Liderança e motivação nas organizações: como medir e aumentar o engajamento dos funcionários?

Liderança e motivação nas organizações

Sua empresa tem alguma estratégia para manter os colaboradores motivados? Se a resposta é negativa, está na hora de mudar essa situação. A motivação do time deve ser uma das prioridades de qualquer organização, visto que o bom desempenho dele é o responsável por todos os resultados alcançados nos negócios.

Cabe ao líder manter os seus liderados sempre satisfeitos e produtivos. É por isso que liderança e motivação nas organizações devem andar lado a lado. Para que você entenda melhor a importância de ter bons líderes e funcionários motivados preparamos este post com alguns pontos importantes sobre o assunto, tais como:

  • Qual a realidade da liderança e motivação nas organizações?;
  • Qual a importância da liderança na motivação de equipes?;
  • Como medir a motivação dos funcionários?;
  • Como aumentar a motivação dos funcionários?

A união de liderança e motivação nas organizações é a fórmula perfeita para garantir que metas sejam cumpridas e se conquiste os resultados esperados. Em um mercado tão competitivo como o atual, esse pode ser o diferencial para sair na frente dos concorrentes. Quer saber como fazer isso? Então, vamos lá!

Qual a realidade da liderança e motivação nas organizações?

Os colaboradores são os principais responsáveis por colocar em prática todos os ideais da organização e de atingir todas as metas esperadas, por isso é importante que eles estejam sempre motivados

Por isso, a relação entre líderes e funcionários é um ponto vital para o crescimento de uma empresa. Esse profissional deve ser mais do que um bom gestor, mas uma fonte de inspiração para aumentar a produtividade de seu time. 

A motivação é importante, pois de nada adianta contar com uma equipe qualificada tecnicamente se os integrantes não se sentem estimulados a utilizar sua capacidade para atingir os objetivos da empresa. 

Há inúmeras pesquisas que comprovam a relação entre motivação e produtividade no trabalho. De acordo com um estudo da Right Management, uma empresa de consultoria especializada em gestão de pessoas,  profissionais motivados são 50% mais produtivos.

Além dos benefícios relacionados à produtividade dos colaboradores, a motivação é peça-chave na retenção de talentos. Ela ainda contribui para a redução de turnover e abstenção de funcionários. 

Uma pesquisa realizada pela consultoria empresarial Deloitte em 2019, mostra que 49% dos jovens profissionais pretendem trocar de emprego nos próximos dois anos. Esse alto número demonstra a necessidade urgente de que as organizações passem a oferecer ambientes de trabalho mais atrativos e que tenham líderes capacitados para motivar suas equipes. 

Qual a importância da liderança na motivação de equipes?

Agora que você já compreende a importância da motivação nas empresas, é o momento de entender a fundo a figura do líder para que a equipe tenha melhores resultados.

A liderança é um processo de influenciar pessoas e direcioná-las a um objetivo em comum. Portanto, um líder precisa conhecer o que motiva seus liderados para que seja possível conduzir seu grupo.

Um bom líder, mais do que orientar pessoas e coordenar processos, realiza a tarefa de motivar e incentivar seu time. Ele é responsável por dar o suporte necessário ao desenvolvimento de cada membro de sua equipe, mantendo todos empenhados na concretização de suas metas.

Lideranças inspiradoras são capazes de tornar o ambiente empresarial mais positivo. É possível evitar que o clima organizacional fique “pesado” e que os colaboradores se tornem insatisfeitos e improdutivos. Por isso, a importância da liderança na motivação de equipes é indispensável.  

Como medir a motivação dos funcionários?

Para acompanhar a evolução dessa estratégia e saber que a liderança está cumprindo com seu papel, é preciso saber como medir a motivação dos funcionários.

Para isso, é possível acompanhar alguns indicadores no dia a dia dos colaboradores que irão ajudar nessa tarefa. Confira:

Produtividade diária

Como já citamos anteriormente, pessoas motivadas produzem mais. Portanto, é possível medir a motivação dos funcionários por meio da produtividade diária.

O líder pode acompanhar o desenvolvimento das tarefas planejadas para a semana e o tempo que elas levam para serem concluídas. Há atrasos na entrega de atividades? Os colaboradores estão concluindo seus afazeres antes do planejado? E a qualidade das entregas está maior?

Há diversos fatores que podem ser utilizados para medir a produção diária e, assim, medir a motivação dos funcionários.

Net Promoter Score interno

Provavelmente você já ouviu falar do NPS. É uma métrica muito valiosa que pode ajudar empresas a medirem a satisfação de seus consumidores e contribuir na fidelização de clientes. 

Além disso, ela pode ser aplicada internamente com os funcionários. Nesse contexto, ela é conhecida como e-NPS que é a sigla de Employee Net Promoter Score.

A e-NPS é capaz de mensurar a satisfação da força de trabalho em relação à empresa. Por isso, é um excelente indicador para medir a motivação dos colaboradores.

Quer entender melhor como colocar em prática o e-NPS com sua equipe? Sugerimos a leitura complementar deste artigo aqui

Nível de retenção de funcionários

Outra forma de saber como medir a motivação dos funcionários é analisando o nível de retenção de talentos na empresa. 

Quando as taxas de turnover estão altas é sinal de que os colaboradores não se sentem estimulados a continuarem em seus empregos. Desse modo, preferem procurar outras oportunidades no mercado e acabam pedindo demissão.

Logo, é possível perceber o nível de motivação dos funcionários por meio dessa métrica.

Nível de absenteísmo

Outro indicador importante para conhecer o nível de satisfação no trabalho é a taxa de absenteísmo, que é a fórmula usada na gestão de pessoas para mensurar as faltas dos empregados.

Para isso, é analisado o índice que define o quanto as constantes faltas de um empregado prejudicam a empresa e os demais membros da equipe. 

Quando um colaborador está motivado, ele evita o máximo possível faltar ao trabalho, o que reduz consideravelmente o nível de absenteísmo.

Como aumentar a motivação dos funcionários?

Como você pôde perceber, liderança e motivação nas organizações estão totalmente ligadas. Portanto, é possível que os líderes coloquem algumas medidas em prática para aumentar a motivação dos funcionários nas empresas.

Confira a seguir as dicas que preparamos para você!

1. Estimular a integração da equipe

A forma como os colaboradores trabalham e interagem é fundamental para manter um ambiente tranquilo e de união. Portanto, é muito importante estimular a integração do time.

Quando todos estão trabalhando de forma compartilhada em prol de um objetivo em comum, é possível perceber que toda a equipe passa a ficar mais motivada. 

Portanto, a liderança pode propor algumas ações para estimular a integração, como a realização de happy hours semanais para que todos possam conversar e se conhecer melhor de forma descontraída. 

Além disso, é possível realizar pequenas comemorações internas quando alguma meta em grupo é atingida. Isso fará que todos fiquem motivados a continuar realizando um bom trabalho.

2. Reconhecer as qualidades dos colaboradores

Não há nada que desestimule mais um profissional do que desempenhar um bom trabalho e não ser reconhecido na empresa. Isso faz com que ele passe a procurar novas oportunidades no mercado.

Por outro lado, quando a liderança está sempre acompanhando o desenvolvimento profissional de seu time e reconhecendo o esforço de cada um, o nível de motivação tende a aumentar.

Logo, o líder deve elogiar as qualidades de seus liderados sempre que possível, agradecer pelos bons serviços prestados, entre outras ações que mostram que a empresa reconhece o trabalho de cada um.

Além de aumentar a motivação dos funcionários, esse reconhecimento aumenta o sentimento de pertencimento, igualmente importante para o sucesso de uma empresa.

3. Otimizar a cultura organizacional

Mais do que ações isoladas, a liderança e motivação nas organizações devem fazer parte da  cultura organizacional. É importante que as ações em prol da motivação sejam estimuladas e disseminadas entre os gestores. 

Desse modo, a alta administração deve ter como um de seus objetivos estimular e aumentar a motivação dos funcionários. Apenas assim, isso se tornará algo natural na organização.

Para otimizar a cultura organizacional e estimular os colaboradores desde o início, é possível colocar algumas ações em prática, como a criação de um kit de boas-vindas para os recém-contratados. Esse tipo de iniciativa faz com que os novos colaboradores iniciem seu trabalho já com uma visão positiva sobre a empresa.

4. Ouvir os colaboradores

Um dos passos mais importantes é com certeza ouvir a opinião dos funcionários. Afinal, quem mais saberá quais ações são motivadoras senão os próprios colaboradores?

O líder deve, então, ouvir atentamente e anotar as ideias e sugestões dadas por sua equipe. Ele deve levar essas opiniões em consideração para criar as melhores estratégias que serão aplicadas no dia a dia.

Desse modo, os colaboradores se sentem mais felizes e úteis, percebendo que as opiniões deles são importantes para a organização.

Essas são apenas algumas dicas para que você saiba como aumentar a motivação dos funcionários. É possível realizar diversas outras ações, como realizar feedbacks periódicos, investir em treinamentos e cursos, abrir oportunidades para o desenvolvimento da equipe. 

Enfim,  o primeiro passo é entender a importância da liderança e motivação nas organizações. Assim fica evidente o quanto isso é importante para o desenvolvimento e sucesso da própria empresa. 

 

E então, gostou deste post? Siga-nos nas redes sociais – Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn – e confira outros conteúdos como esse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros artigos que você pode se interessar