Uma boa rede de contatos pode te salvar em momentos cruciais, como a procura de uma nova oportunidade de trabalho por exemplo. Mas poucas pessoas sabem como usá-la de forma eficiente ou como começar esse networking. Para criar e manter esses relacionamentos, a tecnologia trouxe uma solução: o LinkedIn.

O LinkedIn é a maior plataforma de networking profissional do mundo, cujas conexões visam contribuir com os seus planos de carreira. Desenvolvida como uma rede social, a plataforma já conta com quase 600 milhões de usuários em 200 países. 

O Brasil está entre os três países com maior número de profissionais cadastrados, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia. São cerca de 36 milhões de usuários brasileiros.

O LinkedIn, como funciona no formato de rede social, tal como o Facebook, oferece a possibilidade de interação com outros usuários. O diferencial é que essas interações podem influenciar a sua carreira e a forma como o mercado enxerga o seu perfil profissional. Acompanhe este post e entenda tudo sobre o LinkedIn.

O que é Networking?

Network é um termo que vem do inglês (“net” significa rede e “work” significa trabalho) e quer dizer rede de contatos. E networking é a ação de cultivar essa rede.

Um bom networking envolve a troca de informações e conhecimentos, que podem influenciar os seus objetivos e metas profissionais.

O LinkedIn, como funciona para o âmbito profissional, é uma poderosa ferramenta de networking. Contudo, é preciso lembrar que como a tecnologia permite que um currículo ou opinião chegue do outro lado do mundo com apenas um clique, é essencial que essa rede de contatos seja criada de forma inteligente e estratégica.

E o LinkedIn, como funciona?

O LinkedIn é uma rede social para profissionais, portanto é preciso ter isso em mente desde o cadastro. É fundamental que o perfil tenha qualidade, já que ele será uma parte importante da sua marca pessoal.  

O perfil na plataforma se diferencia por pedir informações acadêmicas e profissionais com mais riqueza de detalhes. Além disso, você pode acrescentar um resumo sobre a sua carreira, relatar suas experiências mais importantes, divulgar publicações externas e ainda informar o link de um site ou blog autoral.

É interessante que o perfil seja público, para que você possa ser visualizado por todos os usuários da rede e ser encontrado por mecanismos de pesquisa externos. Assim, até mesmo pessoas que não estejam no LinkedIn poderão visualizá-lo.

Completado o perfil, é o momento de procurar conexões. Conecte-se com pessoas ligadas ao seu ramo de interesse, influenciadores respeitados, indústrias e empresas em que você gostaria de trabalhar. 

Busque, candidate-se e conquiste as melhores oportunidades de emprego no LinkedIn, como funciona com milhares de profissionais de todo mundo.

Por que usar o LinkedIn?

O LinkedIn é um outdoor de oportunidades de trabalho e um catálogo de profissionais. Se o seu interesse é divulgar, procurar ou recrutar, a plataforma é opção assertiva. 

Enquanto os usuários usam o LinkedIn para fazer contatos profissionais e procurar emprego, as empresas o usam para recrutar e compartilhar informações institucionais.

Muitas empresas conferem o perfil do candidato no processo seletivo, por isso é essencial que ele esteja atualizado, alimentado com conteúdos relevantes e a sua rede aquecida com conexões de credibilidade.

Como otimizar o meu perfil no LinkedIn?

O perfil do LinkedIn, como funciona como um currículo digital, precisa estar sempre em dia. E para fortalecer a sua credibilidade na rede, separamos algumas dicas. Confira!

 

Escolha uma boa foto

Para causar uma boa impressão, é importante que a sua foto de perfil reflita profissionalismo. Uma foto casual pode até valorizar suas características sociais, mas nem sempre é o que busca um recrutador. Por isso, opte por uma mais formal.

Uma boa foto de perfil deve transmitir confiança e responsabilidade, portanto considere as roupas, o plano de fundo, iluminação, etc.

 

Melhore seu resumo

O resumo do LinkedIn é a porta de entrada e deve ser memorável. Você tem 2.000 caracteres para vender a sua marca pessoal. 

Escreva de três a cinco parágrafos curtos em primeira pessoa, evitando jargões e aplicando as palavras-chave. Faça uma revisão criteriosa para não deixar passar erros de português.

 

Demonstre atividade

Uma das principais diferenças de um bom perfil para um perfil qualquer é demonstrar atividade de qualidade. Portanto, curta, publique e compartilhe bons textos, sejam de influenciadores de confiança e respeito. Produções autorais são muito bem vistas, inclusive. 

Além disso, interaja com as suas conexões. Parabenize seus contatos pela conquista de um novo emprego, faça recomendações, comente conteúdos que estejam relacionadas ao seu plano de carreira.

 

Verifique seus contatos

Mantenha conexões com pessoas relevantes, que estejam no mesmo ramo, façam trabalhos importantes para área, que tragam contribuições para que você alcance seu objetivo profissional.

 

Empregue keywords

Um dica interessante é usar palavras-chave (keyword) ou expressões que sejam relevantes na sua área de atuação, indústria ou setor. Quanto mais fortes e frequentes forem as palavras-chave, mais fácil será encontrá-lo na rede.

A busca no LinkedIn, como funciona por filtros, pode exibir o seu perfil para recrutadores, por meio das keywords.

 

Solicite recomendações e endossos

As recomendações são outra ótima maneira de destacar seu perfil no LinkedIn. Recomendações escritas por empregadores anteriores, clientes ou colegas trazem uma boa impressão. 

Os endossos também são ferramentas estratégicas para dar mais visibilidade às suas especialidades no seu perfil. Peça criteriosamente as suas conexões mais importantes.

 

Personalize sua URL

Personalizar o endereço (URL) faz com que seu perfil apareça antes no Google. Por isso, edite o link e faça o seu perfil ganhar uma assinatura mais concisa. 

Além disso, com uma URL personalizada, você pode divulgar esse link no seu currículo impresso.

 

Com o LinkedIn, você interage com a sua rede de networking com uma perspectiva mais estratégica, potencializando os seus planos e otimizando a sua busca por uma nova e melhor oportunidade de trabalho. Esteja ativo na plataforma e use todos os recursos para encontrar uma vaga no LinkedIn.

E você, usa o LinkedIn? Já usou a plataforma para recrutar ou foi selecionado? Conta pra gente aqui nos comentários!