7 Indicadores de cobrança para otimizar a gestão financeira de inadimplentes

Indicadores de cobrança são tipos de KPIs (Key Performance Indicators) usados para avaliar as competências de algumas operações financeiras de uma empresa.

Por meio da análise de dados e o cruzamento de informações é possível identificar variáveis de causa e efeito que impactam nos resultados gerais da organização.

Acompanhar os resultados organizacionais é indispensável para assegurar uma gestão financeira estratégica. Afinal, é através de um conjunto de métricas que o desempenho do negócio pode ser avaliado e estratégias de correção podem ser traçadas para potencializar o seu rendimento. Tudo isso é válido para o setor financeiro.

Se você quiser saber mais sobre KPIs e como escolher os melhores indicadores de desempenho para o seu negócio, recomendamos a leitura do artigo;O que são indicadores de desempenho: TUDO sobre tipos de KPIs, como definir e medir?”.

Para conhecer os melhores indicadores de cobrança, continue acompanhando este post.

Separamos os 7 indicadores financeiros de cobrança mais usados no mercado e detalhamos suas aplicações e principais diferenciais. Boa leitura!

O que são indicadores de cobrança?

Assim como dissemos, indicadores de cobrança são opções de KPI ou indicadores-chave de desempenho.

KPIs são métricas que quantificam a performance das operações de uma empresa.

A eficiência dos principais fatores que determinam o sucesso dessas atividades, geralmente ligadas a um propósito comercial, é avaliada.

Desta forma, a real situação de uma campanha pode ser comparada às expectativas traçadas no planejamento estratégico.

Os indicadores de cobrança são KPIS de operações financeiras.

Através desses dados, a tomada de decisões se torna mais segura e eficiente e as medidas corretivas, aceleradoras ou redutoras passam a ser previstas e podem ser executadas com inteligência comercial.

Acompanhar regularmente esses indicadores financeiros de cobrança dá ao gestor a oportunidade de adquirir uma visão global da operação e atingir melhores resultados.

Leia também: 7 habilidades para gestão de equipes de sucesso

Qual a importância de indicadores financeiros de cobrança?

Uma das principais razões para implementar indicadores de cobrança é a otimização operacional do setor financeiro e a diminuição da inadimplência.

Por meio da análise de inadimplência, criação de um planejamento estratégico de cobrança e da definição de métricas específicas, os gestores são capazes de acompanhar o desempenho de seus operadores e preservar a produtividade das cobranças realizadas.

De maneira geral, os indicadores de cobrança podem ser vistos como ferramentas de gestão financeira para otimizar os resultados do negócio.

Para isso, entretanto, é preciso saber quais indicadores incluir em seu planejamento estratégico de cobrança.

A seguir listamos 7 opções de indicadores de cobrança mais usados no mercado para identificar variáveis que impactam os resultados financeiros de uma organização.

Indicadores de cobrança

Quais são os 7 principais indicadores de cobrança?

Conheça os sete KPIs de cobrança mais adotados no mercado!

1. Valores recuperados

Este é um dos indicadores de cobrança mais popular porque atua sobre o montante recuperado em relação ao valor que está em inadimplência.

Esse KPI avalia a eficácia dos acordos de pagamento estabelecidos entre a empresa e o cliente, por meio das estratégias usadas e acordo de nível de serviços.

É uma métrica interessante, mas que não deve ser empregada isoladamente como regra absoluta, já que depende de outros fatores para validar suas informações.

2. Contato com a Pessoa Certa (CPC)

O indicador de Contato com a Pessoa Certa (CPC) é usado para mensurar o percentual de chamadas efetivas, ou seja, o percentual de chamadas atendidas em uma campanha ativa pela pessoa buscada.

Quando o operador consegue realizar contato com a pessoa inadimplente, o índice de CPC cresce assegurando o sucesso da estratégia adotada.

Isso significa também que um baixo CPC pode indicar problemas sérios de script e comprometer a produtividade da campanha.

3. Talk Time (Tempo de Duração da Chamada)

É uma tarefa bem desafiadora conseguir com que todas as intervenções de cobrança sejam convertidas em resultados positivos. Por isso, é fundamental estabelecer estratégias que possam promover o sucesso dessas operações, principalmente considerando o tempo e a qualidade da abordagem.

O Talk Time (Tempo de Duração da Chamada) é um dos indicadores de cobrança que mais se destaca, porque mensura o tempo de conversão em um atendimento.

Os gestores podem auxiliar o processo de conversação para que o desempenho da operação seja otimizado e ganhe velocidade.

4. Taxa de Conversão

Este é um dos indicadores de cobrança mais importantes, porque avalia o desempenho geral das campanhas em andamento.

Ele é capaz de cruzar informações para considerar o cenário macro das atividades.

Por exemplo, a Taxa de Conversão analisa o número de ligações realizadas com sucesso sobre o total de contatos realizados. Desta forma, permite que os gestores organizem as chamadas e o perfil dos operadores para reconhecer as melhores estratégias e assegurar um aumento nas taxas de conversão.

5. Agent Workload

Dos indicadores de cobrança, o Agent Workload é um dos mais complexos porque mensura o tempo de contato com o mailing da empresa.

Quanto maior o número de contatos realizados por hora, melhor será a taxa.

Portanto, melhor será a produtividade do operador.

Contudo, vale ressaltar que somente o tempo e o volume não são suficientes para garantir uma boa recuperação de crédito.

A qualidade desse contato também deve ser considerada, por isso um indicador específico para avaliar esse padrão deve ser adotado.

6. Consumo do Mailing

O mailing é a lista de todos os contatos de leads que a empresa possui para efetuar as chamadas e cobranças de crédito.

Quanto maior o número de clientes descritos na lista, maior será o seu volume do mailing.

Quanto mais organizada estiver a lista, menos será o tempo de contato.

Esse indicador permite que o gestor avalie a maneira como ele está sendo usado e se o seu consumo é proporcional a eficiências das ligações. De nada adianta uma lista organizada se os resultados não forem satisfatórios.

7. Best Time To Call

Numa tradução livre, Best Time To Call significa o “melhor momento de chamada”. Ou seja, este é um dos indicadores de cobrança que considera estrategicamente a conveniência do tempo.

As ligações de contato com o cliente inadimplente é feita em horários específicos, dando mais força a operação de cobrança.

Da identificação da melhor hora até a opção de contato, seja pelo telefone fixo, celular, WhatsApp ou semelhantes, são consideradas por esse indicador.

Os indicadores de cobrança são KPIS fundamentais para mensurar a qualidade do trabalho realizado em operações financeiras da empresa. Por isso, devem ser consideradas com critério e atenção no planejamento estratégico. Com dados concretos, as decisões se tornam mais assertivas e o sucesso da campanha mais concreto.

A inadimplência como realidade

Infelizmente, lidar com a inadimplência é a realidade de grande parte das empresas. Por isso, criar um planejamento estratégico de cobrança que facilite o processe de redução desse índice e, consequente, impacto que ele tem sobre a empresa, é uma das grandes preocupações de gestores a redor do mundo.

Leia mais em: Como reduzir a inadimplência: 8 dicas para empresas

A inadimplência, entretanto, não é um problema apenas da relação entre empresas, mas também pode ser um problema dos funcionários.

Pessoas inadimplentes que não conseguem arcar com algumas despesas é algo muito comum. Ter funcionários com problemas financeiros pode atingir a produtividade da organização e ampliar custos com turnover, por exemplo.

Entretanto, com esse tipo de inadimplência você pode lidar melhor e ainda mais ativamente. Conheça a ferramenta Xerpay e saiba como funciona o sistema que implementa o pagamento sob demanda. Ao adotar o modelo para sua empresa, seus colaboradores podem antecipar parte de seus salários quando quiserem.

No vídeo abaixo você conhece todos as vantagens que sua empresa pode ter ao oferecer esse benefício corporativo aos funcionários. Confira!

Essa ferramenta está mudando a forma como os funcionários lidam com o seu salário e gerando mais satisfação e motivação da equipe com a empresa.

O Xerpay pode ser um dos benefícios mais valorizados por quem trabalha em sua empresa. Fale com um especialista e conheça mais!

Gostou? Então, não deixe de seguir a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram e LinkedIn, tem conteúdo como esse toda semana!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.