Integração de Funcionários: por que é importante para a empresa?

A Integração de funcionários ou onboarding como também é conhecido, muitas vezes é ignorada por algumas empresas ou muitas vezes é feito de forma breve, sem receber a atenção devida.

Esse tipo de ação pode gerar aspectos positivos para o novo funcionário, que já começa entendendo sobre a empresa e sobre o ambiente que irá trabalhar e também para a empresa, que cria um vínculo com esse novo colaborador evitando perda de tempo e confiança.

 

Planejamento de Integração de Funcionários

Alguns especialistas afirmam que o onboarding ou Integração dos Funcionários deve acontecer por aproximadamente três meses depois da contratação do novo colaborador. Um bom planejamento de Integração de Funcionários possui dois pontos muito importantes que merecem atenção:

  • O primeiro: nesta integração, os responsáveis podem informar, de forma clara e simples, suas expectativas em relação ao novo colaborador, assim como dicas sobre sua postura na empresa.
  • O segundo: A empresa também proporciona uma redução do tempo necessário para o novo colaborador dar resultados. Ele vai reduzir o tempo que o colaborador vai ficar perdido, e evita que ele aprenda maus hábitos logo no início de sua jornada.

Troque a burocracia pelo software que faz admissões como você sempre sonhou. Acesse o link!

 

O que é indispensável na Integração de Funcionários?

O passo inicial é o mais importante. Os responsáveis devem determinar o conteúdo relevante para quem está chegando. Uma boa dica é: quando menor e mais relevante, melhor a absorção do que será apresentado.

Vale lembrar que o programa não deve ser igual para todos. Uma base pode ser padronizada para todos, porém o colaborador deve se aprofundar na diretoria/unidade de negócio em que vai atuar, e naquelas que têm fortes lateralidades com seu trabalho.

 

O que não pode faltar na apresentação de Integração de Funcionários?

Boas-vindas:

Lembre-se, o conteúdo deve ser breve, então coloque apenas as informações indispensáveis.

História da empresa:

Deve ser apresentada de forma breve: aproveite o momento para destacar pontos fortes. Algo que irá instigar o funcionário a se identificar com o seu negócio.

Missão, visão e valores:

É a oportunidade de mostrar ao funcionário o que a empresa deseja, e onde quer chegar. Quanto mais alinhados estiverem os seus valores com os do funcionário, mais ele se sente parte de algo. Então mostre ao colaborador que ele foi contratado porque o RH ou o setor responsável pela contratação viu que ele pensa igual ou semelhante a empresa.

O que se espera dos colaboradores:

Esse é o momento de falar ao funcionário sobre as expectativas e posturas esperadas.  Ao ficar bem informado, ele pode estabelecer claramente o que a empresa espera, o que o impulsionará ao crescimento no seu novo trabalho.

Orientação às instalações da empresa:

Explique onde fica a cozinha e copa, se há café a disposição dos que ali trabalham, onde ficam os banheiros e também como são divididos os setores de trabalho.

Outros pontos para levar em consideração:

  • Quais são os benefícios que empresa oferece (plano de saúde, vale transporte etc.);
  • Canais de comunicação (RH, TI, Ouvidoria e outros);
  • Informação sobre as próximas etapas da integração, se houver.

 

Dicas para ajudar na Integração dos Colaboradores

É importante fazer com que o funcionário se sinta parte da empresa e entenda como é a cultura do novo trabalho que irá começar. Talvez você nem tenha percebido, mas a desmotivação pode estar diretamente relacionada à falta de confiança na empresa. E essa falta de confiança pode ser resultado de um problema de integração. Veja algumas dicas importantes que podem ajudar na Integração dos funcionários:

  • Faça uma apresentação com pessoas que ele irá trabalhar: Colocar o novo colaborador em contato com os profissionais com quem ele terá de trabalhar na maior parte do tempo é o primeiro passo para uma familiarização maior com a organização.
  • Converse com o funcionário sobre assuntos que podem atrapalhar seu dia a dia nos primeiros dias: Exponhas os principais termos, siglas e tipos de comunicação usados na empresa para o funcionário novo o quanto antes, fazendo com que se sinta um membro da equipe.
  • Fale os pontos positivos da empresa e quais são seus diferenciais: Procure expor e animar os novos funcionários com as tradições da empresa que podem ser consideradas grandes diferenciais, e compartilhe experiências – seja por meio de reconhecimentos em redes da empresa ou até em eventos da firma.

 

A importância da Integração de Funcionários

Por fim, entendemos que a Integração de Funcionários é uma atividade que deve fazer parte da rotina de todas as empresas. Lembre-se que seu principal objetivo é fazer com que o novo colaborador se sinta à vontade e bem recebido por sua empresa. São muitas vantagens conduzir um processo de integração estruturado na empresa. O colaborador e os resultados da organização agradecem.

 

Descubra como fazer a integração de novos colaboradores com o eBook “Onboarding de novos funcionários”, o guia criado pela Xerpa, Kenoby e Skore para transformar a forma com que você recebe e treina seus novos funcionários. Clique aqui!

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *