Conheça os principais sintomas de uma má gestão de pessoas

A gestão de pessoas ocupa uma importância cada vez maior nas empresas. Elas passaram a entender como o capital humano é importante para o crescimento organizacional.

Essa importância recebe ainda mais atenção se levarmos em conta que com a facilidade das redes sociais e de portais de vagas, está mais fácil para os profissionais se colocarem à disposição no mercado.

Isso aumenta os índices de rotatividade e traz diversas complicações para a empresa. A melhor maneira de evitar o problema é evitar a má gestão de pessoas, valorizando os profissionais e dando motivos para que eles continuem trabalhando na sua organização.

Neste post, vamos indicar alguns sinais de que essa gestão ruim está acontecendo na sua empresa e como resolver o problema. Seja você um CEO, um profissional de RH, ou o coordenador da equipe, vale a pena prestar atenção neste conteúdo!

Principais sinais de uma má gestão na empresa

Logo abaixo listamos os principais sinais de uma má gestão na empresa. Em seguida, você irá descobrir os detalhes e o que fazer em cada um deles.

  1. Microgestão de tarefas;
  2. Falta de planejamento;
  3. Liderança negativa;
  4. Colaboradores insatisfeitos;
  5. Baixa produtividade;
  6. Comunicação interna ruim.

1. Microgestão de tarefas

Esse é um dos maiores sintomas de problemas com a gestão de pessoas, e que mais causa desmotivação nos profissionais.

Ocorre quando o supervisor cobra a realização de toda e qualquer pequena tarefa, ficando “em cima” dos colaboradores.

Os funcionários não são valorizados e tratados com o respeito que merecem. Pois essa é uma abordagem direcionada a pessoas incapazes de gerenciar o próprio trabalho e de atuarem em prol de um objetivo.

O reconhecimento positivo e a autonomia são os melhores caminhos para se obter bons resultados. As pessoas conseguem trabalhar melhor com gerentes que confiam em seu potencial.

2. Desorganização e falta de planejamento

Para uma boa gestão de pessoas, é necessário entender as habilidades de cada um e distribuir as funções de acordo com essas competências.

A falta de planejamento para os  projetos, delegando as tarefas para as pessoas mais indicadas, e o acompanhamento das etapas, é um forte sinal de problemas com a gestão.

Quando não há uma compreensão das habilidades individuais e as tarefas não são delegadas de forma inteligente, é notável que a gestão não está sendo realizada como deveria, complicando assim o acompanhamento de resultados.

É de responsabilidade da liderança organizar e entender como as funções estão sendo exercidas e como cada um contribui para um resultado satisfatório.

3. Liderança negativa

Um gestor incapaz de ouvir a equipe, receber feedbacks e fazer adaptações, não vai conseguir ajudar o time ― e a empresa ―  a alcançar o sucesso.

Um bom líder deve abrir espaço para sugestões, ter empatia, abandonar a postura autoritária e ser honesto em relação aos rumos da empresa.

Apenas com esse posicionamento é possível engajar os funcionários, trazer o sentimento de equipe e coordenar as ações em direção ao alcance de metas.

4. Colaboradores insatisfeitos

A insatisfação dos funcionários é um forte sintoma de problemas na gestão de pessoas.

A administração de talentos engloba uma série de aspectos como as condições de trabalho, os benefícios oferecidos, o reconhecimento das habilidades, a capacidade de engajar, entre outros.

Quando há problemas na gestão, os funcionários sentem grande desmotivação e começam a fazer o trabalho sem empenho. Apenas o mínimo necessário para cumprir as tarefas.

Não raro, começam a procurar outras oportunidades no mercado, afetando diretamente os índices de rotatividade da empresa.

Para evitar o problema, é importante estabelecer políticas que priorizem a valorização do profissional. Desta forma o colaborador sentirá que é importante para a empresa e terá vontade de se desenvolver nesse ambiente.

5. Baixa produtividade

Faz parte de uma gestão de pessoas eficiente entender as competências de cada um e valorizar esses aspectos. Assim como dar suporte e espaço para o desenvolvimento das habilidades que ainda estão deficientes.

Para isso, é recomendado o uso das avaliações de performance, que dão um quadro bem claro do desenvolvimento do funcionário, e de feedbacks para trabalhar esses resultados com o profissional.

Observar a equipe e identificar essas habilidades é o primeiro passo para aumentar a produtividade e aproveitar ao máximo o capital humano disponível. Essa prática também desperta o sentimento de pertencimento e de valorização nos colaboradores.

Quando não há essa preocupação, as equipes acabam apresentando uma produtividade abaixo da média, mesmo que conte com profissionais de alta formação e experiência.

6. Comunicação interna ruim

Não é a toa que a comunicação interna é um dos pilares da gestão de pessoas.

A empresa deve ser transparente em relação às expectativas e mudanças internas. Os funcionários devem estar a par dos projetos como um todo, pois só assim vão entender o que devem entregar ao cliente.

Além disso, essa transparência vai ajudar os funcionários a realizarem suas tarefas com mais qualidade e a tomarem decisões, dando uma sensação de propósito e facilitando o engajamento.

Enquanto a comunicação interna ruim dá a sensação de caos, quando bem trabalhada deixa os funcionários mais seguros, pois eles sabem que tem alguém no comando e sentem mais confiança na execução do trabalho.

Quando há a percepção desses sintomas, vale a pena fazer um aprofundado exame interno e identificar se está sendo praticada uma má gestão de pessoas na empresa e o que pode ser alterado para melhorar esse quadro.

Em alguns casos, investir no aperfeiçoamento de algumas áreas pode resolver o problema. Em outros, é necessário apostar na reformulação da cultura organizacional.

O importante é saber identificar esses sinais de má gestão e promover ações para minimizar ou resolver a questão. Faça isso antes que ela traga consequências sérias para a empresa.

Aproveite para compartilhar este conteúdo nas redes sociais, para que mais pessoas consigam trabalhar esses pontos em suas corporações.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.