LCI e LCA são siglas para as Letras de Crédito — tipos de investimentos que focam, especificamente, em uma espécie de empréstimo que o investidor faz para os setores imobiliário ou do agronegócio, respectivamente. Com isso, convém entender como cada uma dessas modalidades funciona para certificar-se de que se trata de uma opção atrativa, segura e de alto retorno para os seus objetivos.

 

Diferentemente do Tesouro Direto, a LCI e LCA são modalidades de investimento que focam, especificamente, em letras de crédito para dois setores do país: o imobiliário e o agronegócio.

Só que a popularidade desses dois tipos de investimento tem sido celebrada por conta de um detalhe interessantíssimo: eles são livres de taxas e impostos.

O sonho de todo investidor, independentemente do seu perfil, não é mesmo?

Para que você tenha a certeza de que a LCI e LCA são excelentes pedidas para você trilhar o seu caminho no mundo dos investimentos, preparamos este post! Nos tópicos abaixo, reunimos tudo o que você precisa saber a respeito de ambas as letras de crédito e, assim, fazer um investimento seguro e rentável.

Boa leitura!

O que é a LCI?

Comecemos pela LCI, cujas letras remetem ao termo Letra de Crédito Imobiliário. Por meio dela, as pessoas têm acesso a um investimento de renda fixa que é emitido pelas instituições financeiras.

Só que ela se diferencia, a partir do uso dos seus recursos. LCI e LCA se caracterizam por alocarem os investimentos em setores específicos. Neste caso, estamos falando do mercado imobiliário.

Para tanto, o investidor se beneficia por ter uma taxa de rentabilidade anual. Ou seja: ela é definida assim que o seu investimento é realizado, assim como a data de vencimento dos títulos adquiridos.

Como resultado, você não tem surpresas: já sabe o quanto seu dinheiro vai render até a conclusão do prazo pré-estabelecido.

O que é LCA?

LCI e LCA lidam com setores distintos, mas com funções similares. Para esse modelo, em particular, estamos falando do setor do agronegócio

Em comum com a LCI, a LCA se revela idêntica por ser um investimento de renda fixa, também, e com a data de vencimento e a taxa de rentabilidade já estabelecidas.

O que diferencia LCI e LCA?

Essencialmente, para o seu perfil de investidor — seja ele qual for —, não existem diferenças perceptíveis entre LCI e LCA. 

Ao menos, é claro, que você tenha interesse em investir em um ou ambos os setores. Até por isso, o investidor que só tem interesse em colocar os seus recursos para render, opta por um desses tipos de investimentos com base em alguns fatores que podem se diferenciar, como:

  • taxa de rendimento;
  • prazo de aplicação;
  • aporte inicial. 

Assim, você pode alocar os seus investimentos em setores que estejam oferecendo condições mais vantajosas.

Quando pensar em investir na LCI e LCA?

Para entender se LCI e LCA são modalidades interessantes para os seus objetivos e necessidades, é importante observar alguns dos diferenciais desses investimentos!

 

Rentabilidade

Com a rentabilidade próxima à taxa CDI, LCI e LCA têm se mostrado boas opções para o investidor contar com uma renda fixa e bastante atrativa.

 

Amplitude de carteira

Para você diversificar os investimentos sem que, com isso, você arrisque em opções menos estáveis, LCI e LCA podem ser uma boa para alternar e ampliar a sua carteira de investimentos.

 

Segurança

Investimentos de baixo risco — LCI e LCA não oferecem perigos aos recursos alocados em ambos os setores. Isso porque eles são assegurados pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos) em aplicações de até R$ 250 mil. 

Isso significa que, mesmo que você corra um inesperado (e de chance minúscula) de perder o dinheiro, você receberá até R$ 250 mil.

 

Taxas

Não existem taxas associadas aos investimentos na LCI e LCA. Para o investidor, portanto, os rendimentos estão livres de impostos

Só leve em consideração, por sua vez, que LCI e LCA costumam estar ligados a um período de carência. Ou seja: diferentemente do Tesouro Direto, você não pode resgatar a quantia investida a qualquer momento.

E, por consequência, a liquidez desses investimentos é considerada baixa. Se você resgatar a quantia antes do prazo expirar, por exemplo, você pode enfrentar algumas perdas nos rendimentos.

Como optar entre LCI e LCA?

O primeiro passo é entender quem é você, dentro do universo de investimentos: conservador, moderado ou arrojado? Com isso, você vai entender melhor quais investimentos têm mais a ver com você.

Vale fazer uma pesquisa entre as mais diversas instituições bancárias para identificar quais títulos vão se adaptar com perfeição aos seus objetivos.

Só que, em geral, entre LCI e LCA, a segunda costuma oferecer um aporte mínimo — e prazos de aplicação maiores — do que a primeira. 

Existem, também, outros pontos que você pode observar com mais atenção, como:

  • o tipo de rendimento. LCI e LCA podem ser prefixado ou pós-fixado;
  • os custos e tributações (que, como vimos, não existem taxas e impostos).

Por fim, considere a aplicação em LCI e LCA — ou em uma delas, apenas — em bancos com elevada reputação (ou rating). Com isso, você vai ter mais segurança em sua decisão.

Como resgatar os títulos de LCI e LCA?

Quando a data de vencimento dos seus títulos se aproximar, você pode escolher entre duas alternativas: investir novamente ou resgatar a quantia. Independentemente da sua escolha, ela vai ser simplificada e facilitada para que você tome-a de acordo com os seus objetivos.

Como investir?

Se você certificou-se de que o investimento em LCI e LCA tem tudo a ver com o que você está à procura, é hora de colocar as mãos na massa.

E aí, entra as duas possibilidades mais comuns: pesquisar as melhores instituições financeiras pessoalmente ou pesquisar por uma boa corretora de valores.

Ambas as opções têm as suas facilidades e conveniências. Por isso, convém conversar com os profissionais dos bancos e também com agentes das corretoras para entender qual alternativa vai agregar mais lucratividade, conforto e segurança para você.

Quer começar hoje mesmo a investir em LCI e LCA? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais, e aproveite para marcar os seus amigos e familiares que também vão se encantar com essa possibilidade de investimento de baixo risco!