habilidades para gestão de equipes

7 habilidades para gestão de equipes de sucesso

Medidas como melhorar o pacote de benefícios e cuidar do ambiente de trabalho são fundamentais para manter a equipe engajada. Porém, nada disso adianta se os líderes do negócio não desenvolverem suas habilidades para gestão de equipes.

O bom gestor conhece a importância dessas competências para inspirar e mobilizar o time no dia a dia. Pensando nisso, listamos neste artigo as principais habilidades para gestão de equipes de sucesso. São elas:

  • saber delegar tarefas;
  • motivar o time;
  • dar e receber feedbacks;
  • mostrar empatia;
  • ser organizado;
  • ter autoconhecimento;
  • ter inteligência emocional.

Quer saber mais sobre cada uma delas? Continue acompanhando o post!

1. Saber delegar tarefas

Para se sentirem motivados no dia a dia, os colaboradores precisam ser encorajados a assumir responsabilidades, sugerir novas ideias e administrar os próprios projetos. Dar autonomia ao time faz com que os profissionais trabalhem com mais liberdade e, assim, mais engajamento.

Por isso, saber delegar tarefas é uma das principais habilidades para gestão de equipes de sucesso. Distribuir as responsabilidades de acordo com o perfil e o potencial de cada um transmite a ideia de que o gestor conhece e confia na equipe, otimizando processos e melhorando os resultados.

Ao delegar corretamente, o líder perde menos tempo micro gerenciando o time e consegue se dedicar mais às questões estratégicas e a outras situações mais relevantes para a sua posição.

2. Motivar o time

Manter a motivação da equipe sempre em alta é uma das principais habilidades para gestão de equipes de sucesso. Afinal, essa é a melhor forma de tornar os colaboradores mais produtivos e eficientes, alavancando os resultados do negócio.

Para conseguir esse objetivo, é preciso conhecer a fundo o grupo de profissionais, suas necessidades, ambições e capacidades. Com isso, será possível atender suas demandas em relação a benefícios, plano de carreira e ambiente de trabalho, aspectos essenciais para aumentar o nível de felicidade e satisfação.

Integrar os colaboradores e aumentar sua participação na tomada de decisões também são ótimas formas de valorizá-los e motivá-los. Quando um profissional se sente importante para a empresa e parte do grupo, costuma se empenhar muito mais para fazer entregas que superem as expectativas.

3. Dar e receber feedbacks

Feedbacks são essenciais para que o colaborador saiba exatamente onde está acertando e o que pode melhorar no seu desempenho. Para isso, a avaliação de desempenho deve ser constante e transparente, ressaltando os pontos positivos e negativos do profissional.

Porém, é preciso ter cuidado com o tom do feedback. Ressaltar apenas as falhas do colaborador pode desmotivá-lo e gerar uma queda ainda maior de desempenho. Usar palavras ríspidas ou dar broncas em público também causam o mesmo o efeito.

O segredo é apontar as falhas com calma, educação e oferecendo orientações para que o colaborador possa melhorar. Além disso, jamais deixe de comentar os pontos positivos do profissional, para que ele se sinta recompensado e estimulado a fazer um bom trabalho.

Outro ponto importante é permitir que os colaboradores também dêem feedback aos gestores. Ouvir os funcionários sem represálias ou julgamentos aumenta a o nível de confiança e pode trazer insights importantes para você melhorar como líder de equipe.

4. Mostrar empatia

Empatia é uma das habilidades para gestão de equipes que o líder mais deve desenvolver. Trata-se da capacidade de colocar-se no lugar da outra pessoa, procurando entender o seu ponto de vista, o contexto e as razões que causaram determinadas atitudes.

É claro que ter firmeza é necessário, mas é a empatia que vai tornar a solução de problemas e conflitos menos complicada. Mostrar-se compreensivo e tentar entender todos os lados costuma fazer com que as pessoas ajam da mesma forma, evitando discussões acaloradas ou agressivas.

5. Ser organizado

Ser organizado é uma característica obrigatória para qualquer líder de equipe. No dia a dia, o gestor precisa lidar com muitas tarefas, como avaliar o andamento dos processos, acompanhar metas e cuidar da gestão de pessoas.

À primeira vista, tudo parece uma loucura, mas a boa organização possibilita enxergar tudo com clareza, definir prioridades e realizar essas atividades com mais eficiência, desde as mais simples às mais estratégicas.

>> Quer saber mais sobre organização? Confira este outro post do blog:
Organizador de tarefas: 10 dicas para otimizar a rotina de trabalho. <<

6. Ter autoconhecimento

Antes de pensar em liderar uma equipe, o gestor precisa entender o que ele pode entregar aos colaboradores. Por isso, ter autoconhecimento é uma das habilidades para gestão de equipes mais importantes no dia a dia.

Qual é o seu estilo de liderança? Você consegue assumir seus pontos fracos com tranquilidade? Sabe dizer quais são seus pontos fortes sem parecer arrogante? Responder a esse tipo de pergunta vai ajudar você a se descobrir como gestor.

Líderes autoconscientes são mais confiantes, autocríticos e estão sempre prontos para inspirar e extrair 100% do potencial dos funcionários.

7. Ter inteligência emocional

Estar à frente de uma equipe não é nada fácil: envolve ansiedade, medo de falhar e muita pressão por resultados. Porém, é preciso ter inteligência emocional para superar esses episódios e transformá-los em força para superar os desafios.

Além de administrar as próprias emoções, o líder também precisa cuidar das emoções das pessoas ao redor, canalizando a motivação do time para o cumprimento dos objetivos.

No entanto, é impossível fazer isso sem calma e serenidade. Só assim você será capaz de lidar com as diferenças entre as pessoas, solucionar conflitos e driblar os obstáculos pelo caminho.

Ao demonstrar esse tipo de atitude, você será tido como referência em autoconfiança e equilíbrio emocional, tornando-se um exemplo a ser seguido pelos funcionários. Dessa forma, ficará mais fácil manejar as expectativas dos colaboradores e mantê-los comprometidos.

 

Agora que você já conhece as principais habilidades para gestão de equipes, que tal colocar o que aprendeu em prática? Procure desenvolver as competências citadas ao longo do post para evoluir o seu estilo de liderança. Assim, você conseguirá aumentar a qualidade da gestão de pessoas e obter ótimos resultados com seus colaboradores.

Gostou do artigo? Para saber ainda mais sobre o papel do gestor de pessoas nas organizações, confira este outro artigo do nosso blog!

 

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.