Gestão estratégica de recursos humanos: quais são os desafios e como superá-los

gestão estratégica de recursos humanos

A gestão estratégica de recursos humanos se explica por um conjunto de práticas adotados por esse setor para desenvolver e engajar o capital humano da empresa.

Com o RH passando de um setor extremamente burocrático para estratégico a atenção com as necessidades dos colaboradores se tornou essencial.

Entretanto, o desafio é grande, já que há a necessidade de lideranças treinadas e preparadas.

Profissionais que consigam tirar o melhor dos colaboradores, engajando a equipe e consequentemente determinando maior produtividade a empresa. Principalmente porque eles se capacitam para lidar com todos os desafios para superá-los.

Para saber como transformar a gestão estratégica de recursos humanos em realidade, selecionamos os grandes desafios dos gestores e líderes nesse cenário. Confira!

 

O que é gestão estratégica de recursos humanos

“As pessoas constituem o mais valioso recurso da organização. Devemos tratar as pessoas como pessoas. A organização depende de pessoas, recurso indispensável e inestimável. ”(CHIAVENATO, p.132).

A gestão estratégica de recursos humanos é o planejamento que alia os objetivos da empresa com os do colaborador.

É um desafio que busca alinhar os projetos da organização para que todos trabalhem e caminhem na mesma direção.

Onde a empresa alcança suas metas, focando no bem-estar dos colaboradores, para que eles mantenham uma alta produtividade.

E é por meio desse RH estratégico que são desenvolvidas ferramentas para influenciar os resultados das empresas.

 

Os desafios da gestão estratégica de recursos humanos

Gerir pessoas e principalmente ter a capacidade de tirar o melhor de cada um, apesar das diferenças e particularidades, é um dos grandes desafios do RH.

E é por meio da gestão estratégica que é possível encontrar o segredo da atração e retenção de talentos.

Mas para isso é essencial conhecer quais são os principais desafios da gestão estratégica de recursos humanos. Conheça alguns deles:

  • Humanizar a relação com a equipe;
  • Lidar com o conflito de gerações;
  • Humanizar a relação com a equipe;
  • Preparar as lideranças;
  • Implementar novos sistemas;
  • Reter talentos.

Reconhecer os principais desafios da gestão estratégica de recursos humanos é o primeiro passo para conseguir superá-los.

 

Humanizar a relação com a equipe

Conseguir lidar com a vida pessoal e profissional dos seus colaboradores é um dos primeiros desafios da gestão estratégica de recursos humanos.

Não é fácil entender que todo profissional tem seus pontos fracos e fortes, que vão acertar e errar.

Portanto, é crucial que as lideranças estejam prontas para lidar com o lado humano de seus profissionais. Valorizando sempre o que o profissional tem de melhor, não focando apenas nos seus defeitos.

Na gestão estratégica de recursos humanos os profissionais desse setor se preocupam constantemente com a qualidade de vida dos colaboradores. Para que assim, eles consigam tirar o melhor da equipe.

 

Conflito de gerações

Lidar com o conflito de gerações não é tarefa fácil, mas é uma realidade dentro do mercado atual. Pessoas de diferentes idades, ideias e formas de pensar que estão o tempo todo a beira do conflito.

Entretanto, cabe a gestão estratégica de recursos humanos minimizar as chances de conflito. E como fazer isso?

Primeiramente conhecendo a fundo as características dos seus colaboradores. Quando você conhece seu colaborador, fica mais fácil saber qual será seu comportamento diante das inúmeras situações.

Além disso, é fundamental que os líderes estimulem a troca de experiências entre as diferentes gerações.

Essa possibilidade pode oferecer um ambiente mais completo, com habilidades e conhecimentos distintos, potencializando as chances de sucesso.

 

Preparar as lideranças

O líder é um dos responsáveis por manter seus colaboradores engajados com os objetivos da empresa.

É dele que saem todo o estímulo para que a equipe se dedique e se sinta útil para a empresa.

E as lideranças reais não só precisam se manter capacitadas constantemente, mas devem capacitar e formar bons profissionais. Pois, são eles que futuramente assumirão cargos maiores e quem sabe sucederão seus próprios líderes.

Cabe então aos líderes olharem para o futuro, se atualizando e também preparando novas lideranças para a empresa.  

 

Implementar novos sistemas

As atuais exigências do mercado faz com que as empresas se mantenham atualizadas diariamente com a tecnologia.

Qualquer ferramenta que as deixem mais rápidas e produtivas na execução das tarefas pode ser o diferencial diante dos concorrentes.

Sendo assim, a implementação de novos sistemas e ferramentas tecnológicas se tornou um desafio na gestão estratégica de recursos humanos.

Isso porque com a tecnologia, o RH pode automatizar os processos e mensurar mais detalhadamente a execução das tarefas.

A implementação de um sistema automatizado de RH permite a minimização dos erros, dando maior autonomia ao setor na busca resultados mais satisfatórios. Além disso, a tecnologia oferece maior facilidade de acesso aos processos em tempo real.

Assim se torna possível fazer ajustes ao longo das tarefas, prevendo erros que estão por vir.

Ou seja, um sistema automatizado tira a sobrecarga do RH sobre processos burocráticos e permite que os profissionais foquem mais na estratégia e satisfação dos colaboradores.

 

Retenção de talentos

Sem dúvida a retenção de talentos é um dos maiores desafios da gestão estratégica de recursos humanos.

Empresas que conseguem manter bons profissionais na empresa tendem a ser mais bem-sucedidas em seus objetivos.

E a gestão estratégica de recursos humanos precisa focar nisso, na valorização da sua mão de obra.

Gestores e líderes precisam de uma dedicação árdua, pensando em estratégias que não só valorizem o colaborador, mas que faça com que eles queiram ficar na empresa.

Isso exige um conhecimento profundo do perfil de cada profissional, para que se desenvolvam ações que agradem toda a equipe.

Se você não conhece quem trabalha com você, será impossível reter talentos, já que você não conhece a fundo quais as habilidades e competências dos seus profissionais.

Gestão de talentos e gestão estratégica de recursos humanos precisam se complementar, caminhando juntas.

Desta forma, a taxa de turnover será reduzida e o desejo dos colaboradores de permanecerem na empresa será aumentado, impulsionando os resultados.

 

A importância da gestão estratégica de recursos humanos

A gestão estratégica de recursos humanos é um desafio que se tornou diário dentro das empresas.

Organizações que hoje conseguem entender a importância de conciliar os objetivos dos colaboradores com os próprios se destacam no mercado.

Reconhecer que o maior valor da sua empresa é sua mão de obra, faz toda a diferença no momento de traçar o planejamento ideal para alcançar os resultados esperados.

Portanto, é essencial que a empresa tenha bons gestores a frente desse modelo de gestão para que eles consigam de fato administrar e integrar a equipe a realidade da empresa.

Quanto mais o gestor conseguir alinhar sua equipe com as metas da empresa, maior a chance de todos estarem dispostos e engajados pelo mesmo objetivo.

 

Quer saber mais sobre o universo de RH? Siga a Xerpa nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e se mantenha sempre atualizado com os melhores conteúdos do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *