guerra pelo talento

Guerra pelo talento: atraia colaboradores de alta performance

Em um mercado de trabalho cada vez mais exigente, as empresas vivem uma verdadeira guerra pelo talento.

Há uma alta demanda por pessoas que aliem experiência, competência técnica e o perfil comportamental adequado. Ao mesmo tempo, esses profissionais são muito raros, o que os torna extremamente concorridos pelas organizações.

Nesse cenário, um dos maiores desafios do RH é criar estratégias para chamar a atenção desses candidatos, em meio a tantas boas oportunidades no mercado.

Pensando nisso, explicamos neste artigo tudo o que você precisa fazer para vencer a guerra pelo talento e trazer os melhores nomes para a sua empresa. Quer saber mais? Confira a seguir!

 

O que é a guerra pelo talento?

Guerra pelo talento é o cenário de alta competitividade entre as empresas para atrair os melhores profissionais do mercado.

Isso se dá principalmente em cargos de liderança, que exigem um conjunto de habilidades muito específicos, que poucos candidatos conseguem reunir.

Nos últimos anos, as organizações deixaram de considerar apenas as habilidades técnicas para avaliar seus futuros profissionais.

Hoje, também buscam pessoas que se identifiquem com os valores da companhia e tenha perfil comportamental adequado. Dessa forma, é preciso ter muito mais critério no recrutamento.

Além disso, há uma busca muito intensa por pessoas com alto potencial, ou seja, profissionais que demonstrem capacidade de conquistar grandes objetivos a longo prazo.

Competência é algo fácil de discernir, mas potencial não. Isso afunila e dificulta a busca, tornando a guerra pelo talento ainda mais acirrada.

Algumas bibliografias podem ser interessantes para se aprofundar no assunto. O livro “A Guerra Pelo Talento”, de Ed Michaels e Beth Axelrod, fala sobre como atrair, desenvolver, estimular e reter gestores talentosos. A publicação traz 27 estudos de caso, com os quais é possível aprender como a estratégia funciona na prática.

Outro exemplo é “A Nova Guerra Pelo Talento”, de Kerry Larkan. O autor mostra não só o que os líderes dizem, mas o que fazem para criar um modelo de gestão de pessoas eficiente. Há exemplos de ações de retenção de talentos que trazem resultados e dicas de como direcionar as pessoas para atingirem seus objetivos.

 

Como vencer a guerra pelo talento?

Para vencer a guerra pelo talento, primeiro é necessário ter consciência da alta competitividade na busca por profissionais.

Tenha em mente que sua empresa não é a única que procura gente qualificada. Por isso, é importante conhecer os próprios diferenciais. Uma boa dica é se perguntar: o que eu posso oferecer que meus concorrentes não podem?

A seguir, separamos algumas dicas práticas sobre como sair na frente das outras organizações nessa corrida. Confira!

 

Ofereça pagamentos diários

Plataformas de pagamento on demand, estão ficando cada vez mais populares entre empresas que buscam profissionais de alto nível. Nesse sistema, é possível oferecer ao colaborador acesso instantâneo aos pagamentos ainda não efetuados.

É o formato ideal para funcionários que recebem por dia ou por hora. Em vez de esperar até o final do mês para receber o salário integral, o profissional tem a opção de fazer resgates pontuais conforme precisar do dinheiro.

Ter acesso imediato ao pagamento significa poder quitar dívidas na hora, garantir recursos para emergências e evitar juros e outras armadilhas financeiras. Em outras palavras, o funcionário ganha mais liberdade, flexibilidade e controle sobre o próprio salário.

Tendo em vista todas as vantagens, o pagamento diário pode ser um ótimo diferencial competitivo na hora de atrair os melhores candidatos para a sua empresa.

 

Cumpra suas promessas

Oferecer um pacote de contratação atrativo é algo básico para atrair os melhores talentos. No entanto, ficar apenas no discurso não basta: é preciso cumprir as promessas feitas ao profissionais.

A experiência de recrutamento deve ser genuína. Se a pessoa entrar na empresa com uma expectativa e a realidade for outra, com certeza ela não permanecerá no time por muito tempo.

Por exemplo: se o recrutador informou ao candidato que a empresa investe em treinamento e desenvolvimento, os iniciativas nesse sentido devem ser robustas. Ofereça cursos para melhorar habilidades, aprendizado contínuo e planos de crescimento profissional. Do contrário, a empresa perderá credibilidade aos olhos do funcionário.

 

Inove nas estratégias de recrutamento

Para vencer a guerra pelo talento, é necessário estar alinhado às melhores e mais modernas práticas de recrutamento do mercado. Ferramentas de análise de dados são excelentes aliadas na missão de encontrar os melhores candidatos.

Tecnologias como machine learning e inteligência artificial podem prever como um possível colaborador se sairá na função. Isso ajuda a tomar decisões mais acertadas e a gerar melhores resultados para o negócio.

Invista também em plataformas de recrutamento funcionais para conduzir os processos seletivos. Entrevistas e testes online otimizam o tempo da empresa e dos candidatos, ajudando a construir uma experiência marcante já no primeiro contato.

Criar uma boa impressão inicial é, sem dúvida, uma excelente arma para se destacar entre as outras organizações.

 

Invista na experiência do colaborador

Depois de contratar o profissional desejado, o grande desafio é mantê-lo na empresa. Atualmente, os talentos esperam por experiências diferenciadas, que tornem o dia a dia de trabalho mais fácil e fluido.

Investir em tecnologia é uma ótima maneira de favorecer a experiência do funcionário. Com sistemas de armazenamento de dados na nuvem, por exemplo, os profissionais podem desempenhar suas funções de qualquer lugar.

Isso abre espaço para a empresa permitir horários flexíveis e home-office, vantagens que contribuem muito para melhorar a qualidade de vida da equipe.

 

Valorize os atuais colaboradores

A melhor forma de atrair bons talentos para a empresa é valorizando os atuais colaboradores.

Identifique as necessidades da sua equipe e faça o possível para atendê-las. Dessa forma, a empresa se tornará reconhecida no mercado como uma ótima empregadora, e conseguirá chamar a atenção dos melhores nomes de cada área.

Trate cada colaborador como alguém único e indispensável. Ofereça um plano de carreira personalizado, dê feedbacks e sempre estabeleça novos desafios. Sem isso, os mais ambiciosos se sentirão estagnados e procurarão empresas que consigam ajudá-los a realizar seus objetivos.

 

Chegamos ao fim das nossas dicas sobre como vencer a guerra pelo talento. Agora que você já está por dentro do assunto, que tal colocar o que aprendeu em prática?

Basta analisar o cenário da sua empresa e elaborar estratégias efetivas de atração e retenção de talentos. Com o auxílio de práticas modernas, você certamente colherá ótimos resultados!

 

Se você gostou do artigo, não se esqueça de compartilhá-lo nas redes sociais. Assim, você ajuda seus colegas a compreender melhor os desafios da guerra pelo talento!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.